Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Naming

510 views

Published on

Resumo de informações sobre naming, o que é, o que é nome e porque é importante, tipos de nome, como iniciar o brainstorm, como avaliar e escolher o melhor nome.

Published in: Design
  • Be the first to comment

Naming

  1. 1. n a m i n gCOMO FAZER NAMING? Como criar um nome e como saber que é um bom nome
  2. 2. Sumário 1/ O que é naming, o que é nome 2/ Mais sobre nomes 3/ Tipos de nomes 4/ Antes do brainstorming 5/ Criando nomes (brainstorm) 6/ Critérios de escolha 7/ Referências
  3. 3. • Naming: processo de projetar nomes. • Nome: signo que representa, verbal- mente, um produto, serviço ou marca. • O nome faz parte da estrutura de branding, ponto de contato que permeia as relações de uma marca. • Geralmente é um elemento fixo, que não muda. • Nome = marca. • Marca = percepção do produto. • Marcas adquirem valor com o tempo, sendo o nome sua porta de entrada. • O nome irá estabelecer as expectativas em relação ao serviço. 1/O que é naming, o que é nome?
  4. 4. • Nomes são promessas (de experiência, benefícios que o consumidor terá, mesmo que abstrato/simbólico). • Ajudam a criar diferenciação em relação à concorrência. • Abre a conversação com o usuário e irá permear toda a interação futura. Desta forma, está muito próximo de seus clientes. • Sugestivo, evoca algo sobre o produto; cheio de sentidos e sinificados, ressoa com sua audiência; é um sinal figurativo, evoca uma imagem ou comportamento, que ajudam na lembrança. • Um bom nome entendeu a missão, onde o produto deverá chegar. •  Emociona, conversa com seu coração (e entra- nhas) de forma não-racional. • Nomes florescem, criando pátio aberto para uma companhia prosperar. • É eterno, incansável, deve ir bem em um texto ou logotipo. • Ascenção: nomes têm pernas, o nome anda por si só e indica o futuro, crescimen- to. Direciona seu produto no caminho da independencia de mercado. • Destilação do propósito da organização, aludindo e criando expectativas em torno de uma experiência, produto, serviço, promessa. 2/Mais sobre nomes
  5. 5. Próprios Relação com a pessoa que oferece o produto. Nomes associados a lugares beneficiam-se de aspectos e associações positivas com o lugar de origem. Descritivos Simplesteme descrevem o produto, seu bene- fício ou função. Em geral possuem menos propriedade, funcionais. Evocativos Evoca a promessa da marca, ou apropria-se de palavras que evoquem outros significados, sentimentos, imagens, ideias, metáforas, sentimentos. Experienciável Associações com coisas reais que clamam por experiência. Abstrato Provocam conecções não óbvias, subjetivas, não-racionais. Aliteração ou rima Divertidos, fáceis de dizer, ficam na memória. Nomes criados Neologismos, novas palavras, aglutinados, por vezes propositalmente errados. Contém propriedade, remetem a invenção, inovação. Podem ser poéticos, possuir ritmo e som, valorizam a exeriência de falar. Outro idioma Emoutraslínguas,quemisturamváriaslínguas, otimizam negócios internacionais, associados ao mercado exterior; expertise internacional; referência cultural ou de status de um mercado cultura ou país específico; utiliza palavras de outras origens que contém sonoridades ou atributos exóticos, podem evocar novidade. Siglas Abreviaturas e iniciais. Discretos, impessoais, criam distanciamento, proteção, vendem-se pouco, porém têm potencial de criar elo com o cliente. McDonald’s Casa das Caldeiras Vigor Natura Brahma Bom Bril Tumblr Walkman IBM Para melhor entender como funcionam os nomes, podem ser classificados em tipos. Um nome porém pode estar associado a vários ou nenhum dos tipos abaixo. 3/Alguns tipos de nomes
  6. 6. O processo de criar nomes é simples e intuitivo: envolve criar algumas pos- sibilidades e escolher a melhor. No entanto as propostas devem ir de en- contro com a necessidade, devemos ser acertivos e ao mesmo tempo criativos. Antes de começar é importante ter em mente informações valiosas acerca do serviço que estamos nomeando. • Para onde vamos? Primeiro passo: definir objetivos e onde o nome da companhia, serviço ou produto, deve levar. • O que o cliente está contratando? O que estou oferencendo ao cliente? Como quero que o cliente perceba meu produto? Se utilizar humor, irá comunicar simpatia; seriedade: confiança; inteligência: criatividade. • Qual o discurso da marca (conceito/core business) e o posiciona- mento do serviço? En- tenda tudo sobre seu produto/serviço, faça um painel semântico. • A quem se destina? (público alvo). Analise a concorrência e como ela se posiciona, e tam- bém o mercado e os moods atuais. 4/Antes do brainstorming
  7. 7. n a m i n g5/Criando nomes (brainstorm) • Primeiro crie depois julgue. • Inclua prefixos ou sufixos que acrescentem características ou ações. • Liste palavras associadas, definições das pala- vras, etimologias, sinônimos e antônimos, figuras de linguagem. • Escreva uma sentença sobre o serviço e depois trabalhe em um nome que traduza estes con- ceitos (qual seu core business?). • Crie apelidos (nomes) para os usuários do serviço (clientes). • Aproprie-se de palavras e nomes existentes, transponha uma palavra de contexto, como nomes de lugares ou com significado pessoal. • Crie palavras, aglutine palavras. Escrever de uma forma diferente, misture. Tem liberdade para transpor ordens e alterar os nomes. • Explore sensações e emoções que a marca, produto ou serviço, vai provocar.
  8. 8. 6/Critérios de escolha Como avaliar um nome? O teste do nome. O que evitar: nomes muito genéricos, nomes que imitam outras empresas, de difícil pronúncia, ou má sonoridade, com conotação negativa. •  É compreensível •  Faz sentido •  Percepção, desperta uma promessa •  Associações ao produto, entrega a ideia-atitude correta, conceito da brand •  Pronunciabiliade-fonética: sonoridade, ritmo e melodia, fácil de falar •  Leiturabilidade: fácil de ler e escrever •  Memoriabilidade, lebrança •  Impacto visual, letras •  Paixão, apelo emocional •  Distinção, disponibilidade, registrabilidade (INPI) •  Poética: rimas e associações de figura de linguagem presentes na poesia •  Imagens evocadas •  Fonossemântica: a fonética da palavra cria sons com significados, por exemplo palavras duras, palavras femininas •  Modular (permite novas combinações e produtos)
  9. 9. Compare os nomes em uma tabela Compreensível Fazsentido Percepção, promessa Entregaaideia Sonoridade Leiturabilidade Lebrança Impactovisual Apeloemocional Distinção Poética Imagensevocadas Fonossemântica Negativas Nome 1 Nome 2 Nome 3 Nome 4 Nome 5 Nome 6 Nome 7 Nome 8
  10. 10. n a m i n g g n a m i n n g n a m i i n g n a m m i n g n a a m i n g n7/Referências • Brand name proposal - Andrei Popa • What’s a name - eight best practices for creating a sucessful brand name - Nikolas Contis, Siegel + Gale • Diving deep into naming - Scott Hauman daggerfin • A naming handbook - Wolff Olins • Oficina de naming - Paulo Granato • http://mediafiles.pragmaticmarketing. com/pdf/PRAGMATICMARKETERSPG2014. pdf#page=19 •www.namingnewsletter.com

×