E-Business de Alto Retorno através da Co-Criação

2,206 views

Published on

A Construção do Novo Capital Estratégico através da experiência de Co-Criação de Informações

Published in: Technology, Business
0 Comments
6 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,206
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
709
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
6
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • 2009 foi o ano das mudanças, premissas foram questionadas e as estratégias revisadas mensalmente. As empresas foram confrontadas com um ambiente dinâmico e um futuro incerto, onde o planejamento estratégico foi contestado o tempo todo. Nesse cenário a “Experiência” surgiu como um novo elemento no mercado, esquecido pelo tempo e renascido pela comoditização. A experiência agora direciona decisões e valores que vão além da competição. Esse novo cenário descreve novas possibilidades de oportunidades e nos dá novas perspectivas, mudando como os negócios estão interagindo com seus consumidores.   Essa apresentação é desafiadora, e tem o propósito de estimular e mostrar oportunidades para um futuro co-criado. Discutir a complexidade do sistema em que dificilmente um negócio pode ser administrado por um único ponto de decisão e criação.
  • Todos nós estamos vendo uma transformação profunda da sociedade, ocasionada principalmente pela nova web, onde há uma variedade abrupta de produtos, serviços e informações para os consumidores, uma série de indagações no dia-a-dia: Será que estou comprando a melhor TV? Será que estou assinando o melhor serviço? Será, será, será? Mas quem dispõe de tempo e capacidade para avaliar e selecionar todas essas informações? A nova web deu vez e voz para seus usuários ao redor do mundo, e isso a inundou de informações multimídia.
  • A complexidade crescente das ofertas de informações confunde e frustra a maioria dos consumidores carentes de tempo. A variedade e abundância de informações não resultaram necessariamente em melhores experiências de consumo. Portanto, com tanta informação disponível é necessário criar mecanismos que gerem relevância e filtrem todo esse conteúdo para os usuários, que possuem cada vez menos tempo e paciência. A tendência agora é surgir cada vez mais projetos como o Friendfeed, Yoono, The Filter, e Bing, que se preocupam com essa questão da relevância em função da quantidade de informações, onde AGREGADOR + FILTRO = RELEVÂNCIA. [tweet] A complexidade crescente das ofertas de informações na web, confunde e frustra a maioria dos consumidores carentes de tempo. [/tweet] [tweet] A variedade e abundância de informações não resultou necessariamente em melhores experiências de consumo. [/tweet]
  • Para as empresas a situação não é melhor. A conectividade, globalização, desregulamentação dos setores e convergência tecnológica – estão liberando fluxos mundiais de informação, capital, produtos e idéias, permitindo que concorrentes não tradicionais revertam o status quo. Ao mesmo tempo, a competição se intensifica e as margens de lucro encolhem. Os gestores não podem mais se concentrar exclusivamente nos custos, na qualidade dos produtos e processos, na velocidade e na eficiência. Para alcançar o crescimento lucrativo, também devem buscar novas fontes de inovação e criatividade. [tweet] A nova web está liberando fluxos mundiais d informação, permitindo q concorrentes não tradicionais revertam o status quo. [/tweet]
  • Portanto, eis o paradoxo da economia do século XXI: Os consumidores têm mais escolhas que geram menos satisfação. As empresas têm mais opções estratégicas que geram menos valor. [tweet] Atual paradoxo: Os consumidores têm mais escolhas q geram menos satisfação. As empresas tem mais opções estratégicas q geram menos valor. [/tweet]
  • Essa realidade emergente está nos forçando a reexaminar o sistema tradicional de criação de valor. A resposta acredito eu, parte de uma premissa diferente, centrada na co-criação de valor. E já começa com a mudança do papel do consumidor. [tweet] A realidade emergente está nos forçando a reexaminar o sistema tradicional de criação de valor. Solução: sistema centrado na Co-criação [/tweet]
  • Os fornecedores tradicionais e não-tradicionais estão se entrosando de maneira cada vez mais estreita com as empresas, criando capacidades conjuntas que existem apenas por meio das competências combinadas de duas ou mais empresas, dessa natureza nasceu o Service-Oriented Architecture (SOA).
  • [tweet] Se os fornecedores são parte fundamental da base de competências para a empresa, por que não os consumidores? [/tweet] [tweet] O gênio coletivo dos usuários possibilita o co-desenvolvimento de produtos, informações e serviços. [/tweet]
  • Veja um diagrama simples que demonstra a co-criação de valor estratégico. O SOA fornece uma visão mais formal e arquitetada que satisfaz uma série de critérios técnicos e empresariais, mas que geralmente se esquece de um ponto fundamental, que as pessoas são o centro de tudo. Já a Web 2.0 é o cenário que nos permite expandir a base de conhecimento para receber as contribuições dos consumidores. Ao juntar os dois cenários SOA e Web 2.0, as empresas permitirão que um novo capital seja construído através de uma arquitetura orientada à web (WOA). O WOA fornece uma série de modelos de como integrar nossos sistemas, a Web 2.0 tem mostrado como é importante receber a contribuição dos consumidores através do efeito de rede, para que os negócios continuem competitivos.
  • Hoje, nossa compreensão das fontes de competências acessíveis para os gestores está se expandindo, para incluir o conhecimento coletivo ao alcance de todo o sistema – fornecedores, fabricantes, parceiros e consumidores. [tweet] Nossa compreensão sobre o novo capital estratégico está se expandindo, para incluir o conhecimento coletivo ao alcance de todo o sistema. [/tweet]
  • Portanto, para construir um novo capital estratégico, as empresas devem garantir que o diálogo aberto, o acesso, a avaliação do risco e a transparência das informações (DART) estejam embutidas em sua arquitetura tecnológica e cultura empresarial. [tweet] As empresas devem garantir q o diálogo aberto, o acesso, a avaliação do risco e a transparência, estejam embutidos em sua estratégia [/tweet]
  • Os Mashups são aplicações que combinam dados ou funcionalidade de dois ou mais fontes externas para criar um novo serviço ou novo valor. O termo implica na rápida integração dessas funcionalidades geralmente usando APIs. [tweet] As APIs mais usadas em mashups são as do GoogleMaps, Flickr, YouTube, Amazon e Twitter. Fonte: ProgrammableWeb.com [/tweet]
  • Faça Mashups – Em um mundo de criação conjunta, permita outros usuários usarem o seu conteúdo (com um propósito é claro). A idéia do YouTube de fornecer a URL para copiar e colar e passar os vídeos em seu site foi o que o tornou relevante para seu crescimento. Sindicar conteúdo através de RSS também torna fácil para que outros criem mashups que usem o seu conteúdo.
  • [tweet] Inteligência Coletiva gera maior relevância nos conteúdos... Você não precisa mais ficar perambulando por aí [/tweet]
  • [tweet] O profissional de marketing que não entender o mínimo de tecnologia e mídia social estará com seus dias contados. [/tweet]
  • [tweet] Quem ainda não viu, widgets na TV - http://connectedtv.yahoo.com [/tweet]
  • [tweet] Para construir um novo capital estratégico e diferenciais inovadores você precisa co-criar com a sua cadeia de valores [/tweet] [tweet] A portabilização da informação é fundamental para permitir relevância ao usuário. É estar onde ele está. [/tweet]
  • E-Business de Alto Retorno através da Co-Criação

    1. 1. A Construção do Novo Capital Estratégico através da experiência de Co-Criação de Informações
    2. 2. <ul><li>Primeiro vamos ao contexto... </li></ul>
    3. 3. Contexto VISÃO DO CONSUMIDOR – TRANSFORMAÇÃO PROFUNDA DA SOCIEDADE
    4. 4. Contexto VISÃO DO CONSUMIDOR – TRANSFORMAÇÃO PROFUNDA DA SOCIEDADE A complexidade crescente das ofertas de informações, confunde e frustra a maioria dos consumidores carentes de tempo.
    5. 5. Contexto PARA AS EMPRESAS A SITUAÇÃO NÃO É MELHOR Estão liberando fluxos mundiais de informação, capital, produtos e idéias, permitindo que concorrentes não tradicionais revertam o status quo. Ao mesmo tempo , a competição intensifica-se e as margens de lucro encolhem.
    6. 6. Portanto, eis o paradoxo da economia do século XXI:
    7. 7. Contexto CONCLUINDO ... Essa realidade emergente está nos forçando a reexaminar o sistema tradicional de criação de valor. A resposta parte de uma premissa diferente, centrada na co-criação de valor .
    8. 8. <ul><li>Portanto... </li></ul>
    9. 9. Construção do novo capital estratégico Entrosamento, criando capacidades conjuntas que existem apenas por meio de competências combinadas de duas ou mais empresas.
    10. 10. Construção do novo capital estratégico ... Se os fornecedores são parte fundamental da base de competências para a empresa, por que não os consumidores?
    11. 11. Construção do novo capital estratégico SOA Web 2.0 Produção Centralizada Produção Descentralizada Planejado Emergente Integração Aplicações Compostas Web Services SaaS WOA APIs Plataformas Sociais SEGURANÇA SOFTWARE RECOMBINADO INTEROPERABILIDADE MONETIZAÇÃO Mashups Arquitetura de Participação Efeito de Rede Widgets
    12. 12. Construção do novo capital estratégico Hoje, nossa compreensão das fontes de competências está se expandindo, para incluir o conhecimento coletivo ao alcance de todo o sistema..
    13. 13. Facilitando a rápida criação de conhecimento AS EMPRESAS DEVEM GARANTIR QUE O DART ESTEJA EMBUTIDO EM SUA ESTRATÉGIA
    14. 14. <ul><li>Vamos aos exemplos... </li></ul>
    15. 15. Alguns cenários de Co-Criação <ul><li>Mashups </li></ul><ul><li>Ambientes colaborativos </li></ul><ul><li>Dashboards Sociais e Composições </li></ul><ul><li>Widgets </li></ul>
    16. 16. APIs mais usadas para Mashups
    17. 17. Exemplo – Mashup em sistemas
    18. 18. Exemplo – Mashup em sites http://www.ontheroadagain.la/br
    19. 19. Exemplo – Ambiente Colaborativo http://www.ideastorm.com/
    20. 20. Exemplos – Dashboards Sociais
    21. 21. Exemplo – Dashboards Pessoais Inteligência Coletiva gera maior relevância nos conteúdos... Você não precisa mais ficar perambulando por aí ...
    22. 22. Exemplo – Dashboards Pessoais Sistema de comunicação Google Wave permitirá que desenvolvedores lucrem com a criação de aplicativos... http://wave.google.com/help/wave/about.html#video
    23. 23. Exemplo - Dashboard em Campanhas
    24. 24. Widgets – Dashboard na TV! http://connectedtv.yahoo.com
    25. 25. Widgets - Mobile Loja online da Apple vende dois bilhões de downloads em um ano Surgimento de novos como Samsung JET
    26. 26. Wrap-up – 3 recados fundamentais 1 2 3
    27. 27. <ul><li>O seu futuro competitivo depende disso! </li></ul>
    28. 28. Vá Co-Criar! http://www.programmableweb.com/
    29. 29. Vá Co-Criar! http://code.google.com/ http://developer.yahoo.com/
    30. 30. Para desenvolver widgets W3C http://www.w3.org/TR/widgets/ ...Ou para humanos... http://www.quirksmode.org/blog/archives/2009/04/introduction_to.html
    31. 31. <ul><li>Obrigado e até a próxima! </li></ul><ul><li>Rafael Kiso </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul><ul><li>www.focusnetworks.com.br/focusview </li></ul><ul><li>Siga-me: @rkiso </li></ul>

    ×