Anatomia geral terminologia anatômica - ricardo

13,089 views

Published on

0 Comments
12 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
13,089
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
7
Actions
Shares
0
Downloads
261
Comments
0
Likes
12
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Anatomia geral terminologia anatômica - ricardo

  1. 1. ANATOMIA GERALTerminologia anatômica eorganização do corpo humanoRICARDO AUGUSTO TENFEN CARNEIRO
  2. 2. Breve introdução histórica• Início da civilização: o homem pré-históricoobservava a anatomia de animais que ele caçavae desenhava-os nas paredes das cavernas.
  3. 3. Breve introdução histórica• No Egito antigo a anatomia se desenvolveuprincipalmente por causa dos rituaisreligiosos, no caso o embalsamamento.
  4. 4. Breve introdução histórica• Grécia e Roma: devidoao racionalismo trazidopela filosofia, buscou-se compreendermelhor o corpohumano. Em Roma,houve retrocesso, aanatomia passou dehumanos para animais.
  5. 5. Breve introdução histórica• Idade média: a anatomia foi amplamenteproibida, considerada crime.
  6. 6. Breve introdução histórica• Renascimento: anatomia relacionado à arte.Retomada do clássico.
  7. 7. Breve introdução histórica• Modernidade: com o avanço da ciência emdiversas áreas (química, física, biologia) foipossível criar novas técnicas de estudo daanatomia, como exemplo a microscopia.
  8. 8. Breve introdução histórica• Século XX: Uma inovação que ganhou impulsono início do século XX, foi a simplificação epadronização da nomenclatura. Por causa daproliferação da literatura científica no final doséculo XIX, mais de trinta mil termos paraestruturas do corpo humano estavamregistrados, muitos dos quais eramreduntantes.
  9. 9. Breve introdução histórica• Ainda no século XX: tivemos tambéminovações tecnológicas como a microscopiaeletrônica, melhores técnicas de conservaçãoe dissecação.
  10. 10. O que é anatomia?• Anatomia é a ciência que estuda, macro emicroscopicamente, a constituição e odesenvolvimento dos seres organizados.
  11. 11. Ramos da anatomia• Citologia: estudo das células.• Histologia: estudo dos tecidos.• Embriologia: estudo do desenvolvimento do indivíduo.• Anatomia radiológica: estuda as estruturas por meio deraios X.• Anatomia antropológica: estuda os tipos raciais/étnicos.• Anatomia constitucional ou biotipológica: é o estudo dostipos individuais de construção do corpo humano.(hereditariedade e fenótipo).• Anatomia de superfície: estudo dos relevos morfológicos nasuperfície do corpo.
  12. 12. Anatomia de superfície• Anatomia de superfície: método de estudo docorpo vivo, em repouso e ação. O objetivo évisualizar mentalmente estruturas internas apartir da superfície. O exame clínico é aaplicação da anatomia de superfície.
  13. 13. Abordagens de estudo1. Regional: estudo das regiões do corpo(cabeça/pescoço, tórax, abdome, dorso, etc).2. Sistêmica: por sistemas (tegumentar,esquelético, articular, nervoso, etc).3. Clínica: Faz uma correlação entre estrutura efunção, incorpora a regional e sistêmica.
  14. 14. Divisão do corpo
  15. 15. Terminologia• Terminologia anatômica internacional: os termossão em latim, mas existem os equivalentes inglêse português. Ex: musculus deltoideus, deltoidmuscle e músculo deutóide.• Nos hospitais geralmente se usa diferentesterminologias, causando confusão.• O uso de epônimos (nomes pessoais atribuídos aalgo em homenagem a alguém) não é indicado,pois não relaciona o nome com a estrutura e suaposição.
  16. 16. Variações anatômicas
  17. 17. Idade• Diversas mudanças anatômicas ocorremdurante as fases da vida intra e extra-uterinade um mamífero
  18. 18. Raça/Etnia• Cada etnia humana possui características quese diferem umas das outras. Ex: olhos dosindivíduos de origem asiática, a maiordensidade muscular nos afro-descendentes.
  19. 19. Biótipo• Resultante da soma dos caracteres herdados edos adquiridos por influência ambiental.Longilíneos: são indivíduos magros,pescoço longo e tórax achatado ântero-posteriormente.Brevelíneos: indivíduos baixos, pecoçocurto e tórax largo.Medilíneos: intermediário.
  20. 20. Evolução• Influência no aparecimento de diferençasmorfológicas no decorrer do tempo.
  21. 21. Normal
  22. 22. • Normal em anatomia é um conceitoestatístico, representado pelo o que ocorre namaioria dos casos, o mais frequente. Ex: 20dedos, coração com seu ápice inclinado para olado esquerdo do corpo.
  23. 23. Anomalia
  24. 24. • Anomalia é uma alteração da forma ouposição do órgão, que causa prejuízo nafunção, sendo compatível com a vida. Ex:ausência de membros (amelia), fendapalatina.
  25. 25. Monstruosidade
  26. 26. • Monstruosidade é uma alteração da forma ouposição do órgão, que causa prejuízo nafunção, incompatível com a vida. Ex:anencefalia (ausência do encéfalo).
  27. 27. Posição anatômica• Cabeça, olhos e dedos do pé direcionadosanteriormente.• Membros superiores ao lado do corpo, com aspalmas direcionadas anteriormente.• Membros inferiores juntos.
  28. 28. TERMOS DE POSIÇÃO E DIREÇÃO• Anterior ou ventral: voltado ou mais próximo da fronte;• Posterior ou dorsal: voltado ou mais próximo do dorso;• Superior ou cranial: voltado ou mais próximo da cabeça;• Inferior ou podálico: voltado ou mais próximo do pé;• Medial: mais próximo do plano mediano;• Lateral: mais afastado do plano mediano;• Intermédio: entre uma estrutura lateral e outra medial;• Proximal: mais próximo do tronco ou do ponto de origemdo membro;• Distal: mais distante do tronco ou do ponto de origem domembro;• Médio: entre uma estrutura proximal e outra distal;
  29. 29. TERMOS DE POSIÇÃO E DIREÇÃO• Superficial: mais próximo da superfície;• Profundo: mais distante da superfície;• Interno: no interior de um órgão ou de umacavidade;• Externo: externamente a um órgão ou a umacavidade;• Ipsilateral: do mesmo lado;• Contralateral: do lado oposto.
  30. 30. superficialintermédioprofundo
  31. 31. • Longitudinal: é um corte que corre ao longodo corpo ou de suas partes.
  32. 32. • Transversal: é um corte perpendicular ao cortelongitudinal.
  33. 33. Planos anatômicos
  34. 34. Mediano• Plano vertical elongitudinal quedivide o corpo emmedial e lateral.
  35. 35. Sagital• Plano vertical,longitudinal eparalelo ao planomedial.
  36. 36. Coronal• Plano vertical elongitudinal que divideo corpo em anterior eposterior.
  37. 37. Horizontal (Axial)• Plano transversal quedivide o corpo emsuperior e inferior.
  38. 38. Princípios gerais da construçãocorpórea
  39. 39. Antimeria• O plano medial divide o corpo do indivíduoem duas metades, direita e esquerda. Essasmetades são antímeros.
  40. 40. Metameria• Por metameria entende-se a superposição, nosentido longitudinal, de segmentossemelhantes, cada segmento correspondendoa um metâmero. Ex: coluna vertebral ecostelas.
  41. 41. Paquimeria• Paquímeros são tubos que alojam orgãos,paquímero ventral (aloja as vísceras) e dorsal(aloja o sistema nervoso central).
  42. 42. Estratificação• Trata-se de uma divisão do corpo emcamadas. Ex: superficial (pele) e profunda(músculo).
  43. 43. Movimentos
  44. 44. Flexão e extensão• Flexão: realizado no plano sagital e ao redordo eixo transversal, reduz o ângulo entre duaspartes do corpo;• Extensão: realizado no plano sagital e ao redordo eixo transversal, retorno da flexão ouaumenta o ângulo entre duas partes do corpo;
  45. 45. Flexão e extensão
  46. 46. Abdução e adução• Abdução: realizado no plano coronal e aoredor do eixo sagital, afasta parte do corpo doplano mediano ou aumenta o ângulo entreduas partes do corpo.• Adução: realizado no plano coronal e ao redordo eixo sagital, aproxima parte do corpo doplano mediano ou diminui o ângulo entreduas partes do corpo
  47. 47. Abdução e adução
  48. 48. Rotação• Rotação: girar em torno do próprio eixo, ouseja, realizado ao redor do eixo longitudinal,podendo ser, lateral ou medial;
  49. 49. Rotação
  50. 50. Retrusão e protusão• Protrusão: movimento realizado para frente;• Retrusão: movimento realizado para trás;
  51. 51. Retrusão e protusão
  52. 52. Eversão e inversão• Eversão: movimento realizado na articulaçãotalocalcânea, afastando a planta do pé doplano mediano;• Inversão: movimento realizado na articulaçãotalocalcânea, aproximando a planta do pé doplano mediano;
  53. 53. Eversão e inversão
  54. 54. Supinação e pronação• Supinação: movimento de rotação do antebraçocom o rádio girando lateralmente ao redor de seupróprio eixo; o dorso da mão fica voltadoposteriormente e a palma anteriormente(posição anatômica);• Pronação: movimento de rotação do antebraçocom o rádio girando medialmente ao redor deseu próprio eixo; o dorso da mão fica voltadoanteriormente e a palma posteriormente;
  55. 55. Supinação e pronação
  56. 56. Circundução• Circundução: movimento circular combinado(flexão-abdução-extensão-adução) quedescreve um cone cujo ápice é o centro daarticulação.
  57. 57. Circundução
  58. 58. Oposição e Reposição• Oposição ou oponência: dirigir a polpa dopolegar (primeiro dedo) em direção à polpado dedo mínimo (quinto dedo);• Reposição: é o retorno do polegar à posiçãoanatômica;
  59. 59. Oposição e Reposição
  60. 60. Elevação e abaixamento• Elevação: levantar uma parte do corpo;• Abaixamento: abaixar uma parte do corpo.
  61. 61. Elevação e abaixamento
  62. 62. Um pouco de clínica
  63. 63. Questões
  64. 64. 1) Qual a importância da anatomia desuperfície?Transmitir o conhecimento anatômico para oser humano, identificar estruturas internas apartir da superfície, realizar exames ecompreender quais estruturas foramlesionadas nos casos de ferimentosperfurantes, lacerantes, entre outros.
  65. 65. 2) Quais os tipos de planos anatômicos eexplique suas diferenças.O plano medial é vertical e divide o corpo emmedial e lateral.O plano sagital é vertical e é paralelo ao planomedial.O plano coronal é vertical e divide o corpo emanterior e posterior.o plano horizontal é transversal e divide o corpoem superior e inferior.
  66. 66. 3) Quais são os termos de lateralidade e adiferença entre eles?Unilateral: estruturas ímpares que seapresentam apenas de um lado do corpo.Bilateral: estruturas pares que se encontram emambos os lados do corpo.Ipsilateral: se refere ao mesmo lado do corpo.Contralateral: se refere ao lado oposto.
  67. 67. 4) Diferencie os termos superficial,intermédio e profundo. Exemplifique.Superficial: é o mais próximo da superfície,exemplo – músculos do braço é superficial aoseu osso.Intermédio: entre a superficial e a profunda,exemplo – músculo entre pele e osso.Profundo: é o mais distante da superfície,exemplo – osso profundo a pele.
  68. 68. 5) Qual a posição anatômica?Palmas das mão, cabeça e pés voltados parafrente, olhar para o horizonte, braços e pernasestendidos ao lado do corpo.
  69. 69. 6) Histologia é uma subdivisão de:a) Anatomia macroscópicab) Anatomia microscópicac) Anatomia do desenvolvimento
  70. 70. 7) Quais são as membranas que revestem ascavidades copóreas?Pericárdio (coração), pleuras (pulmão) eperitônio (abdómino-pélvica).
  71. 71. 8) O que é mesentério?É uma dupla camada de peritônio parietalque suspende os orgãos na parede posteriorda cavidade.
  72. 72. 9) Quais são as duas cavidades principaiscorporais e o que alojam?Dorsal (posterior): aloja o crânio e a medulaespinal.Ventral (anterior): aloja as vísceras(abdómino-pélvicas, torácicas).
  73. 73. 10) Cite e explique 2 tipos de movimentoscorporais.Flexão: realizado no plano sagital e ao redordo eixo transversal, reduz o ângulo entre duaspartes do corpo.Abdução: realizado no plano coronal e aoredor do eixo sagital, afasta parte do corpo doplano mediano ou aumenta o ângulo entreduas partes do corpo.
  74. 74. Obrigado

×