Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Competitividade no setor de viagens e turismo (II EICPOG)

163 views

Published on

Material apresentado no II Encontro de Iniciação Científica e Pós-graduação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (Câmpus São Paulo).

Published in: Education
  • Be the first to comment

Competitividade no setor de viagens e turismo (II EICPOG)

  1. 1. Competitividade no setor de viagens e turismo Aristides Faria Lopes dos Santos, Marcos Araújo Balzano e Daiane Francis Oliveira de Magalhães
  2. 2. Premissas • Lei n° 11.892, de 29 de dezembro de 2008 (Art. 6°) – II. desenvolver a educação profissional e tecnológica como processo educativo e investigativo de geração e adaptação de soluções técnicas e tecnológicas às demandas sociais e peculiaridades regionais; – IV. orientar sua oferta formativa em benefício da consolidação e fortalecimento dos arranjos produtivos, sociais e culturais locais, identificados com base no mapeamento das potencialidades de desenvolvimento socioeconômico e cultural no âmbito de atuação do Instituto Federal; – VII. desenvolver programas de extensão e de divulgação científica e tecnológica.
  3. 3. Premissas • Dissertação de Mestrado (2013-2015) – Competitividade no setor de Viagens e Turismo: estudo de casos múltiplos na Região Metropolitana da Baixada Santista • Livro (2016) – Competitividade no setor de viagens e turismo • Projeto de pesquisa (2016-2019) – Relações de Hospitalidade e Hostilidade entre os stakeholders do setor de viagens e turismo
  4. 4. Pesquisas realizadas Competitividade no setor de viagens e turismo: estudo de casos múltiplos no litoral paulista (PIBIFSP) Observatoriodoturismo.com: monitoramento e avaliação de políticas públicas de fomento ao turismo no litoral paulista (PIVICT) Empreendedorismo: orientação a planos de negócios em turismo (PIBIFSP) Análise mercadológica e das relações de hospitalidade entre os stakeholders do setor de turismo no litoral paulista (PIBIFSP)
  5. 5. Pesquisas realizadas Objetivos de pesquisa Inventariar, categorizar e avaliar as políticas públicas de turismo no contexto dos dezesseis municípios que compõem o litoral paulista e propor um modelo de integração institucional no sentido de criar sinergia entre os atores atuantes no setor turístico. Desenvolver um modelo de sistema semipresencial para a sistematização de ideias de negócios na área de turismo Verificar se as alianças estratégicas entre o poder público, a iniciativa privada e o terceiro setor aumentam a competitividade do turismo em nível local.
  6. 6. Objeto de estudo
  7. 7. Objeto de estudo
  8. 8. Objeto de estudo • Litoral paulista – 16 municípios • Estâncias Turísticas (Balneárias) – 15 municípios • Região Metropolitana da Baixada Santista – 9 municípios • Litoral Norte – 4 municípios • Litoral Sul – 3 municípios • Litoral Sul – Cananéia – Ilha Comprida – Iguape • Costa da Mata Atlântica – Peruíbe – Itanhaém – Mongaguá – Praia Grande – São Vicente – Cubatão – Santos – Guarujá – Bertioga • Litoral Norte – São Sebastião – Caraguatatuba – Ilhabela – Ubatuba
  9. 9. Objeto de estudo
  10. 10. RESULTADOS Apresentação, análise e discussão dos resultados obtidos.
  11. 11. Observatoriodoturismo.com • Registro do domínio www.observatoriodoturismo.com; • Contato com dirigentes municipais de turismo; • Coleta, sistematização e atualização sistemática de dados.
  12. 12. Observatoriodoturismo.com Tipo de Norma Sem filtro Indexação Tema da Norma Tema da Norma e Situação "Sem revogação expressa" Citações 4.785 377 98 84 Leis 1011 50 75 65 Lei Complementar 136 6 1 1 Emenda Constitucional 1 0 0 0 Resoluções ALESP 9 1 0 0 Decreto legislativo 8 4 0 0 Decreto 3522 302 18 15 Decreto-lei 85 12 4 3 Decreto Lei-Complementar 13 2 0 0
  13. 13. Empreendedorismo • Formulário autoexplicativo, que, em caráter preliminar, adotou formato de projeto de pesquisa; • Feedback aos alunos que preencheram este formulário; • Coleta, tabulação e análise de dados inerentes à formação e mercado de trabalho em turismo na RMBS.
  14. 14. Competitividade Grandes empreendimentos (infraestrutura) Unidades de saúde (RMBS)
  15. 15. Competitividade Unidades de conservação Malha rodoviária
  16. 16. Competitividade Estabelecimentos de serviços (Santos) Estabelecimentos de serviços (Guarujá)
  17. 17. Competitividade Atrativos de cunho histórico e cultural Museus
  18. 18. Modelo conceitual (Wang & Xiang, 2007)
  19. 19. Procedimentos metodológicos • Estudo de casos múltiplos • Objeto de estudo: 15 municípios do litoral do estado de São Paulo • Abordagem mista: qualitativa e quantitativa • Técnicas de coleta de dados: – Pesquisa bibliográfica – Pesquisa documental – Entrevista pessoal semiestruturada: Secretários Municipais de Turismo (15) – Questionário (survey): 493 membros dos COMTURs • Escala Likert (7 pontos); 36 variáveis (5 independentes; 31 dependentes)
  20. 20. SIGESTur Sistema Integrado de Gestão de Destinos Turísticos O sistema representa profissionalização da gestão pública do turismo e transparência ao cidadão, os profissionais e empresários do setor.
  21. 21. SIGESTur
  22. 22. SIGESTur
  23. 23. Referências • Buhalis, D. & Deimezi, O. (2004). eTourism Developments in Greece: Information Communication Technologies adoption for the strategic management of the Greek tourism industry. International Journal of Tourism and Hospitality Research, 5(2), 103-130. • Eichhorn, V., Miller, G., Michopoulou, E. & Buhalis, D. (2008). Enabling access to tourism through information schemes? Annals of Tourism Research, 35(1), 189-210. • Santos, A. F. L. (2015). Competitividade no setor de Viagens e Turismo: estudo de casos múltiplos na Região Metropolitana da Baixada Santista. Dissertação (Mestrado em Hospitalidade), Universidade Anhembi Morumbi, São Paulo. • Wang, Y. & Xiang, Z. (2007). Toward a Theoretical Framework of Collaborative Destination Marketing. Journal of Travel Research, 46(1), 75-85.

×