Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

A importância dos Social Media para as Empresas

3,226 views

Published on

Esta apresentação serviu de base à minha intervenção na abertura do Fórum APCE 2009, de 28 de Abril de 2009, em Lisboa. A apresentação tem duas partes distintas:
- na primeira, procuro mostrar como o Plano Tecnológico surge da necessidade de responder a um mundo que atravessa um período de mudança sem precedentes;
- na segunda parte, defendo que as organizações não podem ignorar a relevância crescente dos social media e que, por isso, o pior erro é bloquear o acesso a esses meios nas suas redes empresariais (como é muito frequente).

Published in: Technology, Business
  • Be the first to comment

A importância dos Social Media para as Empresas

  1. 1. FÓRUM APCE 23.4.2009
  2. 2. “...when the sea was calm all boats alike show’d mastership in floating...” Shakespeare, Coriolanus, Act IV, Scene I
  3. 3. “Uncharted waters ahead” Pierre Wack, HBR, 1985
  4. 4. O QUE MUDOU?
  5. 5. O MUNDO TORNOU-SE VERDADEIRAMENTE GLOBAL
  6. 6. O MUNDO TORNOU-SE (AINDA MAIS) IMPREVISÍVEL
  7. 7. E NEM TUDO MUDA DA MESMA FORMA... Stewart Brand
  8. 8. NOVAS TECNOLOGIAS ACELERAM A MUDANÇA Mobile GSM 3G networks 3.5G 4G GPRS UMTS Cable Cable modem (DOCSIS/CDLP) Phone VDSL line Dial-up ADSL ADSL2/2+ VDSL2 Next Generation FTTB/C FTTH Networks 50kbps 500kbps 8Mbps 50Mbps 100Mbps
  9. 9. OS CONSUMIDORES PROCURAM NOVIDADES Source: Ericsson ConsumerLab 2008
  10. 10. COMO PODEMOS AJUDAR A ECONOMIA NESTE MOMENTO DE MUDANÇA?
  11. 11. DESENHANDO UM PLANO DIFERENTE... Condições da Capacidade Actividade empresarial Económica Infraestrutura científica e tecnológica Qualificação e Recursos Humanos Empreendedorismo Sociedade Sistemas de em rede Financiamento
  12. 12. FAZENDO E APRESENTANDO RESULTADOS 163 112 113 142 117 120 78 11/2005 07/2006 11/2006 07/2007 11/2007 07/2008 Medidas 100% em Execução 11/2008
  13. 13. ACESSO DAS FAMÍLIAS À INTERNET Presença de computador, Penetração da banda larga fixa e internet e banda larga nos lares móvel (em % da população) portugueses (em %) 50% 25% 49% 45% 47% 46% 42% 22% 20% 41% 38% 39% 39% 18% 19% 35% 15% 31% 16% 26% 13% 14% 14% 14% 14% 14% 15% 15% 30% 25% 13% 24% 11% 10% 19% 8% 9% 12% 13% 5% 2004 1T07 2T07 2005 3T074T07 0% 2006 0% 1T08 2T08 3T08 4T08 2007 2008 Banda Larga Internet Fixa Móvel Computador Fonte: INE Fonte: ANACOM
  14. 14. QUALIFICAÇÕES DE JOVENS E ADULTOS Alunos matriculados em cursos Número de adultos inscritos em tecnológico e cursos Centros Novas Oportunidades profissionais do ensino 33.620 31.346 33.341 44.466 62.996 516.000 50.837 6.996 5 49.800 298.060 40.397 2003 29.042 2004 54.972 77.246 2005 2005 2006 2006 2007 2007 Tecnológicos Profissionais 2008 Fonte: Ministério da Educação Fonte: MTSS
  15. 15. INVESTIMENTO NA CIÊNCIA E INVESTIGAÇÃO Dotações orçamentais públicas Bolsas de doutoramento para I&D (em milhões de Euros) concedidas 1.831 1.621 1.194 1.701 1.272 1.116 1.082 2005 2008 2007 2006 2006 2005 2007 Fonte: MCTES Fonte: FCT - MCTES
  16. 16. AMBIENTE PARA OS NEGÓCIOS IES (Informação Declarações Empresas na Hora constituídas Empresarial Simplificada) entregues 792.227 60.900 40.531 397.319 17.456 1.912 2005 2006 30-04-2007 2007 02-10-2007 2008 10-2008 Fonte: MJ
  17. 17. CAPACIDADE EMPRESARIAL Saldo da Balança Tecnológica Receitas da Balança Tecnológica (em milhões de Euros) (em milhões de Euros) 1.227 1.063 126 66 776 -170 461 -302 -276 -286 434 355 2007 2008 2004 2005 2006 2003 2004 2005 2006 2007 2003 2008 Fonte: Banco de Portugal
  18. 18. Colaboração Informação Relação CONHECIMENTO TECNOLOGIA INOVAÇÃO Em qualquer sítio A qualquer altura Com qualquer pessoa
  19. 19. A INTERNET ESTÁ A MUDAR AS REGRAS DA MUDANÇA
  20. 20. UMA NOVA GERAÇÃO JÁ REINVENTOU A INTERNET Web 1.0 Web 2.0 • “Browse” (Yahoo!) • “Search” (Google) • “Publishing” (Britannica Online) • Participação (Wikipedia) • “Download” (mp3.com) • “Share” (Napster) • Publicidade de massas • Publicidade de contexto (DoubleClick) (Google AdSense) • “One to many” (Akamai) • “Many to many” (BitTorrent) • Conteúdos estáticos • Conteúdos dinâmicos de edição (páginas pessoais) frequente (Blogs/microblogs) • Gestão centralizada de conteúdos • Edição partilhada e aberta de conteúdos (CMS) (Wikis) • Taxonomia de Conteúdos • Conteúdos classificados por quem os (directórios) publica (tags) • Conteúdos dispersos em várias páginas • Conteúdos sindicados através de feeds em HTML RSS • Visitantes de sites • Participantes em comunidades (Hi5, Facebook, LinkedIn, etc.) Adaptado de http://www.oreillynet.com/pub/a/oreilly/tim/news/2005/09/30/what-is-web-20.html
  21. 21. E ESSA GERAÇÃO PREPARA-SE PARA MUDAR O MUNDO...
  22. 22. ...UTILIZANDO NOVAS REDES PARA COMUNICAR
  23. 23. AS EMPRESAS NÃO PODEM IGNORAR OS NOVOS MÉDIA http://tinyurl.com/comcast-twt http://tinyurl.com/domino-pq
  24. 24. MAIS EXEMPLOS, RECEBIDOS AGORA VIA TWITTER: • Naked Pizza http://tinyurl.com/cy3oet (via @ananeves) • http://www.twibes.com/group/SocialMediaSuicide (via @MariaSpinola) • Dell http://www.dell.com/twitter (via @MariaSpinola) • Apple apologizes for Baby Shaker http://tinyurl.com/czplpe (via @MariaSpinola) • http://tiny.cc/9ZFVY (via @ananeves) • Amazon’s silence http://adage.com/digitalnext/post?article_id=135967 (via @MariaSpinola) • Social media changes the marketplace http://migre.me/JNa (via @josebaldino e @GoUp) • Social media storm http://tinyurl.com/dllffw (via @MariaSpinola) • Blogs e Twitter de @joaovc em http://discutiragestao.net
  25. 25. AS EMPRESAS TÊM DE APRENDER COM AQUELES PARA QUEM A TECNOLOGIA É TÃO NATURAL COMO O AR QUE RESPIRAM...
  26. 26. RUI GRILO CHEFE DE GABINETE DO COORDENADOR NACIONAL DA ESTRATÉGIA DE LISBOA E DO PLANO TECNOLÓGICO COORDENADOR ADJUNTO DO PLANO TECNOLÓGICO rui.grilo@cnel.gov.pt | @rgrilo www.planotecnologico.pt | @ptecnologico

×