Successfully reported this slideshow.

Mercado de massa

2,815 views

Published on

Trabalho da disciplina fundamentos de marketing - Mercado de Massa.

Published in: Education
  • Be the first to comment

Mercado de massa

  1. 2. <ul><li>Alexandrina Santos </li></ul><ul><li>Bruno de Araújo Reupert </li></ul><ul><li>Carlos Filipe da Silva Macedo </li></ul><ul><li>Fabiano Rangel </li></ul><ul><li>Jaques Postigo </li></ul><ul><li>Paulo Henrique Wanderley </li></ul>
  2. 3. Introdução Schumpeter Relações entre Indústrias Linha de Montagem Conclusão Theodore Levitt
  3. 4. <ul><li>Maquinaria </li></ul><ul><li>Expansão do Comércio </li></ul><ul><li>Avanço dos meios de comunicação </li></ul>
  4. 5. <ul><li>Demanda Reprimida </li></ul><ul><li>Crise da Superprodução </li></ul>
  5. 6. <ul><li>Ao invés de vender o que se produz, passa-se a produzir o que se vende. </li></ul><ul><li>Marketing é a necessidade de distribuição da riqueza no mesmo nível da produção. </li></ul>
  6. 7. <ul><li>Indexação para equilíbrio dos preços de produtos industriais e Agropecuários. </li></ul><ul><li>Participação da massa de assalariados no aumento de produtividade das empresas. </li></ul>
  7. 8. Introdução Schumpeter Relações entre Indústrias Linha de Montagem Conclusão Theodore Levitt
  8. 9. Schumpeter nasceu no território do extinto Império Austro-Húngaro (atual República Checa), em 1883.
  9. 10. Sua teoria do ciclo econômico é fundamental para a ciência econômica contemporânea. A razão, segundo o autor, para que a economia saia de um estado de equilíbrio e entre em um boom (processo de expansão) é o surgimento de alguma inovação, do ponto de vista econômico, que altere consideravelmente as condições prévias de equilíbrio.
  10. 11. Introdução Schumpeter Relações entre Indústrias Linha de Montagem Conclusão Theodore Levitt
  11. 12. <ul><li>Qual a importância da inovação Tecnológica para as empresas? </li></ul><ul><li>Para se manter competitiva no mercado; </li></ul><ul><li>Para crescer; </li></ul><ul><li>Podemos caracterizar como inovação tecnológica: </li></ul><ul><li>A ampliação da produção; </li></ul><ul><li>A introdução de novos produtos; </li></ul><ul><li>Ampliar barracões industriais; </li></ul><ul><li>Instalar novas máquinas; </li></ul><ul><li>Adquiri máquinas que produzam com mais rapidez etc. </li></ul>
  12. 13. Quem recebe mais inovações: a Indústria ou o Setor Primário? A indústria recebe mais inovações que o setor primário, então, para evitar um desequilíbrio causado por um aumento da produtividade parte desta é transferida para o primeiro setor da economia. Isto torna possível que outros setores da economia mantenham seus lucros através de economias de escala. Infelizmente esta idéia esta apenas no papel, pois não é o que acontece de fato.
  13. 14. É aquela que organiza o processo produtivo de maneira que se alcance a máxima utilização dos fatores de produtivos envolvidos no processo, buscando como resultados baixos custos de produção e o incremento de bens e serviços visando a expansão da capacidade de produção.
  14. 15. <ul><li>Aumento dos fatores de produção; </li></ul><ul><li>Aumento da produção; </li></ul><ul><li>Redução do Custo Médio da Produção; e </li></ul><ul><li>Aumento dos Lucros. </li></ul>
  15. 16. Introdução Schumpeter Relações entre Indústrias Linha de Montagem Conclusão Theodore Levitt
  16. 17. Refere-se a uma montagem progressiva ligada por algum dispositivo de manuseio de material.
  17. 18. Foi desenvolvido por Henry Ford, por volta de 1913.
  18. 21. <ul><li>Incorporar maior flexibilidade </li></ul><ul><li>Maior variabilidade das estações de trabalho </li></ul><ul><li>Maior confiabilidade </li></ul><ul><li>Produção de alta qualidade </li></ul>
  19. 22. Introdução Schumpeter Relações entre Indústrias Linha de Montagem Conclusão Theodore Levitt
  20. 23. O Economista alemão Levitt enfatizou importância do marketing. A sua reputação construiu-se através do artigo publicado, na década de sessenta, na Harvard Business Review, intitulado &quot;Marketing Myopia&quot;, no qual afirma que uma indústria é um processo de satisfação do cliente, em vez de produção de bens. Ele observou que as organizações que passam por este processo perdiam o seu foco de negócio, visando apenas o seu produto. As organizações de sucesso são aquelas que têm como foco principal seus clientes.
  21. 24. Levitt ficou conhecido pela separação que sempre defendeu entre as funções de marketing e de vendas. &quot;Uma empresa totalmente voltada para o Marketing procura criar mercadorias e serviços que contenham valores de satisfação que os clientes desejam adquirir&quot; <ul><li>Marketing </li></ul><ul><li>Visa atender às necessidades do comprador. </li></ul><ul><li>Preocupa-se com a idéia de satisfazer as necessidades do cliente através do produto (serviço) e do conjunto de atividades relacionadas com a criação, distribuição e com o consumo. </li></ul><ul><li>Venda </li></ul><ul><li>Visa atender às necessidades do vendedor. </li></ul><ul><li>Preocupa-se com o interesse do vendedor em converter seu produto em dinheiro </li></ul>
  22. 25. “ O primeiro negócio de qualquer negócio é continuar no negócio. Para tanto, é preciso gerar e manter consumidores.” Porém, nem sempre ocorre a aceitação dessa nova visão. A dificuldade em aceitar as mudanças e a evolução dos mercados prende as organizações na forma de gestão considerada hoje obsoleta. O gestor deve possui a visão da evolução, da mudança. O que hoje é sucesso, amanhã poderá ser fracasso.
  23. 26. Quando a empresa evolui até esse patamar, com a sua operação voltada ao cliente e reconhecendo que sua sobrevivência depende dele, verifica-se que as atividades estarão relacionadas a um constante problema de comunicação social, traduzidas na expressão relações públicas. Isto porque vem sendo cada vez mais posto em evidência o comportamento social do consumidor e suas relações com a compra de mercadorias e serviços, nos quais refletem estilos de vida, representando um componente dinâmico de um comportamento (Estilo de vida).
  24. 27. Introdução Schumpeter Relações entre Indústrias Linha de Montagem Conclusão Theodore Levitt
  25. 28. Produção voltada para uma minoria rica.
  26. 29. A Indústria precisa de Mercado Consumidor.
  27. 32. Viva o mercado de massa!!!!!!!
  28. 33. Introdução Schumpeter Relações entre Indústrias Linha de Montagem Conclusão Theodore Levitt

×