Pesquisa de Dissertação de Mestrado

1,527 views

Published on

Posicionamento Estratégico das redes de supermercados locais: Um estudo na cidade de Santos

Autor Ricardo Pastore, Prof. Msc. Coordenador do Núcleo de Estudos do Varejo da ESPM

Published in: Business, Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,527
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
46
Actions
Shares
0
Downloads
32
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Pesquisa de Dissertação de Mestrado

  1. 1. Pesquisa de dissertação de mestrado Autor: Ricardo Pastore Universidade Católica de Santos NOV/2008 13/11/2008 Autor: Ricardo Pastore, Prof. Msc. Coord. do Núcleo de Estudos do Varejo da ESPM 1
  2. 2. Conjuntura: aumento da concorrência dos grandes grupos em direção aos pequenos Hipótese: Identificação de possíveis armas para pequenos varejistas enfrentarem concorrentes de maior porte Importância deste estudo: Demonstrar que é possível concorrer 13/11/2008 Autor: Ricardo Pastore, Prof. Msc. Coord. do Núcleo de Estudos do Varejo da ESPM 2
  3. 3. Como os supermercadistas locais da cidade de Santos posicionam as suas lojas estrategicamente diante de concorrentes de maior porte, segundo a ótica de seus gestores? 13/11/2008 Autor: Ricardo Pastore, Prof. Msc. Coord. do Núcleo de Estudos do Varejo da ESPM 3
  4. 4. GERAL ESPECÍFICOS 1. Observar a capacidade Estudar os fatores de dos varejistas locais em sucesso do posicionamento criar diferenciais estratégico dos competitivos diante de supermercadistas de concorrentes globais; pequeno porte diante de 2. Evidenciar eficiência de seus concorrentes globais outros fatores não na cidade de Santos. relacionados ao preço para conquista e fidelização de clientes. 13/11/2008 Autor: Ricardo Pastore, Prof. Msc. Coord. do Núcleo de Estudos do Varejo da ESPM 4
  5. 5. Estratég ia e co mp etitiv id ad e:An álise estru tu ral d as in d ú strias; as três Gestores do estratég ias g en éricas; meio Supermercados 01: termo ; risco s. Figura 2 – Modelo lógico de estudo. Fonte: Adaptado de Yin (2005, p. 156). •Entrevista Lo calização : atrib u to s a serem •Relatório co n sid erad o s: área d e in flu ên cia, Posicionamento taman h o d a lo ja, so rtimen to d e estratégico segundo os mercad o rias, d en sid ad e p o p u lacio n al, co mp o rtamento do seus gestores. co n su mid o r, p o sicio n amen to Posicionamento estratég ico , p o ten cial d a área, estratégico das Gestores do I.S.V., av aliação d e p o n to s. redes de Supermercado 02: supermercados •Entrevista locais na cidade In o v ação : mo tiv o s p ara in o v ar, de Santos. etap as d o p ro cesso d e in o v açõ es , •Relatório •Localização sistema d e in o v açõ es, g estão d as Conclusões: •Inovação in o v açõ es, GC co mo ferramen ta d e in o v ação , mo d elo s Diferenciais •Atendimento competitivos in o v ad o res, San to s co mo amb ien te d e in o v açõ es. Temas para futur os Gestores do estudos. Supermercado 03: Qu alid ad e n o aten d imen to : p rin cip ais fato res, p rin cip ais •Entrevista d ificu ld ad es (g a p s), av aliação . •Relatório FUN DAMENTAÇÃO PESQUISA DE ANÁLISE DE TEÓRICA CAMPO RESULTADOS 13/11/2008 Autor: Ricardo Pastore, Prof. Msc. Coord. do Núcleo de Estudos do Varejo da ESPM 5
  6. 6. Entrantes Ameaça de novos entrantes • Redes globais: atuais e outras, ex.: W-Mart VANTAGEM COMPETITIVA potenciais • Novos empreendedores locais CUSTO MAIS DIFERENCIAÇÃO BAIXO Poder de negociação Poder de negociação Concorrentes • crescimento da baixa renda • Compras em conjunto –Rede Litoral na Indústria • maior poder de compra pela 3ª. Idade Alvo amplo Rivalidade entre 1. LIDERANÇA Escopo competitivo Toda indústria 2. DIFERENCIAÇÃO Fornecedores DE CUSTOS empresas Compradores supermercadista existentes Ameaça de produtos e serviços substitutos. Alvo estreito 3. A) ENFOQUE 3. B) ENFOQUE NA Substitutos • Expansão de outros formatos Um segmento NO CUSTO DIFERENCIAÇÃO Forças que dirigem a concorrência na indústria. Fonte: Porter Três estratégias competitivas genéricas .Fonte: Adaptado de (1986, p. 22) Porter (1986, p. 38). 13/11/2008 Autor: Ricardo Pastore, Prof. Msc. Coord. do Núcleo de Estudos do Varejo da ESPM 6
  7. 7. Localização de Qualidade do lojas tipo atendimento em Competência Credibilidade Cortesia supermercados Aparência supermercados Formato varejista Distância da residência Facilidade de acesso Tamanho da loja Estacionamento Utilização do transporte coletivo Serviços Inovadores Produtos Inovadores Inovação em supermercados 13/11/2008 Autor: Ricardo Pastore, Prof. Msc. Coord. do Núcleo de Estudos do Varejo da ESPM 7
  8. 8. Pesquisa de natureza aplicada: Visa gerar conhecimentos para aplicação prática Abordagem qualitativa: Considerou-se o vínculo do problema central com a subjetividade, não podendo ser traduzido em números Objetivo exploratório: Estudo aprofundado em literatura atual existente Entrevistas em profundidade junto a três gestores 13/11/2008 Autor: Ricardo Pastore, Prof. Msc. Coord. do Núcleo de Estudos do Varejo da ESPM 8
  9. 9. Conforme Yin (2005, p.68), “o mesmo estudo pode conter mais de um caso único. Quando isso ocorrer, o estudo utilizou um projeto de casos múltiplos (...)”. Sugere o desejo de se compreender fenômenos sociais complexos e contemporâneos, Este método de pesquisa permite uma profunda investigação preservando as características dos eventos da vida real, especialmente quando os limites entre o fenômeno a ser estudado e o contexto não são claramente definidos. 13/11/2008 Autor: Ricardo Pastore, Prof. Msc. Coord. do Núcleo de Estudos do Varejo da ESPM 9
  10. 10. LOCAIS (AMOSTRA – 6 LOJAS) GLOBAIS (21 LOJAS) PÃO DE AÇÚCAR: 4 lojas EXTRA: 1 loja Sup. BARROS: 2 lojas COMPREBEM: 8 lojas Sup. BOLSHOI: 1 loja ASSAI: 1 loja Sup. VARANDAS: 3 lojas CARREFOUR: 2 lojas DIA%: 4 lojas ATACADÃO: 1 loja 13/11/2008 Autor: Ricardo Pastore, Prof. Msc. Coord. do Núcleo de Estudos do Varejo da ESPM 10
  11. 11. 13/11/2008 Autor: Ricardo Pastore, Prof. Msc. Coord. do Núcleo de Estudos do Varejo da ESPM 11
  12. 12. 13/11/2008 Autor: Ricardo Pastore, Prof. Msc. Coord. do Núcleo de Estudos do Varejo da ESPM 12
  13. 13. Tabela 8: As cinco forças competitivas nos três supermercadistas locais pesquisados na cidade de Santos Características dos As 5 forças Efeitos supermercados Possíveis ações competitivas identificados locais pesquisados relacionamento Formação de gestores Expansão das redes Entrada empregado – % aos funcionários globais em Santos cliente - patrão Conselho de clientes Fonte: Adaptado de Porter (1986, p.23). Promoções Preço mais alto (x) Ações específicas Rivalidade diferenciadas não atendimento contra concorrentes entre os locais predatórias melhor globais Investir em novas Crescimento de Ações específicas Substitutos iniciativas. Ex: outros formatos Ex: rotisseria farmácias Venda de produtos e Compradores Aumento de renda Em crescimento serviços com maior (consumidores) nas classes C e D valor agregado Compras em Investir em ganhos Fornecedores Rede Litoral conjunto com logística 13/11/2008 Autor: Ricardo Pastore, Prof. Msc. Coord. do Núcleo de Estudos do Varejo da ESPM 13
  14. 14. POSICIONAMENTO DAS LOJAS PESQUISADAS CUSTO MAIS DIFERENCIAÇÃO BAIXO 1. LIDERANÇA DE 2. DIFERENCIAÇÃO Alvo amplo CUSTO Escopo competitivo • PÃO DE AÇÚCAR Toda indústria de • ATACADÃO • COOP super e hiper • ASSAI mercados na baixada • EXTRA santista 3. A) ENFOQUE 3. B) ENFOQUE NA Alvo estreito NO CUSTO DIFERENCIAÇÃO Segmento de • Sup. Barros • DIA% • Sup. Bolshoi supermercados locais • COMPREBEM • Sup. Varandas 13/11/2008 Autor: Ricardo Pastore, Prof. Msc. Coord. do Núcleo de Estudos do Varejo da ESPM 14
  15. 15. Atributos Conclusões Lojas localizadas próximas às residências Localização de seus clientes, cerca de dez minutos a pé Atendimento deve ser cordial, competente, personalizado, em uma Diferenciais Atendimento ambiente seguro, limpo, com boa estratégicos apresentação e agregado de serviços analisados direcionados à comunidade local Inovação Não foi confirmado na pesquisa Organizar-se em uma associação (Rede Organização em Litoral) a fim de obter vantagens rede competitivas e repassar aos seus clientes na forma de preço baixo e promoções 13/11/2008 Autor: Ricardo Pastore, Prof. Msc. Coord. do Núcleo de Estudos do Varejo da ESPM 15
  16. 16. 13/11/2008 Autor: Ricardo Pastore, Prof. Msc. Coord. do Núcleo de Estudos do Varejo da ESPM 16
  17. 17. PÃO DE AÇÚCAR: ASSAI: Av. Presidente Wilson 94/96 Av. N. Sra de Fátima, 50 Av. Bartolomeu de Gusmão, 45 CARREFOUR: Av. Conselheiro Nébias 568 R. Alexandre Martins, 80 Av. Epitácio Pessoa, 542 Av. Conselheiro Nébias, 802 EXTRA: ATACADÃO: Av. Ana Costa, 318 Av. N. Sra de Fátima, 298 COMPREBEM: DIA% Av. Pedro Lessa 1801 R. Dr. Carvalho de Mendonça, 268 Av. Sen. Pinheiro Machado, 143 R. Alexandre Herculano, 143 Av. Afonso Pena, 270 R. Senador Dantas, 513 R. Nagib Trabulsi, 106 Av. Saldanha da Gama, 132 Av. Cons. Nébias, 220 LOCAIS: Av. Pedro Lessa, 768 BARROS: Pça. José Oliveira Lopes, 86 Av. Bernardino de Campos, 379 BOLSHOI: Rua Carvalho de Mendonça Av. N. Sra. de Fátima, 804 301 VARANDAS: Av. Pinheiro Machado 643 13/11/2008 Autor: Ricardo Pastore, Prof. Msc. Coord. do Núcleo de Estudos do Varejo da ESPM 17
  18. 18. 3/12/2009 Prof. Ricardo Pastore 18
  19. 19. 3/12/2009 Prof. Ricardo Pastore 19
  20. 20. 3/12/2009 Prof. Ricardo Pastore 20
  21. 21. 3/12/2009 Prof. Ricardo Pastore 21
  22. 22. 3/12/2009 Prof. Ricardo Pastore 22
  23. 23. 3/12/2009 Prof. Ricardo Pastore 23
  24. 24. 3/12/2009 Prof. Ricardo Pastore 24
  25. 25. 3/12/2009 Prof. Ricardo Pastore 25
  26. 26. 3/12/2009 Prof. Ricardo Pastore 26
  27. 27. 1. CATEGORIA 1. PRODUTO 2. RESULTADO 2. PREÇO 3. PONTO DE 3. PONTO DE VENDA RELACIONAMENTO 4. PROMOÇÃO 4. COMUNICAÇÃO PERSONALIZADA 3/12/2009 Prof. Ricardo Pastore 27
  28. 28. 3/12/2009 Prof. Ricardo Pastore 28
  29. 29. Colaboração entre varejistas e fornecedores 3/12/2009 Prof. Ricardo Pastore 29
  30. 30. 13/11/2008 Autor: Ricardo Pastore, Prof. Msc. Coord. do Núcleo de Estudos do Varejo da ESPM 30

×