Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
PLANEJAMENTO DA ASSISTÊNCIA DE
ENFERMAGEM AO PACIENTE COM
SÍNDROME DE WOLFF-PARKINSON-
WHITE
Enfª R1 Mariana Barros
Pronto...
Objetivos
• Compreender a fisiopatologia, manifestações
clínicas e tratamento da Síndrome de WPW;
• Relatar o caso de um p...
Introdução
• 1930 -> Louis WOLFF, John PARKINSON e
Paul WHITE
• Incidência -> 2x mais em homens
• Idade = qualquer faixa e...
Fisiopatologia
2 vias
NAV
Feixe
de Kent
Alterações no ECG
O intervalo PR < 0,12s
Alterações no ECG
Complexo QRS alargado a
mais de 0,11 s
Aparecimento da onda delta
Arritmias Associadas
Taquicardia
Supraventricular
Paroxística
Fibrilação Atrial
Manifestações Clínicas
Palpitações
Desconforto
Torácico
Tonturas
Dispneia
Pré-síncope
Extremidades
Frias
Diagnóstico
• ECG: para análise do padrão elétrico do coração
• ECO: para descartar eventuais defeitos estruturais
cardíac...
Tratamento
• Medicações: amiodarona (Ancoron®), sotalol
(Sotocor®).
• Algumas medicações não podem ser utilizadas:
beta-bl...
Restrição
• Não podem exercer atividades físicas
competitivas (futebol, vôlei, basquete) nem
esportes radicais (mergulho, ...
COLETA DE DADOS
Estudo de Caso
 Coleta de dados: UTI Coronária I do Pronto-Socorro
Cardiológico de Pernambuco - PROCAPE .
 Período da co...
Anamnese
• D.S.N, 19 anos, sexo masculino, negro, estudante,
solteiro.
• História da Doença Atual: Foi admitido no
PROCAPE...
Anamnese
• Tinha história de dor torácica e dispneia quando
jogava bola ou corria, tendo que parar durante
os jogos e esco...
Exame Físico
• EGG, desperta ao chamado, não contactua, acianótico,
anictérico, mucosa ocular hipocorada (+/4+), afebril (...
Diagnóstico Final
• Síndrome de WPW
• BRD + BDPIE
• EAP
• ITR
Exames Laboratoriais
EXAMES RESULTADOS VALORES DE
REFERÊNCIA
Ht 50 40 a 54 %
Hb 18,1 12.8 a 17.8
Leuco 37.310 4.0 a 11.0 (...
Onda
Delta
intervalo
PR < 0,12s
QRS
alargado +
de 0,11 s
Prescrição Médica
• Noradrenalina (50ml/h)
• Ancoron (10ml/h)
• Tazocin 4,5mg
• Vancomicina
• Xarope de Kcl 6%
• SF 0,9%
Diagnósticos de Enfermagem
Diagnósticos de Enfermagem
Conclusão
• Estado atual do paciente
• O estudo de caso mostrou-se efetivo no
desenvolvimento do pensamento crítico e
proc...
Caso Clínico
Caso Clínico
OBRIGADA
Referências
• CARPENITO, L.J. Diagnóstico de enfermagem:
Aplicação a prática clínica; trad. Ana Thorell. Ged.
Porto Alegre...
Estudo de caso: Assistência de Enfermagem ao paciente com síndrome de wolff-Parkinson-White
Estudo de caso: Assistência de Enfermagem ao paciente com síndrome de wolff-Parkinson-White
Estudo de caso: Assistência de Enfermagem ao paciente com síndrome de wolff-Parkinson-White
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Estudo de caso: Assistência de Enfermagem ao paciente com síndrome de wolff-Parkinson-White

5,490 views

Published on

Assistência de Enfermagem ao paciente com síndrome de wolff-Parkinson-White

Published in: Health & Medicine
  • Be the first to comment

Estudo de caso: Assistência de Enfermagem ao paciente com síndrome de wolff-Parkinson-White

  1. 1. PLANEJAMENTO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO PACIENTE COM SÍNDROME DE WOLFF-PARKINSON- WHITE Enfª R1 Mariana Barros Pronto Socorro Cardiológico de Pernambuco Profº Luiz Tavares Programa de Especialização em Cardiologia Modalidade Residência Julho, 2014
  2. 2. Objetivos • Compreender a fisiopatologia, manifestações clínicas e tratamento da Síndrome de WPW; • Relatar o caso de um paciente com a Síndrome de WPW; • Correlacionar a evolução clínica do caso apresentado com os achados da literatura; • Elaborar um plano de cuidados de enfermagem.
  3. 3. Introdução • 1930 -> Louis WOLFF, John PARKINSON e Paul WHITE • Incidência -> 2x mais em homens • Idade = qualquer faixa etária • Incidência: a cada 2 pessoas em 1000 • Pode estar associada a alguma cardiopatia prévia em 30%dos casos (doença de Ebstein, CIA, Tetralogia de Fallot)
  4. 4. Fisiopatologia 2 vias NAV Feixe de Kent
  5. 5. Alterações no ECG O intervalo PR < 0,12s
  6. 6. Alterações no ECG Complexo QRS alargado a mais de 0,11 s Aparecimento da onda delta
  7. 7. Arritmias Associadas Taquicardia Supraventricular Paroxística Fibrilação Atrial
  8. 8. Manifestações Clínicas Palpitações Desconforto Torácico Tonturas Dispneia Pré-síncope Extremidades Frias
  9. 9. Diagnóstico • ECG: para análise do padrão elétrico do coração • ECO: para descartar eventuais defeitos estruturais cardíacos associados e pode visualizar o caminho acessório • Holter de 24 horas • Teste ergométrico • Estudo eletrofisiológico
  10. 10. Tratamento • Medicações: amiodarona (Ancoron®), sotalol (Sotocor®). • Algumas medicações não podem ser utilizadas: beta-bloqueadores (propranolol, metoprolol) ou bloqueadores do canal de cálcio (verapamil, diltiazem). • Ablação: é um método de tratamento que utiliza cateteres para cauterizar, com energia de radiofreqüência, a via elétrica extra. É o método de tratamento de escolha para esses pacientes.
  11. 11. Restrição • Não podem exercer atividades físicas competitivas (futebol, vôlei, basquete) nem esportes radicais (mergulho, escalada, asa- delta). • Esses pacientes também não podem exercer profissões de risco (piloto, motorista, operador de máquinas pesadas). • Após ablação não há qualquer restrição para atividade física e qualquer profissão poderá ser exercida.
  12. 12. COLETA DE DADOS
  13. 13. Estudo de Caso  Coleta de dados: UTI Coronária I do Pronto-Socorro Cardiológico de Pernambuco - PROCAPE .  Período da coleta: junho de 2014  Procedimentos:  Anamnese  Exame físico  Prontuário clínico  Pesquisa literária
  14. 14. Anamnese • D.S.N, 19 anos, sexo masculino, negro, estudante, solteiro. • História da Doença Atual: Foi admitido no PROCAPE dia 27/05/2014 em PCR por FV com história de perda súbita da consciência há +/- 15 minutos antes da sua chegada ao hospital, foi reanimado por +/- 10 minutos. Pcte evoluiu com 2 novos episódios de PCR por FV durante 5 min e 10 min respectivamente, submetido à manobra de RCP + cardioversão, apresentando retorno de ritmo com BRD em escópio. E novo episódio de PCR por AESP.
  15. 15. Anamnese • Tinha história de dor torácica e dispneia quando jogava bola ou corria, tendo que parar durante os jogos e escondeu essa informação dos pais. Nasceu prematuro e genitora referiu que o mesmo tinha muitos episódios de cansaço quando criança, sem diagnóstico definido
  16. 16. Exame Físico • EGG, desperta ao chamado, não contactua, acianótico, anictérico, mucosa ocular hipocorada (+/4+), afebril (T= 36,5º), higienizado, hidratado, hipersecretivo, pouco adaptado ao VM, AVC em VSCD viabilizando DVA + ATB, dieta 0. • AR: MV+ em AHT com RA (roncos). • ACV: RCR em 2T, BNF, sem sopro, normocárdico (FC = 80 a 100 mmHg), normotenso (PA = 128 X 81 mmHg), pulsos de boa amplitude e simétricos em MMSS. • ABD: plano, depressível e indolor à palpação profunda, RHA (+), não identifico VMG. • AGU: diurese + por SVD, com coloração fisiológica.
  17. 17. Diagnóstico Final • Síndrome de WPW • BRD + BDPIE • EAP • ITR
  18. 18. Exames Laboratoriais EXAMES RESULTADOS VALORES DE REFERÊNCIA Ht 50 40 a 54 % Hb 18,1 12.8 a 17.8 Leuco 37.310 4.0 a 11.0 (103 /uL) Plaq 399.000 150.0oo a 450.000 uL Ur 28 0.0 – 50 Cr 1,21 0,50 – 1,2 K+ 3,69 3,50 – 5,1 Cl- 99 98 – 107 Na+ 136,6 136 – 145 mmol/L INR 2,19 </= 1,2
  19. 19. Onda Delta intervalo PR < 0,12s QRS alargado + de 0,11 s
  20. 20. Prescrição Médica • Noradrenalina (50ml/h) • Ancoron (10ml/h) • Tazocin 4,5mg • Vancomicina • Xarope de Kcl 6% • SF 0,9%
  21. 21. Diagnósticos de Enfermagem
  22. 22. Diagnósticos de Enfermagem
  23. 23. Conclusão • Estado atual do paciente • O estudo de caso mostrou-se efetivo no desenvolvimento do pensamento crítico e processo de enfermagem. Assim, fornecendo subsídio para iniciar a Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE), o diagnóstico, bem como a execução das práticas.
  24. 24. Caso Clínico
  25. 25. Caso Clínico
  26. 26. OBRIGADA
  27. 27. Referências • CARPENITO, L.J. Diagnóstico de enfermagem: Aplicação a prática clínica; trad. Ana Thorell. Ged. Porto Alegre, Artes Médicas, 2012. • MALCOLM, T. S. ECG Essencial: eletrocardiograma na prática diária. 7 ed. – Porto Alegre: Artmed, 2013. • OLIVEIRA, M.A.D.; REIS, A.H. Síndrome de Wolff- Parkinson-White. 2012. 41f. Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina – Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar. Universidade do Porto, 2012. • SMELTZER, S. C.; BARE, B. G. Brunner & Suddarth, tratado de enfermagem médico-cirúrgica. 10º ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2005.

×