O tango
Tango é um diálogo novo
Originariamente, o tango nasce no final do século XIX de uma mistura de vários ritmos provenientes dos subúrbios de Buenos...
Mas o tango como dança não se limitou às zonas baixas ou a seus ambientes próximos. Estendeu-se também aos bairros proletá...
A melodia provinha de flauta, violino e violão, sendo que a flauta foi posteriormente substituída pelo "bandoneón&quo...
Carlos Gardel foi o inventor do tango-canção. Falecido em 1935 aos 45 anos de um acidente aéreo, ele foi o grande divulgad...
Hoje em dia o tango vive, não como o fenômeno de massas que o engendrou, mas sem nenhuma dúvida como elemento identificató...
Não há como falar do tango, sem mencionar a performance de  Al Pacino e Gabrielle Anwar , no filme “Perfume de Mulher”. Ne...
Se gostou, não deixe de assistir “Perfume de Mulher” e de ir a uma casa de tango em Buenos Aires. Procure conhecer a vida ...
Texto e apresentação por Renato Cardoso Apresentação
www.vivendobauru.com.br Visite o nosso site
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

O Tango

7,785 views

Published on

Homenagem ao tango. Precisa mais?

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
7,785
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
44
Actions
Shares
0
Downloads
316
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

O Tango

  1. 1. O tango
  2. 2. Tango é um diálogo novo
  3. 3. Originariamente, o tango nasce no final do século XIX de uma mistura de vários ritmos provenientes dos subúrbios de Buenos Aires. Esteve associado desde o princípio com bordéis e cabarés, âmbito de contenção da população imigrante massivamente masculina. Devido a que só as prostitutas aceitariam esse baile, em seus começos era comum que o tango fosse dançado por um casal de homens. Onde tudo começou
  4. 4. Mas o tango como dança não se limitou às zonas baixas ou a seus ambientes próximos. Estendeu-se também aos bairros proletários e passou a ser aceito "nas melhores famílias", principalmente depois que a dança teve sucesso na Europa. Sua expansão
  5. 5. A melodia provinha de flauta, violino e violão, sendo que a flauta foi posteriormente substituída pelo "bandoneón" (espécie de sanfona). Os imigrantes acrescentaram ainda todo o seu ar nostálgico e melancólico e desse modo o tango foi se desenvolvendo e adquirindo um sabor único. Tango: flauta, violino e violão... A princípio
  6. 6. Carlos Gardel foi o inventor do tango-canção. Falecido em 1935 aos 45 anos de um acidente aéreo, ele foi o grande divulgador do tango no exterior. Nos anos 60, porém, o gênero foi ignorado fora da Argentina. Ressurgiu renovado por Astor Piazzolla, quem lhe deu uma nova perspectiva, rompendo com os esquemas do tango clássico. Gardel e o tango-canção
  7. 7. Hoje em dia o tango vive, não como o fenômeno de massas que o engendrou, mas sem nenhuma dúvida como elemento identificatório da alma portenha e em permanentes evocações espalhadas por todo Buenos Aires. Tango identifica Buenos Aires
  8. 8. Não há como falar do tango, sem mencionar a performance de Al Pacino e Gabrielle Anwar , no filme “Perfume de Mulher”. Nele, “Pacino” faz o papel de um general reformado cego e que ousa uns passos com a jovem, que até então esperara seu namorado. Dançando ao som de “Por uma cabeça”, os dois mostraram os vários momentos do tango, momentos que fazem do ritmo algo mágico, algo inesquecível. O Tango em um de seus momentos mais emocionantes
  9. 9. Se gostou, não deixe de assistir “Perfume de Mulher” e de ir a uma casa de tango em Buenos Aires. Procure conhecer a vida de Carlos Gardel. Tendo uma oportunidade, Vá a uma casa de tango
  10. 10. Texto e apresentação por Renato Cardoso Apresentação
  11. 11. www.vivendobauru.com.br Visite o nosso site

×