Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Estado de Minas, caderno Bem Viver: Nutracêuticos (parte 1)

1,168 views

Published on

Entrevista falando sobre nutracêuticos e como eles podem fazer bem à sua saúde

Published in: Health & Medicine
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Estado de Minas, caderno Bem Viver: Nutracêuticos (parte 1)

  1. 1. BEMVIVER Umidade e calor contribuem para a proliferação de bactérias nos pés. Quando expostos, podem sofrer com os problemas típicos desta época, como ressecamento e aparecimento de bolhas. CUIDADO COM ELES NO VERÃO PÁGINA 3 ESTADODEMINAS● D O M I N G O, 1 7 D E JA N E I R O D E 2 0 1 6 ● E D I T O R A : Te r e s a C a r a m ● E - M A I L : b e m v i v e r. e m @ u a i . c o m . b r ● T E L E F O N E : ( 3 1 ) 3 2 6 3 - 5 7 8 4 W h a t s A p p : ( 3 1 ) 9 8 8 1 4 - 5 4 3 6 CAROLINA COTTA N em um, nem outro, mas um pouco dos dois. Esse é o conceito de dois produtos que ganham cada vez mais atenção dos brasileiros: os nutracêu- ticos, alimentos ou parte de alimen- tos com benefícios médicos, tanto na prevenção quanto no tratamento; e os nutricosméticos, fór- mulas e suplementos orais em forma de cápsu- las, gomas, chocolates e pastilhas, para promover benefícios na aparência física. De objetivos distin- tos, mas de ideias semelhantes, ambos conquis- taram adeptos pela agilidade nos cuidados da saúde e da beleza. Mas especialistas alertam: ape- sar dos benefícios comprovados, há casos especí- ficos para a indicação e trocar uma dieta equili- brada pelas facilidades das cápsulas não é a esco- lha mais acertada. Para Gabriel Gontijo, presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia e professor da Facul- dade de Medicina da Universidade Federal de Mi- nas Gerais (UFMG), os nutricosméticos, por exemplo, são uma opção quando não se tem uma dieta rica em vitaminas. “Feitos de substâncias antioxidantes, que previnem o envelhecimento, eles não adiantam se não se tem a deficiência, ca- so em que vale a pena fazer uma complemen- tação. Se a pessoa tem uma boa alimentação, com alimentos ricos em flavonoides, polifenóis, vita- mina C e carotenoides, encontrados, por exem- plo, em alimentos amarelados como cenoura, mamão e também no brócolis, não há necessida- de de tomar nada”, defende. O médico acredita que o modismo possa ser ar- riscado se as pessoas passarem a priorizar as cáp- sulas aos alimentos. Um estudo inglês recente comparou pessoas que consumiram vitaminas em cápsulas com aquelas que tiveram acesso a elas pela alimentação. “As que focaram a alimen- tação tiveram melhores efeitos. As cápsulas não substituem o alimento”, esclarece. Segundo a nu- tricionista Renata Rodrigues, do Instituto Minei- ro de Endocrinologia, a absorção dos nutrientes na alimentação é muito maior quando comparada às cápsulas. “A comida é sempre a primeira escolha”, defende a especialista, segundo a qual os nutra- cêuticos são receitados há muito tempo, embora só mais recentemente as pessoas tenham com- preendido seus reais benefícios para a saúde. MODISMO Os nutracêuticos representam o seg- mento que mais cresce na indústria de alimentos em todo o mundo, sendo, também, ramo impor- tante da indústria farmacêutica. O uso desses compostos de forma consciente e segura traz be- nefícios à população. Mas, segundo Laís Bhering Martins, mestre e doutoranda em ciências de ali- mentos pela UFMG, muitos componentes isola- dos de alimentos são vendidos sem necessidade de prescrição e consumidos pela população sem acompanhamento de profissional capacitado, po- dendo, assim, exercer efeitos maléficos. Para que não se torne modismo, é importante que a popu- lação e os profissionais de saúde tenham senso crítico ao consumir ou indicar esses produtos. LEIA MAIS SOBRE USO DE CÁPSULAS PARA A SAÚDE E A BELEZA PÁGINA 2 O SEGREDO DAS CÁPSULAS Especialistas alertam para a real necessidade dos nutracêuticos, componentes alimentares que beneficiam a saúde, e nutricosméticos, fórmulas para a beleza administradas oralmente ESTRATÉGIAS TERAPÉUTICAS Nutracêutico, junção das palavras “nutrição”e “farmacêutica”, foi um termo criado em 1989 para designar uma variedade de componentes da dieta, que inclui alimentos funcionais, nutrientes isolado e alimentos processados ou geneticamente modificados. As classes mais disseminadas são as fibras dietéticas, ácidos graxos poli-insaturados (ômega-3), minerais e outros componentes alimentares antioxidantes (glutationa, selênio, vitamina C, vitamina E). Há séculos, componentes presentes em alimentos e produtos naturais são usados popularmente no tratamento de doenças e sintomas, mas, com o auxílio da tecnologia, eles puderam ser isolados e empregados em diversas condições. O estudo e desenvolvimento de nutracêuticos tem como objetivo promover novas estratégias terapêuticas que complementam a ação dos medicamentos convencionais. D2COMUNICAÇÃO/DIVULGAÇÃO VALF

×