Marketing ético, viral, buzz

1,682 views

Published on

Apresenta discussão sobre a ética do Marketing atual e a utilização das redes sociais como disseminador de mensagens persuasivas.

Published in: Education
  • Be the first to comment

Marketing ético, viral, buzz

  1. 1. Marketing Viral, Buzz ou o que? O Poder das redes sociais
  2. 2. Marketing Viral e Buzz Mkt. O Viral ou Buzz Marketing é um tipo especifico de Campanha de Marketing que busca a disseminação de Propaganda (da mensagem) de uma marca, produto ou serviço através de diferentes cadeias de consumidores, principalmente no “boca a boca” (buzz) ou nas mídias sociais (viral).
  3. 3. Festa anunciada em rede socialatrai multidão na Vila Mariana
  4. 4. Redes sociais Era para ser uma pequena "house party" e acabou commais de 400 adolescentes na portaria de um edifício em SP emobilizou três carros da Polícia Militar. O grupo foi barrado na portaria depois que afesta, divulgada pelo Facebook, excedeu 60pessoas, permitidas na churrasqueira e outros espaços da áreade lazer. Assustados com a quantidade de jovens que ocupavaparte da quadra, vizinhos chamaram a polícia com medo deque eles invadissem o prédio. Parte dos jovens alega que queria receber o dinheiro doingresso de volta. A festa, "open bar", custava R$ 20 paraquem colocava o nome na lista, R$ 25 para quem pagava nahora e R$ 40 em uma "área VIP".
  5. 5. Após a chegada da PM os jovens começaram a se dispersar.Segundo a síndica, a festa teria sido autorizada, mas o condomínionão sabia que, no Facebook, a festa já tinha cerca de 600 pessoasconfirmadas. Duas horas depois, alguns jovens ainda apareciam na porta.A maioria não conhecia os organizadores da festa. Moradores e vizinhos disseram que o acesso à rua ficouprejudicado. Após o tumulto, a festa da multidão virou comentárioentre os moradores. "Parecia saída da prova do Enem", brincou umdos moradores.
  6. 6. Casos Devassa e Hope
  7. 7. Caso Paris Hilton e Devassa
  8. 8. A Schincariol lançou no Carnaval de 2010 nova versão da cervejaDevassa: a Devassa Bem Loura. O objetivo era ampliar os 11,6% quea Cervejaria tem no mercado, com as marcas NovaSchin, Devassa, Glacial e Primus.Para estrelar a campanha da Devassa Bem Loura, foi escolhida asocialite global Paris Hilton, herdeira da cadeia de hotéis Hilton.No intervalo do Jornal Nacional a campanha foi lançadanacionalmente, com um VT estrelado por Paris Hilton.
  9. 9. A Ministra Iriny Lopes, Secretária de Políticas para asMulheres, não gostou das pernas de Paris Hilton no comercial dacerveja Devassa. Pediu ao Conar, (Conselho Nacional deAutorregulamentação Publicitária) e o comercial foi tirado do ar. A Schincariol, dona da marca Devassa, agradeceu: nuncavendeu tanta cerveja na vida. E o comercial virou hit no Youtube.
  10. 10. Caso Gisele Bündchen e Hope
  11. 11. Depois a Ministra não gostou do argumento daCampanha, do jeito e do corpo de Gisele Bündchen só decalcinha e sutiã (bem maiores do que biquínis que se vê emqualquer praia brasileira) em um comercial da Hope, quefabrica lingerie. Embora o comercial tenha sido tirado do ar peloConar, já está sendo exibido novamente e a Hope agradece.Os pedidos de franquia mais que dobraram.
  12. 12. ATIVIDADE PARA O MOODLE A linguagem publicitária é persuasiva e sempre recorre aestereótipos. Como qualquer outra Campanha Publicitária dessemundo, explícita ou implicitamente, se utiliza de um clichêqualquer, como o machismo, humor, medo, sexo, animais ecrianças. A estratégia, já no Planejamento da Campanha, é criaralgo que irá dar margem para discussão, algo polêmico (aschamadas controvérsias em RP) e transformar em Viral ou Buzz. O material sempre vai “ao ar” na sexta-feira após as18h00, para ver veiculada massivamente no final de semanae, caso alguém reclame, o “estrago” já está feito. Já criou apolêmica e caiu na internet. Comente, separadamente, os dois casos relatados. Você concorda com as atitudes do governo? Ela vai paraalém de abusiva numa sociedade livre, revela burrice sobre osmecanismos persuasivos? Qual seria sua atitude, independentemente do seugênero, para com esse tipo de campanhas? Na sua opinião, é possível utilizar esse “recurso”publicitário em RP? De que maneira?

×