Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Integração Continua e Build de Testes Automatizados

543 views

Published on

Integração Continua e Build de Testes Automatizados

Published in: Software
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Integração Continua e Build de Testes Automatizados

  1. 1. Daniel Gustavo, Luís Fernando, Reinaldo Mateus. INTEGRAÇÃO CONTINUA E BUILD DE TESTES AUTOMATIZADOS.
  2. 2. As Metodologias Ágeis tem o objetivo de fazer com que o desenvolvimento de software seja rápido, com qualidade, visando sempre a melhoria contínua do processo, mas a também a necessidade de utilizar técnicas para que a metodologia tenha sucesso. INTRODUÇÃO
  3. 3. “Integração Contínua é uma prática de desenvolvimento de software onde os membros de um time integram seu trabalho freqüentemente. Cada integração é verificada por uma build automatizado (incluindo testes) para detectar erros de integração o mais rápido possível” Martin Fowler INTEGRAÇÃO CONTÍNUA
  4. 4. É uma prática de metodologia ágil diretamente ligada ao XP (eXtreme Programming). Integração Continua visa garantir que, qualquer alteração no código fonte seja rapidamente integrada e validada. INTEGRAÇÃO CONTÍNUA
  5. 5. CONTROLE DE VERSÃO INTEGRAÇÃO CONTÍNUA
  6. 6. FERRAMENTAS PARA INTEGRAÇÃO CONTÍNUA
  7. 7. Cycle times, resources are under pressure Do more with less, faster PROBLEMÁTICA
  8. 8. VÍDEO – O QUE ISSO PODE CAUSAR! LER- Doenca causada por movimentos repetitivos.mp4
  9. 9. BUILD DE TESTES AUTOMATIZADO Passado! Hoje!
  10. 10. Precisávamos de uma solução de teste automatizado para gerenciar constante mudança.  Versões constante. Faster time to market - o software tornou-se uma arma competitiva. Reduzir custo de Falhas – Aumentar a cobertura de Testes. BUILD DE TESTES AUTOMATIZADO
  11. 11. BUILD DE TESTES AUTOMATIZADO
  12. 12. VANTAGENS Motivation for test automation. (From “Why Automate,” Linda Hayes, Worksoft, Inc. white paper, 2002, LINK )
  13. 13. VANTAGENS
  14. 14. Seguem os principais desafios:  Entender a necessidade de porque automatizar.  Recursos humanos e financeiros.  Definição de escopo e a quebra em entregas.  Definição do prazo para a implantação.  Escolha da ferramenta (Paga ou gratuita).  Escolha da linguagem.  Treinamentos na ferramenta e na linguagem escolhidas.  Alteração do fluxo de desenvolvimento.  Definição da estrutura de scripts. DESAFIOS PARA IMPLANTAÇÃO
  15. 15. O Manifesto contém muitos bons conselhos para lembrar como você deverá criar seus testes automatizados.  Conciso  Alto verificação  Repetitivo  Robusto  Suficiente  Necessário  Limpo  Eficiente  Específico  Independente  Sustentável  Rastreável MANIFESTO TESTES AUTOMATIZADOS
  16. 16. MUDANÇA CULTURAL
  17. 17. PLANO ESTRATÉGICO
  18. 18. Exemplo Prático – Clique no Link para ter acesso. Exemplo Prático - Usando Jenkins + Python + Robot Framework
  19. 19. PERGUNTAS?

×