CICLO CELULAR EDIVISÃO CELULAR
CICLO CELULAR
ETAPASINTÉ RFASE + DIVISÃO      CELULAR
DURAÇÃO MÉ DIA DO      CICLO CELULAR    G1    (antes da síntese de DNA)   - 9 a 11 horas-   Síntese de RNA-   Crescimento ...
NEURÔNIOS E HEMÁCIAS          Não se dividem    Permanecem paradas durante G1 em uma fase conhecida como G0        CÉLULAS...
FASES DA INTÉRFASE     FASE G1   Intensa síntese de RNA e proteínas   Aumento do citoplasma   Pode durar horas, meses o...
MITOSE
FASES DA MITOSE         Pró fase         Metá fase          Anáfase         Teló fase(PROMETI A ANA TELEFONAR)
PRÓFASE
- Fase mais longa;
- Cromossomos começam a se condensar;- Centríolo duplica-se.
- Formação do fuso acromático e ásteres
METÁFASE
ANÁFASE
TELÓFASE
CITOCINESE      ouPLASMODIERESE
- Citocinese é a divisão do citoplasma no final da mitose; é centrípeta.
OBSERVAÇÕES
PRÓFASEFASE MAIS LONGA DA MITOSE
ANÁFASEFASE MAIS CURTA DA MITOSE
METÁFASEFASE DE MELHOR VISUALIZAÇÃO CROMOSSÔMICA
TIPOS DE FIBRAS NO FUSO         CONTÍNUAS    De centríolo a centríolo,      CROMOSSÔMICAS   De centríolo a centrômero.
OBSERVAÇÕES
Sem centríolo
MEIOSE
MEIOSE I
PRÓFASE I subdivisões:  leptóteno   zigóteno  paquíteno  diplóteno  diacineseLEZIPADIDI
Leptó teno-Cromossomos visíveis como delgado fios;-Começa a condensação;-Emaranhado de cromossomos;-Cromátides irmãs alinh...
Zigó teno                 (SINAPSE)-Combinação dos cromossomos homólogos;-Sinapse bem distinta.
Paquíteno     (CROSSING-OVER)-Cromossomos tornam-se espiralados;      -Pareamento completo; -“Crossing-over → troca!”
Dipló teno                           (QUIASMAS)-Afastamento dos cromossomos homólogos – constituindo bivalentes;-Dois crom...
Diacinese  (TERMINALIZAÇÃO)-Condensação máxima dos cromossomos; Condensação – Duas moléculas formam uma
METÁFASE I-Desaparecimento da membrana nuclear;-Formação do fuso;-Cromossomos alinhados;
ANÁFASE I-Separação dos cromossomos;-Cromátides irmãs puxadas para os pólos;
TELÓFASE I- Os dois conjuntos haplóides de cromossomos se agrupam nos pólos opostos da célula.
MEIOSE IIInício nas células resultantes da telófase I,        sem que ocorra a Intérfase
PRÓFASE IIA partir da telófase I, depois da formação do fuso e desaparecimento da              membrana, as células entram...
METÁFASE IIOs 23 cromossomos subdivididos em duas cromátides unidas por um               centrômero prendem-se ao fuso.
ANÁFASE IIApós a divisão dos centrômeros as cromátides de cada cromossomo                   migram para pólos opostos.
TELÓFASE IIForma-se uma membrana nuclear ao redor de cada conjunto de                     cromátides.
vitorbio.googlepages.com
Ciclocelularmitoseemeiose[1]
Ciclocelularmitoseemeiose[1]
Ciclocelularmitoseemeiose[1]
Ciclocelularmitoseemeiose[1]
Ciclocelularmitoseemeiose[1]
Ciclocelularmitoseemeiose[1]
Ciclocelularmitoseemeiose[1]
Ciclocelularmitoseemeiose[1]
Ciclocelularmitoseemeiose[1]
Ciclocelularmitoseemeiose[1]
Ciclocelularmitoseemeiose[1]
Ciclocelularmitoseemeiose[1]
Ciclocelularmitoseemeiose[1]
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Ciclocelularmitoseemeiose[1]

718 views

Published on

O conteúdo de mitose

Published in: Education
1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • Professor Robson Muito Obrigado eu Conseguir Entender tudo o que vc passou no Slider.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
718
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
15
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Ciclocelularmitoseemeiose[1]

  1. 1. CICLO CELULAR EDIVISÃO CELULAR
  2. 2. CICLO CELULAR
  3. 3. ETAPASINTÉ RFASE + DIVISÃO CELULAR
  4. 4. DURAÇÃO MÉ DIA DO CICLO CELULAR G1 (antes da síntese de DNA) - 9 a 11 horas- Síntese de RNA- Crescimento da célula S (durante a síntese de DNA) - 8 a 10 horas- Duplicação dos cromossomos G2 (depois da síntese de DNA) - 4 a 5 horas- Pouca síntese de DNA e proteínas MITOSE - 30 min a 1 hora Total: 24 horas
  5. 5. NEURÔNIOS E HEMÁCIAS Não se dividem Permanecem paradas durante G1 em uma fase conhecida como G0 CÉLULAS HEPÁTICASEntram em G2 e após um dano ao fígado voltam a G1 e continuam o ciclo celular
  6. 6. FASES DA INTÉRFASE FASE G1 Intensa síntese de RNA e proteínas Aumento do citoplasma Pode durar horas, meses ou ser permanente (neurônios) FASE S Duplicação do DNA Síntese proteica FASE G2 Pequena síntese de RNA e proteínas
  7. 7. MITOSE
  8. 8. FASES DA MITOSE Pró fase Metá fase Anáfase Teló fase(PROMETI A ANA TELEFONAR)
  9. 9. PRÓFASE
  10. 10. - Fase mais longa;
  11. 11. - Cromossomos começam a se condensar;- Centríolo duplica-se.
  12. 12. - Formação do fuso acromático e ásteres
  13. 13. METÁFASE
  14. 14. ANÁFASE
  15. 15. TELÓFASE
  16. 16. CITOCINESE ouPLASMODIERESE
  17. 17. - Citocinese é a divisão do citoplasma no final da mitose; é centrípeta.
  18. 18. OBSERVAÇÕES
  19. 19. PRÓFASEFASE MAIS LONGA DA MITOSE
  20. 20. ANÁFASEFASE MAIS CURTA DA MITOSE
  21. 21. METÁFASEFASE DE MELHOR VISUALIZAÇÃO CROMOSSÔMICA
  22. 22. TIPOS DE FIBRAS NO FUSO CONTÍNUAS De centríolo a centríolo, CROMOSSÔMICAS De centríolo a centrômero.
  23. 23. OBSERVAÇÕES
  24. 24. Sem centríolo
  25. 25. MEIOSE
  26. 26. MEIOSE I
  27. 27. PRÓFASE I subdivisões: leptóteno zigóteno paquíteno diplóteno diacineseLEZIPADIDI
  28. 28. Leptó teno-Cromossomos visíveis como delgado fios;-Começa a condensação;-Emaranhado de cromossomos;-Cromátides irmãs alinhadas;
  29. 29. Zigó teno (SINAPSE)-Combinação dos cromossomos homólogos;-Sinapse bem distinta.
  30. 30. Paquíteno (CROSSING-OVER)-Cromossomos tornam-se espiralados; -Pareamento completo; -“Crossing-over → troca!”
  31. 31. Dipló teno (QUIASMAS)-Afastamento dos cromossomos homólogos – constituindo bivalentes;-Dois cromossomos de cada bivalente mantêm-se unidos pelos quiasmas;-Quiasmas – regiões onde houveram troca
  32. 32. Diacinese (TERMINALIZAÇÃO)-Condensação máxima dos cromossomos; Condensação – Duas moléculas formam uma
  33. 33. METÁFASE I-Desaparecimento da membrana nuclear;-Formação do fuso;-Cromossomos alinhados;
  34. 34. ANÁFASE I-Separação dos cromossomos;-Cromátides irmãs puxadas para os pólos;
  35. 35. TELÓFASE I- Os dois conjuntos haplóides de cromossomos se agrupam nos pólos opostos da célula.
  36. 36. MEIOSE IIInício nas células resultantes da telófase I, sem que ocorra a Intérfase
  37. 37. PRÓFASE IIA partir da telófase I, depois da formação do fuso e desaparecimento da membrana, as células entram em metáfase II
  38. 38. METÁFASE IIOs 23 cromossomos subdivididos em duas cromátides unidas por um centrômero prendem-se ao fuso.
  39. 39. ANÁFASE IIApós a divisão dos centrômeros as cromátides de cada cromossomo migram para pólos opostos.
  40. 40. TELÓFASE IIForma-se uma membrana nuclear ao redor de cada conjunto de cromátides.
  41. 41. vitorbio.googlepages.com

×