Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
                    INSTITUTO DE MATEMÁTICA
              LANTE – Laboratório de Novas Tec...
Referências

MOTTA, C. E. M.. Novas Tecnologias no Ensino da Matemática-Informática no ensino da
matemática: repensando pr...
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?

1,635 views

Published on

Neste tutorial vamos verificar através da divisão de segmento de reta em partes iguais quantas vezes 2/3 de um segmento de reta cabem em 4/5 desse mesmo segmento.

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Quantas vezes dois terços cabem em quatro quintos?

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE MATEMÁTICA LANTE – Laboratório de Novas Tecnologias de Ensino Tutorial elaborado nos softwares Régua e Compasso(R.e.C.) 1 e Wink 2 para atender ao item 8.4 do TFC 1 Ver orientação para instalação e uso em MOTTA(2008) 2 Ver orientação para instalação e uso em MOTTA & MEDEIROS(2008)
  2. 2. Referências MOTTA, C. E. M.. Novas Tecnologias no Ensino da Matemática-Informática no ensino da matemática: repensando práticas. EdUFF, Niterói, 2008. MOTTA, C. E. M., MEDEIROS, Antonio. Novas Tecnologias no Ensino da Matemática- Informática no ensino da matemática II: Criando um Tutorial no Wink. EdUFF, Niterói, 2008. Sites consultados http://www.professores.uff.br/hjbortol/car/. Acesso em 22 de agosto de 2010 http://penta3.ufrgs.br/tutoriais/wink/. Acesso em 22 de agosto 2010

×