Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Gestão Esportiva

6,434 views

Published on

Published in: Sports, Technology, Travel
  • Be the first to comment

Gestão Esportiva

  1. 1. Gestão aplicada ao esporte Ricardo S Azevedo
  2. 2. Plano do curso Parte I: Gestão esportiva1) Introdução a administração;2) Performance humana;3) Modelo do negócio esportivo;4) Elementos do negócio esportivo.
  3. 3. Parte IGestão esportiva
  4. 4. O esporte possui um lugar especial na vida das pessoas. Você acredita nisso?
  5. 5. Premissas da gestão esportiva 1) Conhecer o modelo do negócio (o que fazemos e por que); 2) Criar métodos e estratégias para desenvolver o modelo do negócio (como, quando, onde e para quem); 3) Executar a estratégia concebida (liderança).
  6. 6. Modelo do negócio esportivoOrganizaçãoFederações EventoAssociações Arena Clubes Direitos de Mídia estática Patrocínio transmissão Naming rigths Licenciamento A&B Tickets Atletas TV Gestão de carreirasPatrocínio Patrocínio PPV
  7. 7. Elementos do negócio esportivo 1) Eventos: organização; 2) Mídia: televisão, rádio, internet; 3) Serviços: mercado em evolução (SMS, editoras, etc); 4) Licenciamento: registro de marca, licencia e controla; 5) Bens e equipamentos: patrocinar em troca do direito de produzir; 6) Atletas: agenciamento; 7) Patrocínio: ROI.
  8. 8. Gestão e gerenciamento Gestão é método: “Gerenciar com base em opiniões pode ser desastrosos” Gerenciar é resolver problemas:"Os fatores tradicionais de produção não mais garantem vantagem competitiva. Ao invés disto, o gerenciamento tornou-se o fator decisivo de produção".
  9. 9. Caos e ordem no processo de mudançaBiech e Burke (2001): a velocidade das coisas somadas a umambiente caótico e imprevisível geram uma mudança não-linear.Progresso do planejamento X Tempo
  10. 10. Premissa em gestão de mudançasMudar é ir direto no ponto fraco das organizações e das pessoas. Isto explica sua dificuldade. Anti-mudança se faz institucionalizando o status quo.
  11. 11. Definindo o caminho e acertando o passo1) Entendendo o contexto: evitar que o imediatismo atrapalhemudanças;2) Definindo o foco: compartilhar visão do estado futurodesejado;3) Idéia de conjunto: esforços isolados não darão resultado;4) Garantindo a sustentabilidade: projeto deve ter princípio, meioe fim.
  12. 12. A importância da ética Se a organização não segue padrões éticos em seusnegócios, não se espera que seus gestores ajam diferente.
  13. 13. Performance humanaPara gerar performance devemos:1) Melhorar as capacidades organizacionais (processos) - quantomelhor os processos, melhor a organização.OBS: Processo é o que garante o resultado das atividades queconvertem inputs específicos em outputs demandados. Dica: Fazer relatórios de uma página sobre todos os processos desenvolvidos na corporação.
  14. 14. Performance humana2) Aprender pessoalmente e coletivamente (transformar a empresanuma escola). O mercado quer pessoas excelentes no que sãobons.Ex: Oscar Niemeyer ("Adoro desenhar! Fazer cálculo é com os outros"). Mensagem: Explore seu lado bom. Escreva qual sua melhor competência e, depois, comece a dar chance para ela.

×