Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
REVOLUÇÃO FRANCESA:Santa Guilhotina, protetora dos patriotas, rogai por nós;Santa Guilhotina, terror dos aristocratas, pro...
- Instrumento de Justiça Revolucionária- 25 mil franceses perderam, literalmente, a cabeça nela- Libertação do povo- Santa...
Revolução FrancesaCaracterísticas da França às vésperas da Revolução:- Sociedade estamental:- Primeiro Estado: Alto Clero ...
- Privilégios do Primeiro e Segundo Estado- Contradições Econômicas: Burguesia X Economia Feudal.- Intervenção do Estado n...
O Problema- Ministros: Tirar os privilégios do 1º e 2º Estado?- Necker e a Assembléia dos Estados Nacionais: 1º, 2º e 3º E...
As Primeiras Medidas- Abolição dos direitos feudais- Extinção da servidão- Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão: ...
Convenção Nacional- Conflitos Externos: Prússia e Áustria – depois Inglaterra, Espanha, Holanda,Rússia e Sardenha- Girondi...
1%2%97%1º ESTADO: CLERO2º ESTADO: NOBREZA3º ESTADO: BURGUESIA +CAMPONESES + SANSCULOTES: obrigações e impostos.Terras,carg...
Luis XVI
Queda da Bastilha
CONSTITUIÇÃO DE 1791•Liberalismo econômico;•Separação entre Igreja e Estado;•Fim dos direitos feudais (indenização porpart...
DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOSDIREITOS DO HOMEM E DOCIDADÃO.• NO DIA 26, OCORREU UM PASSODECISIVO EM DIREÇÃO À CONQUISTADAS LIBE...
DECLARAÇÃO DOS DIREITOS DO HOMEM E DOCIDADÃOI - Os homens nascem e permanecem livrese iguais em direitos; as distinções so...
III - O princípio de toda a soberania resideessencialmente na razão; nenhum corpo,nenhum indivíduo pode exercer autoridade...
V - A lei não tem o direito de impedir senão asações nocivas à sociedade. Tudo o que não énegado pela lei não pode ser imp...
VII - Nenhum homem pode ser acusado,detido ou preso, senão em caso determinadopor lei, e segundo as formas por ela prescri...
IX - Todo homem é tido como inocente até omomento em que seja declarado culpado; se forjulgado indispensável para a segura...
XII - A garantia dos direitos do homem e docidadão necessita de uma força pública; essaforça é então instituída para vanta...
XIV - Os cidadãos têm o direito de constatar,por si mesmos ou por seus representantes, anecessidade da contribuição públic...
XVI - Toda a sociedade na qual a garantiados direitos não é assegurada, nem aseparação dos poderes determinada, nãotem con...
FASE DA CONVENÇÃO NACIONAL:RADICALISMO TERROR.• ATRAVÉS DO LIDER MAXIMILIENROBESPIERRE, FOI DOMINADO OPROCESSO REVOLUCIONÁ...
LUÍS XVI FOI PRESO E CONDENADOA MORTE EM 1793.
A REAÇÃO BURGUESA: OGOVERNO DO DIRETÓRIO• DIANTE DA AMEAÇA DE MUDANÇA PORPARTE DOS JACOBINOS, RESTAVA AOSGIRONDINOS RETOMA...
ROBESPIERRE• ROBESPIERRE FOI VÍTIMA TAMBÉMDA GUILHOTINA.
O GOVERNO DO DIRETÓRIO• FOI MARCADA PELA REPRESSÃO AOSMOVIMENTOS DE CARÁTER POPULAR.• A ALTA BURGUESIA FOI CONDUZINDO AFAS...
Revolucao francesa
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Revolucao francesa

626 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

Revolucao francesa

  1. 1. REVOLUÇÃO FRANCESA:Santa Guilhotina, protetora dos patriotas, rogai por nós;Santa Guilhotina, terror dos aristocratas, protegei-nos.Máquina adorável, tende piedade de nós.Máquina admirável, tende piedade de nós.Santa Guilhotina, livrai-nos dos nossos inimigosÓ celeste guilhotina,Você abrevia rainhas e reis,Por sua influência divinaReconquistamos nossos direitosSustenta as leis da pátriaE que teu soberbo instrumentoTorne-se sempre permanentePara destruir uma seita ímpiaEnriquece, enriquece tia bagagem com cabeças de tiranos
  2. 2. - Instrumento de Justiça Revolucionária- 25 mil franceses perderam, literalmente, a cabeça nela- Libertação do povo- Santa da Salvação e Libertação
  3. 3. Revolução FrancesaCaracterísticas da França às vésperas da Revolução:- Sociedade estamental:- Primeiro Estado: Alto Clero e Baixo Clero. 0,5% da População- Segundo Estado: Aristocracia – Nobreza: de sangue(nascimento) e de toga (burgueses que compravam títulos de nobreza).1,5% da População- Terceiro Estado: 98% da População.Alta Burguesia: Banqueiros, grandes comerciantes,manufatureiros etc.Pequena Burguesia: Profissionais liberais como médicos,advogados, jornalistas etc.Sans-Cullotes: Pequenos lojistas, artesãos, aprendizes,funcionários etc.Camponeses: Pessoas ligadas a terra – 80% da População
  4. 4. - Privilégios do Primeiro e Segundo Estado- Contradições Econômicas: Burguesia X Economia Feudal.- Intervenção do Estado na Economia: Falta de liberdade econômica- Déficit Público Crônico: governo gasta mais do que ganha- Guerra dos Sete Anos (França x Inglaterra)- Independência dos EUA.- Crise Agrícola- Excessiva carga tributária sobre o 3º Estado: 80% das rendas de umcamponês eram destinadas a impostos.- Miséria das massas urbanas: 88% das rendas eram utilizadas somente nacompra de pão.
  5. 5. O Problema- Ministros: Tirar os privilégios do 1º e 2º Estado?- Necker e a Assembléia dos Estados Nacionais: 1º, 2º e 3º Estados se reúnem emuma assembléia para decidir como suprir o déficit.- Votação por cabeça ou por ordem??? – cada Estado tem 1 voto ou cadadeputado tem 1 voto???1º Estado: 250 deputados2º Estado: 270 deputados3º Estado: 580 deputados- Assembléia Nacional Constituinte- Tomada das ruas parisiense pelo terceiro Estado- Tomada da Bastilha 14 de junho de 1789- Grande medo (pânico)
  6. 6. As Primeiras Medidas- Abolição dos direitos feudais- Extinção da servidão- Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão: Baseado nos ideais Iluministas.- Soberania ao Povo- Igualdade jurídica- Liberdade de Expressão- Propriedade privada- Apropriação dos bens da Igreja- Constituição civil do Clero: separação entre - Estado x Igreja.- Carta constituinte de 1791.- Monarquia Constitucional: Rei com poderes limitados.
  7. 7. Convenção Nacional- Conflitos Externos: Prússia e Áustria – depois Inglaterra, Espanha, Holanda,Rússia e Sardenha- Girondinos x Jacobinos: Moderados x Radicais: Alta Burguesia x sans-cullotes ePequena Burguesia.- Prisão e Morte do Rei Luiz XVI- República Jacobina (radicalização)- Guilhotina e terror: líder Robespierre
  8. 8. 1%2%97%1º ESTADO: CLERO2º ESTADO: NOBREZA3º ESTADO: BURGUESIA +CAMPONESES + SANSCULOTES: obrigações e impostos.Terras,cargosprestígio,privilégios, eisenção fiscalPirâmide Social
  9. 9. Luis XVI
  10. 10. Queda da Bastilha
  11. 11. CONSTITUIÇÃO DE 1791•Liberalismo econômico;•Separação entre Igreja e Estado;•Fim dos direitos feudais (indenização porparte dos camponeses);•Liberalismo político: cidadãos ativos (capital epropriedade) e passivos.•Declaração dos direitos do homem e cidadão•Poder monárquico, poder executivo delegadoao rei para ser exercido por ministros.
  12. 12. DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOSDIREITOS DO HOMEM E DOCIDADÃO.• NO DIA 26, OCORREU UM PASSODECISIVO EM DIREÇÃO À CONQUISTADAS LIBERDADES INDIVIDUAIS.• PRIMEIRO DOCUMENTO ESCRITOQUE GARANTIA IGUALDADE DECONDIÇÕES A TODOS OSFRANCESES
  13. 13. DECLARAÇÃO DOS DIREITOS DO HOMEM E DOCIDADÃOI - Os homens nascem e permanecem livrese iguais em direitos; as distinções sociaisnão podem ser fundadas senão sobre autilidade comum.II - O objetivo de toda associação política é aconservação dos direitos naturais eimprescritíveis do homem; esses direitos sãoa liberdade, a propriedade, a segurança e aresistência à opressão.
  14. 14. III - O princípio de toda a soberania resideessencialmente na razão; nenhum corpo,nenhum indivíduo pode exercer autoridadeque dela não emane diretamente.IV - A liberdade consiste em poder fazer tudoque não prejudique a outrem. Assim, oexercício dos direitos naturais do homem nãotem limites senão aqueles que asseguramaos outros membros da sociedade o gozodesses mesmos direitos; seus limites nãopodem ser determinados senão pela lei.
  15. 15. V - A lei não tem o direito de impedir senão asações nocivas à sociedade. Tudo o que não énegado pela lei não pode ser impedido e ninguémpode ser constrangido a fazer o que ela nãoordenar.VI - A lei é a expressão da vontade geral; todos oscidadãos têm o direito de concorrer, pessoalmenteou por seus representantes, à sua formação; eladeve ser a mesma para todos, seja protegendo,seja punindo. Todos os cidadãos, sendo iguais aseus olhos, são igualmente admissíveis a todas asdignidades, lugares e empregos públicos, segundosua capacidade e sem outras distinções que as desuas virtudes e de seus talentos.
  16. 16. VII - Nenhum homem pode ser acusado,detido ou preso, senão em caso determinadopor lei, e segundo as formas por ela prescritas.Aqueles que solicitam, expedem ou fazemexecutar ordens arbitrárias, devem serpunidos; mas todo cidadão, chamado ou presoem virtude de lei, deve obedecer em seguida;torna-se culpado se resistir.VIII - A lei não deve estabelecer senão penasestritamente necessárias, e ninguém pode serpunido senão em virtude de uma leiestabelecida e promulgada ao delito elegalmente aplicada.
  17. 17. IX - Todo homem é tido como inocente até omomento em que seja declarado culpado; se forjulgado indispensável para a segurança de suapessoa, deve ser severamente reprimido pela lei.X - Ninguém pode ser inquietado por suas opiniões,mesmo religiosas, contanto que suas manifestaçõesnão perturbem a ordem pública estabelecida em lei.XI - A livre comunicação dos pensamentos eopiniões é um dos direitos mais preciosos dohomem; todo o cidadão pode, pois, falar, escrever eimprimir livremente; salvo a responsabilidade doabuso dessa liberdade nos casos determinados pelalei.
  18. 18. XII - A garantia dos direitos do homem e docidadão necessita de uma força pública; essaforça é então instituída para vantagem detodos e não para a utilidade particulardaqueles a quem ela for confiada.XIII - Para a manutenção da força pública epara as despesas de administração, umacontribuição comum é indispensável; ela deveser igualmente repartida entre todos oscidadãos, em razão de suas faculdades.
  19. 19. XIV - Os cidadãos têm o direito de constatar,por si mesmos ou por seus representantes, anecessidade da contribuição pública, deconsenti-la livremente e de vigiar seuemprego, de determinar sua quota,lançamento, recuperação e duração.XV - A sociedade tem o direito de pedir contasde sua administração a todos os agentes dopoder público.
  20. 20. XVI - Toda a sociedade na qual a garantiados direitos não é assegurada, nem aseparação dos poderes determinada, nãotem constituição.XVII - A propriedade, sendo um direitoinviolável, e sagrado, ninguém pode serdela privado senão quando a necessidadepública, legalmente constatada, o exijaevidentemente, e sob a condição de umajusta e prévia indenização.Íntegra da declaração em francês
  21. 21. FASE DA CONVENÇÃO NACIONAL:RADICALISMO TERROR.• ATRAVÉS DO LIDER MAXIMILIENROBESPIERRE, FOI DOMINADO OPROCESSO REVOLUCIONÁRIO,INAUGURANDO O CHAMADO PERÍODODE TERROR, MARCADO PELAVIOLÊNCIA.
  22. 22. LUÍS XVI FOI PRESO E CONDENADOA MORTE EM 1793.
  23. 23. A REAÇÃO BURGUESA: OGOVERNO DO DIRETÓRIO• DIANTE DA AMEAÇA DE MUDANÇA PORPARTE DOS JACOBINOS, RESTAVA AOSGIRONDINOS RETOMAR O CONTROLE DOPROCESSO E DETER AS CONQUISTASPOPULARES.• EM 1795, A REVOLUÇÃO TOMOU OUTRORUMO: INICIOU-SE A REAÇÃO BURGUESA,RESPONSÁVEL PELO GOLPE QUEDERRUBOU ROBESPIERRE E PÔS FIM AOPREDOMÍNIO DOS JACOBINOS.
  24. 24. ROBESPIERRE• ROBESPIERRE FOI VÍTIMA TAMBÉMDA GUILHOTINA.
  25. 25. O GOVERNO DO DIRETÓRIO• FOI MARCADA PELA REPRESSÃO AOSMOVIMENTOS DE CARÁTER POPULAR.• A ALTA BURGUESIA FOI CONDUZINDO AFASE FINAL DO PROCESSOREVOLUCIONÁRIO GARANTINDO SEUSINTERESSES.• A INSTABILIDADE POLÍTICA ESOCIOECONÔMICA CONTINUAVA.• OS GIRONDINOS BUSCAM ALIANÇA COM OSMILITARES.

×