Os fluxos migratórios e a estrutura da população

25,324 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

Os fluxos migratórios e a estrutura da população

  1. 1. Movimento populacional Deslocamento de pessoas entre países, regiões, cidades e etc. é fenômeno antigo, amplo e complexo, pois envolve varias camadas das classes sociais, culturas e religiões. Os motivos que levam a esta movimentação são vários com consequências negativas e positivas dependendo das condições socioeconômico, cultura e ambientais onde ocorrem.
  2. 2.  Existem varias causas para esse movimentos, variando desde religiosas até causas naturais. Entretanto, uma causa predomina desde os primórdios em se falar de movimentações populacionais, “questões econômicas”. Existem duas área em se tratar de movimentos populacional. Área de repulsão populacional. Área de atração populacional.
  3. 3.  Existem três formas básicas para se classificar os movimentos migratórios, Voluntário, quando os movimentos são livres. Forçado, como no caso de escravidão e perseguição religiosa, étnica ou política. Controlado, quando o estado controla numérica ou ideologicamente a entrada e/ou saída de imigrantes.
  4. 4.  Muitas são as consequência dessa movimentação populacional. Em âmbitos demográficos com o aumento da população, nas questões culturais influenciam na religião, língua culinária e etc. onde a segundo é considerada boa, pois, ocorrem enriquecimento de diferentes valores.
  5. 5.  Segundo a ONU no ano de 2005 havia cerca de 190 milhões de pessoas vivendo fora do seu país de origem. Os países desenvolvidos abrigam cerca de 60%. Com destaque para a Europa como sendo a maior receptora de imigrantes (64 mi.), em segundo a Ásia com (53 mi.) e América do norte (44 mi.), com destaque para os Estados Unidos maior receptor individual.
  6. 6.  Os imigrantes são responsável pro um grande ingresso de capital no seu país de origem (251 bi de dólares). Em contrapartida, os países de onde saem os imigrantes enfrentam a perda de trabalhadores, muitos deles qualificados, que poderiam contribuir para o crescimento econômico e melhoria das condições de vida.
  7. 7.  Cerca de 7% dos migrantes do mundo são refugiados, alcançando (15,2 mi), onde a maioria deles estão na Ásia seguido da África. Nesta questão dos refugiados vale ressaltar que um grande numero de pessoas (26,8 mi), estão sob condições de refugio em seu próprio pais de origem.
  8. 8. Estrutura da População A estrutura da população mundial deve ser analisada considerando sua distribuição por sexo por sexo, número, idade, ocupação, renda, renda, educação, saúde e outros indicadores que expressam os aspectos quantitativos e qualitativos da organização social.
  9. 9.  Números, sexo e faixa etária dos habitantes. Atividades econômicas. Distribuição da renda. Desenvolvimento social.
  10. 10. Pirâmide etária A pirâmide etária, é uma gráfico que expressa o numero de habitantes e sua distribuição por sexo e idade. Sua simples vizualiação nos permite tirar algumas conclusões referente à taxa de natalidade e à expectativa de vida da população.
  11. 11.  Até a decada de 60 era possivel classificar o nivel de desenvolvimento de um país observando apenas sua piramide etária. Salvo algumas exceções os países em desenvolvimento possuíam sua pirâmide, com aspectos triangular devido as grande taxas de natalidades e a baixa expectativas de vida.
  12. 12.  Entretanto essa lógica hoje não pode ser verificada, ou seja caracterizar o nivel de desenvolvimento de um país simplesmente por sua pirâmide etária é falha, pois, alguns países como o Brasil passaram apresentar fortes redução nas taxas de natalidades e um significativo aumento da expectativa de vida.
  13. 13. As atividades econômicas Tradicionalmente, é comum classificar as atividades em secundárias, terciárias como urbanas, e as atividades primarias como rurais. Entretanto, com a modernização, ampliaram-se as possibilidades de industrialização e oferta de serviços no campo.

×