Ilha das Flores

2,870 views

Published on

Published in: Self Improvement, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,870
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
15
Actions
Shares
0
Downloads
19
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Ilha das Flores

  1. 1. Arquipélago dos Açores Ilha das Flores
  2. 2. Índice <ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>História </li></ul><ul><li>Geografia </li></ul><ul><li>Cultura </li></ul><ul><li>Gastronomia </li></ul><ul><li>Conclusão </li></ul><ul><li>Bibliografia/Webgrafia </li></ul>
  3. 3. História <ul><li>Josse Van Hurtere, flamengo de posses, desembarca na ilha, onde habitavam povoadores vindos de Portugal, acompanhado por mais quinze marinheiros, em procura de estanho e de prata que se dizia existirem na ilha. As primeiras sondagens provam o erro e causam o insucesso da viagem. Entusiasmado, contudo, com a ilha e a sua fertilidade, Van Hurtere não desiste. Com a intercessão da duquesa de Borgonha, filha do rei D. João I, obtém, em 1468, a carta de donatário da ilha e o direito de trazer da Flandres, flagelada pela Guerra dos Cem Anos, mais colonos. Estes fixam-se na freguesia dos Flamengos. A ilha prospera com a agricultura e a exportação da planta tintureira pastel. Em 1583, na continuação da ocupação dos Açores, iniciada com o desembarque na ilha Terceira, uma frota espanhola dirige-se ao Faial. Um corpo de homens de armas desembarca no Pasteleiro e trava uma luta com os defensores, reforçados por soldados franceses, acabando por conquistar a ilha. Seguem-se os corsários ingleses que causam grandes danos, e o sismo de 1672, que provocou importantes destruições. No séc. XIX o Faial participou activamente nas lutas que opõem os liberais aos absolutistas, acabando por se decidir a favor dos liberais, vindo a receber a vista de D. Pedro IV em 1832. Para além de valorosos combatentes, o Faial contribuiu para a causa liberal com um arsenal que serviu para abastecer a frota que viria a desembarcar no Mindelo. A sua posição no Atlântico e a existência de um porto abrigado atrai, até cerca de 1860, os navios do comércio da laranja e os baleeiros americanos que vinham reabastecer-se. No séc. XX o Faial é um importante centro das ligações por cabo submarino e participa nos primeiros passos da aviação. O Faial hoje é uma ilha em desenvolvimento, com uma economia baseada na agricultura, pecuária, lacticínios, pesca e comércio. </li></ul>
  4. 4. Geografia <ul><li> Com a forma de um pentágono irregular e uma área de 173,42 Km2, a ilha do Faial tem 21 km de comprimento e 14 km de largura máxima. Dominada pelo cone vulcânico da Caldeira, que se espraia em declives suaves interrompidos por formações vulcânicas secundárias, a ilha tem a sua altitude máxima no Cabeço Gordo, com 1043 m. </li></ul>
  5. 5. Cultura <ul><li>Festa do Espírito Santo </li></ul><ul><li>Festa de S.João; </li></ul><ul><li>Festa de Nossa Senhora das Angustias; </li></ul><ul><li>Semana do Mar. </li></ul>
  6. 6. Gastronomia Caldeirada do Congro Sopa de Agrião
  7. 7. Caçoila de Porco <ul><li>Ingredientes: </li></ul><ul><li>2 kg de carne de porco (perna) </li></ul><ul><li>metade de 1 fígado </li></ul><ul><li>1 coração </li></ul><ul><li>500 g de toucinho entremeado </li></ul><ul><li>1 colher de chá de pimenta-da-jamaica em pó </li></ul><ul><li>1 colher de sopa de cominhos </li></ul><ul><li>3 cebolas grandes </li></ul><ul><li>1 cabeça de alho </li></ul><ul><li>40 g de banha e sal </li></ul><ul><li>Preparação: Corta-se o toucinho em bocados pequenos. Leva-se ao lume uma panela com o toucinho e banha. Mexe-se com uma colher-de-pau. Quando começar a alourar, acrescentam-se as cebolas e os dentes de alho. Deixa-se refogar. </li></ul><ul><li>Cortam-se as carnes aos bocados, temperam-se e deixam-se cozer em lume brando, mexendo, de quando em vez, para não pegar. A meio da cozedura, rectificam-se os temperos. </li></ul><ul><li>Nota: Este prato é tradicional no dia da matança do suíno e tem a particularidade de ser confeccionado com as carnes ainda quentes. </li></ul>
  8. 8. Economia <ul><li>Cultiva cerais e legumes. Desenvolve criação de bovinos. </li></ul>
  9. 9. Bibliografia/Webgrafia <ul><li>http://pt.wikipedia.org/wiki/Flores </li></ul><ul><li>www.acores.com/a/flores.html </li></ul><ul><li>http:// pt.wikipedia.org / wiki / Ilha_das_Flores_(Sergipe ) </li></ul>

×