Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Terra sonâmbula

621 views

Published on

Obra de Mia Couto.

Published in: Education
  • Be the first to comment

Terra sonâmbula

  1. 1. rafabebum.blogspot.com oi
  2. 2. Mia Couto Terra Sonâmbula (romance, 1992, 11 capítulos) − prosa poética
  3. 3. Guerra anticolonial (1965-1975) Guerra civil (1976-1992) O que faz andar a estrada? É o sonho. Enquanto a gente sonhar a estrada permanecerá viva. (Tuahir)
  4. 4. A terra não está morta, está em estado letárgico, em um coma. É o transe, o sonambulismo que faz com que a terra se movimente lentamente. Não são as personagens que viajam pela terra, mas sim esta que está a caminhar.
  5. 5. Velho Tuahir e miúdo Muidinga diante do machimbombo Muidinga lê os 11 cadernos de Kindzu
  6. 6. Duas narrativas paralelas: 1ª: lenta, Tuahir e Muidinga no autocarro 2ª: dinâmica, Kindzu em busca das origens moçambicanas: − Kindzu parte em busca dos Naparamas − Kindzu apaixona-se por Farida
  7. 7. − Kindzu parte em busca de Gaspar, filho de Farida Matimati − Kindzu, pela estrada, chega ao machimbombo
  8. 8. − Tuahir e Muidinga partem em direção ao mar Uma voz interior me pede para que não pare. É a voz de meu pai que me dá força. Venço o torpor e prossigo ao longo da estrada. Mais adiante segue um miúdo com passo lento. Nas suas mãos estão papéis que me parecem familiares. Me aproximo e, com sobressalto, confirmo: são os meus cadernos. Então, com o peito sufocado, chamo: Gaspar! E o menino estremece como se nascesse pela segunda vez. (Kindzu)
  9. 9. Se dizia daquela terra que era sonâmbula. Porque enquanto os homens dormiam, a terra se movia espaços afora. Quando despertavam, os habitantes olhavam o novo rosto da paisagem e sabiam que, naquela noite, eles tinham sido visitados pela fantasia do sonho. Crença dos habitantes de Matimati 1992

×