AGRISSÊNIOR
NOTICIAS
Pasquim informativo e virtual.
Opiniões, humor e mensagens
EDITORES: Luiz Ferreira da Silva
(luizferr...
empreendimento exigências que só se
cumprem despejando bilhões de dólares nos
seus cofres, nas betoneiras das construtoras...
da tevê Katie Couric, pretende contestar
décadas de enganos e desinformação
patrocinados pela indústria de alimentos
sobre...
consumo e reduzir os problemas de saúde
relacionados ao açúcar", diz ele.
As propostas incluem colocar advertências de
saú...
bota uma lei pra lascar
nem real e nem e nem cruzeiro
bota bosta por dinheiro
para ver povo enricar
BENÇÃO
Francisco Cândi...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

477 an 28_maio_2014.ok

1,793 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,793
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,550
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

477 an 28_maio_2014.ok

  1. 1. AGRISSÊNIOR NOTICIAS Pasquim informativo e virtual. Opiniões, humor e mensagens EDITORES: Luiz Ferreira da Silva (luizferreira1937@gmail.com) e Jefferson Dias (jeffcdiass@gmail.com) Edição 477 – ANO X Nº 41 – 28 de maio de 2014 COM TODO O RESPEITO AO PAPA FRANCISCO! 1) - Do jornal Corrieri de la Sierra: - "Em um surto inédito de humildade um Argentino aceitou um cargo abaixo de Deus." 2) - De um escriba brasileiro anônimo: - "Eu sempre sonhei em ver um Argentino beijar o solo brasileiro." 3) - Os Argentinos desejam que os primeiros atos do Papa Argentino sejam: - Canonização de Evita Perón ; - Início do processo de beatificação do comandante Chavez; - Excomunhão de todos os cardeais e bispos norte-americanos; - Rompimento com o governo italiano; - Rompimento com o governo inglês (novamente); - Criação da Diocese das Malvinas, localizada em Puerto Madero; - Mudança da sede do Vaticano para Bariloche - Cisma Norte-sul (a exemplo do Cisma do Oriente), com a criação da Igreja Católica do Hemisfério Sul - Criação da moeda própria do Vaticano: o “Peso Santo” ou “Santo Peso”; e 4) Mudança do nome da Capela Sistina para Capela CRISTINA. 5) Comenta-se que quem dominou o conclave foram os Cardeais dos EUA. como eles sabiam que o Cardeal Brasileiro era o mais cotado, escolheram o Cardeal de Buenos Aires, por ser a capital do Brasil. 6) Já que o Papa é Argentino, a Dilma vai convidar o Vaticano para entrar no Mercosul. 7) Vingança Histórica:- a Inglaterra fica com as Ilhas Malvinas e a Argentina fica com o Vaticano. 8) Dizem que o novo Papa é o homem mais importante do mundo e um dos mais importantes da Argentina. 9) E para terminar, mais esta: O PAPA FRANCISCO JÁ CONSEGUIU O PRIMEIRO MILAGRE, FAZER COM QUE O MUNDO GOSTASSE DE UM ARGENTINO. (Enviada por Geraldo Carletto) QUEM PARIU A COPA QUE A EMBALE Professor Percival Puggina De vez em quando me vem à lembrança a figura do Lula oferecendo o Brasil para sediar a Copa de 2014, com aquele ar de Moisés malandro levando o povo à terra prometida. Entre os anos de 2003 e 2007, o governo brasileiro suou o topete para alcançar o espetacular objetivo. Sempre fui contra. Antes da Copa da África do Sul, a propósito do “Let it be! (Pois que seja!)” com que o bispo Desmond Tutu respondeu aos jornalistas que lhe perguntaram se os estádios sul-africanos não se transformariam em elefantes brancos, eu escrevi: “A FIFA impõe aos países eleitos para acolher seu
  2. 2. empreendimento exigências que só se cumprem despejando bilhões de dólares nos seus cofres, nas betoneiras das construtoras e nos altos fornos das siderúrgicas. Se fosse bom negócio, não faltariam empreendedores interessados em bancar a festa porque sobra no mundo dinheiro com tesão para o crescei e multiplicai-vos”. Contudo, os delírios de grandeza e a notória imprudência do líder máximo do petismo nacional mobilizaram a opinião pública que aceitou a Copa como um dos símbolos símbolos do Brasil potência emergente. A maior parte do povo brasileiro, do mesmo modo como espera o último dia de qualquer prazo para fazer o que deve, esperou o último ano anterior ao evento para perceber o descompasso entre o oneroso Brasil da FIFA, para inglês ver, e o carente Brasil dos brasileiros. E aí, alguns pularam, irresponsavelmente, do oito para os oitocentos: “Não vai ter Copa!”. Como não vai ter Copa? Vai ter, sim, e não serão alguns milhares de meliantes presunçosos que vão impedir a realização do evento. A estas alturas, com o pouco de vergonha que nos reste na cara, faremos a Copa. O que me traz novamente ao tema é o fato de que Lula quis fazer uma borboleta e produziu um morcego. Os espaços que nestes dias a mídia do resto do mundo dedica ao Brasil, em vez de exibir as maravilhas nacionais como sonhava o Lula, estão tomados por severas admoestações aos viajantes sobre os riscos de vir ao nosso país. Nosso cotidiano, descobrem, é assustador. A potência emergente foi tomada de assalto pelo crime organizado, tanto nos últimos andares do poder, no grande mundo, quanto no submundo. (Não por acaso, A Tomada do Brasil é o título do meu próximo livro). Basta- nos assistir os noticiosos do horário noturno para nos depararmos com cenas que ora lembram ocorrências de países em guerra, ora nos nivelam com as mais atrasadas republiquetas da África Subsaariana. Se Lula, se Dilma, se o petismo dominante pretenderam transformar a Copa numa excelente oportunidade para o marketing pessoal, político e – até mesmo – nacional, seus burros empacaram dentro d’água. Foi mal, para dizer como a gurizada destes tempos. A atualidade brasileira, a violência e a insegurança de nossas ruas fazem lembrar o que Eça de Queirós escreveu numa crônica de 1871 quando se falava, em Lisboa, sobre os turistas que viriam à terrinha com a construção de uma ferrovia ligando Portugal à Espanha. Escreveu então o mestre lusitano: “A companhia dos caminhos de ferro, com intenções amáveis e civilizadoras, nos coloca em embaraços terríveis: nós não estamos em condições de receber visitas”. Não estamos, mesmo. Mas agora, quem pariu a Copa que a embale. Que apresente e justifique ao mundo, aos nossos visitantes, o Brasil real, a insegurança das nossas ruas, a violência do cotidiano nacional, nossa incapacidade de cumprir prazos, a limitação monoglota de nossos aeroportos, hotéis, restaurantes e taxis e as muitas tentativas de passar-lhes a perna a que estarão sujeitos. É o lamentável Brasil de 2014. (Enviada por Odoaldo Passos). QUEM É O VERDADEIRO INIMIGO? O açúcar ou a gordura? Documentário americano sobre a obesidade pede leis que limitem o consumo de adoçantes daninhos ocultos em alimentos "saudáveis". The Observer - publicado 16/05/2014 05:24. Por Edward Helmore, em Nova York Primeiro veio "Uma Verdade Inconveniente". Depois Nação Fast Food: Uma Rede de Corrupção. Então foi Blackfish: Fúria Animal. Cada um mostrava o poder de documentários bem sucedidos, aclamados pela crítica, de modificar as percepções sobre questões polêmicas que vão do aquecimento global aos maus-tratos a animais em cativeiro e o comportamento das gigantes da indústria alimentícia. Agora vem Fed Up, um filme que examina o problema global do crescimento dos índices globais de obesidade humana e doenças relacionadas à obesidade. O filme, produzido por Laurie David, ex-mulher de Larry David, criador de Seinfeld, e narrado pela jornalista
  3. 3. da tevê Katie Couric, pretende contestar décadas de enganos e desinformação patrocinados pela indústria de alimentos sobre dietas e exercícios, boas e más calorias, genes de gordura e estilo de vida. Quando se trata de obesidade, a gordura pode não ser sua amiga, mas não é tão inimiga quanto o açúcar, diz o consultor científico do filme, Robert Lustig, um neuroendocrinologista, autor e presidente do Instituto para Nutrição Responsável. É uma visão que está conquistando o apoio de médicos. Um estudo do governo americano descobriu recentemente que 17% das crianças e jovens entre 2 e 19 anos são considerados obesos. Outro previu que as crianças americanas de hoje viverão menos que seus pais. Laurie David, que fez o filme sobre mudança climática Uma Verdade Inconveniente, considera essa estatística "preocupante e trágica". Segundo Lustig, porém, nem a obesidade nem a gordura são o problema. "A indústria alimentícia quer que você se concentre em três mentiras que a impedem de enfrentar questões de culpabilidade. Uma é sobre a obesidade. A segunda é que uma caloria é uma caloria. A terceira é sobre responsabilidade pessoal. "Se a obesidade fosse o problema, as doenças metabólicas que geralmente aparecem nos obesos não se manifestariam nos índices verificados na população de peso normal. Mais da metade das populações dos Estados Unidos e do Reino Unido estão experimentando efeitos normalmente associados à obesidade. Se mais da metade da população tem problemas, não pode ser uma questão de comportamento. Deve ser um problema de exposição. E essa exposição é ao açúcar." O filme afirma que as redes de fast food e os fabricantes de alimentos processados aumentaram a quantidade de açúcar nos alimentos de "baixo teor de gordura" para torná-los mais palatáveis. O acréscimo de açúcar aumenta o problema não apenas dos grupos de baixa renda, que muitas vezes são associados a questões de saúde relacionadas à dieta, mas para todos os níveis da sociedade, dizem os cineastas. Segundo o filme, as grandes empresas estão nos envenenando com alimentos comercializados sob o disfarce de benéficos à saúde. A diabetes precoce, uma condição associada à exposição ao açúcar de cana e ao xarope de milho, era virtualmente desconhecida alguns anos atrás. Se os atuais índices continuarem, um em cada três americanos terá diabetes em 2050. "A obesidade custa muito pouco e não é perigosa em si", diz Lustig, que trabalha com a campanha Ação Contra o Açúcar no Reino Unido. "Mas a diabetes custa muito em termos de evolução social, redução da produtividade, custos médicos e farmacêuticos e morte." Mas enquanto a luta contra a obesidade é liderada pela primeira-dama Michelle Obama, os esforços para conter a indústria de açúcar de modo geral falharam. Em 2003 o governo Bush ameaçou reter verbas para a Organização Mundial de Saúde se ela publicasse diretrizes nutricionais que defendiam que não mais de 10% das calorias de uma dieta diária deveriam vir do açúcar. Além disso, Washington adoçou os lucros dos fabricantes de adoçantes baseados em milho ao conceder bilhões de dólares em subsídios ao setor. Os cineastas dizem que não é do interesse das empresas alimentícias, de bebidas ou farmacêuticas reduzir o conteúdo de açúcar. "É lucrativo demais", diz Lustig. A indústria farmacêutica fala em tratamento da diabetes, e não em prevenção. "A indústria da alimentação cria uma doença e a indústria farmacêutica a trata. Eles ganham como bandidos enquanto todos nós somos levados à lavanderia." Lustig diz que há necessidade de leis. O modelo para regulamentação é o álcool, já que o álcool se metaboliza como açúcar e produz muitas das mesmas doenças crônicas, enquanto a gordura é metabolizada de modo diferente. Mas Lustig acredita que campanhas educativas ou diretrizes do governo por si sós são inadequadas para abordar problemas de abuso de substâncias. "O que é necessário é limitar a disponibilidade para reduzir o
  4. 4. consumo e reduzir os problemas de saúde relacionados ao açúcar", diz ele. As propostas incluem colocar advertências de saúde nas latas de refrigerantes, dar o mesmo tempo de publicidade ao marketing de frutas e legumes e acordos voluntários para reduzir o conteúdo de açúcar. Lustig diz: "Se a indústria alimentar continuar ofuscando, nunca solucionaremos isto e em 2026 não teremos atendimento de saúde porque estaremos falidos. Os produtores de alimentos terão de ser obrigados. Só há um grupo que pode obrigá-los, e é o governo. Há um grupo que pode obrigar o governo, e é a população". Leia mais em guardian.co.uk Fonte: http://www.cartacapital.com.br/saude/ (Enviada por Jefferson Dias). A LARANJA DENTRO DO FEIJÃO Se não cozinha passe a dica para quem o faz, porque só fará bem a saúde de quem come. Se tiver de fazer uma feijoada siga este conselho: Coloque uma laranja inteira e não descascada (lavada) na feijoada junto com as carnes. Realmente funciona, até parece milagre, a gordura fica toda dentro da laranja, basta cortá-la para ter a confirmação. A laranja não modifica em nada o gosto da feijoada que fica super light. Experimente com um pedaço de linguiça. Ferva a água, fure a linguiça com um garfo, coloque a laranja na panela e depois a linguiça. Comprove em 5 minutos a gordura está toda dentro da laranja. Depois frite a linguiça e veja como está deliciosa e a panela sem gordura. Isso poderá servir para alguém, é por isso que transmito o que aprendi. Descrição: http://www.studiofeeling.com.br/portfolio/img/il ustra_laranja01.jpg (Enviada por Jorge Aboud) SE ZÉ LIMEIRA SAMBASSE MARACATU Mestre Ambrósio Vi zé limeira descendo do firmamento vi zé limeira descendo do firmamento um batalhão de jumento vinha tocando corneta mais de cem anjo perneta celebrando um casamento vem pra fazer negócio de confiança vem pra fazer negócio de confiança pra verpesar na balança cinco véi num dá um quilo mais de cem grama de grilo no bucho de uma criança se zé limeira sambasse maracatu se zé limeira sambasse maracatu escuta o que eu digo a tu era rato, cobra e gia sapo, ticaca, cutia gôgo, puiga, cururu se zé limeira sambasse maracatu se zé limeira sambasse maracatu cor de jumento era azul tinha juízo macaco veneno, cume de rato tinha chifre gabiru é zé limeira pra prefeito eu vou votar é zé limeira pra prefeitroeu vou votar
  5. 5. bota uma lei pra lascar nem real e nem e nem cruzeiro bota bosta por dinheiro para ver povo enricar BENÇÃO Francisco Cândido Xavier Nasceste no lar que precisavas, Vestiste o corpo físico que merecias, Moras onde melhor Deus te proporcionou, de acordo com teu adiantamento. Possuis os recursos financeiros coerentes com as tuas necessidades, nem mais, nem menos, mas o justo para as tuas lutas terrenas. Teu ambiente de trabalho é o que elegeste espontaneamente para a tua realização. Teus parentes, amigos são as almas que atraístes, com tua própria afinidade. Portanto, teu destino está constantemente sob teu controle. Tu escolhes, recolhes, eleges, atrais, buscas, expulsas, modificas tudo aquilo que te rodeia a existência. Teus pensamentos e vontades são a chave de teus atos e atitudes... São as fontes de atração e repulsão na tua jornada vivência. Não reclames nem te faças de vítima. Antes de tudo, analisa e observa. A mudança está em tuas mãos. Reprograme tua meta, busque o bem e viverás melhor. " Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim ". CURIOSIDADES - O vidro demora um milhão de anos para se decompor, o que significa que nunca se desgasta e pode ser reciclado um número infinito de vezes! - O ouro é o único metal que não enferruja, mesmo estando enterrado no solo por milhares de anos. - A língua é o único músculo do corpo que está ligado apenas a uma extremidade. - Zero é o único número que não pode ser representado por algarismos romanos. - Pipas foram utilizadas na Guerra Civil Americana para entregar cartas e jornais. A PIADA DA SEMANA Comandos do Cavalo. O peão comprou um cavalo de um cigano, mas o cavalo de maneira nenhuma andava. Ele voltou ao cigano para reclamar, mas o cigano apenas lhe deu algumas instruções: — Ele anda sim, mas precisa de duas palavras mágicas. Para andar você deve dizer "Graças a Deus" e para parar deve dizer "Plim Plim". O peão agradeceu e foi todo feliz testar as palavras mágicas. Logo disse bem alto: — Graças a Deus! E o cavalo saiu em disparada. Mas logo a frente havia uma placa com o alerta: "Cuidado, precipício!" Apavorado o peão não se lembra imediatamente da palavra mágica para parar o cavalo, mas ao chegar na beira ele tem a sorte de se lembrar e dizer imediatamente: — Plim Plim. Eis que o cavalo para imediatamente alguns centímetros antes do enorme precipício. O peão respira fundo aliviado: — Graças a Deus! oOo Acessar: www.r2cpress.com.br PS. JULHO, 10 ANOS DO AN, EDIÇÃO COMEMORATIVA.

×