Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

325 an 30_março_2011.ok

447 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

325 an 30_março_2011.ok

  1. 1. AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Pasquim informativo virtual. Opiniões, humor e mensagens.EDITORES:EDITORES: Luiz Ferreira da Silva luizferreira1937@gmail.com)(luizferreira1937@gmail.com) e (jefcdias@gmail.com jefcdias@gmail.com)Jefferson Dias (jefcdias@gmail.com)Edição 325 – ANO VII Nº 32 –30 de março de 2011 DICAS PARA FAZER AMOR NA 3ª IDADE:1. Use seus óculos. Certifique-se de que sua 8. Faça o quanto de barulho quiser. Oscompanhia esteja realmente na cama. vizinhos também são surdos...2. Ajuste o despertador para tocar em três 9. Se tudo der certo, telefone para seusminutos, só para caso de você adormecer amigos para contar as boas novas.durante a performance. 10. Nunca, jamais, pense em repetir a dose.3. Acerte com a iluminação: Apague todas as 11. Não se esqueça de levar 02 travesseirosluzes! para colocá-los sob os joelhos, para não4. Deixe seu celular programado para o forçar a artrose.número da 12. Se for usar camisinha, avise antes ao“EMERGÊNCIA MÉDICA ” Piu-Piu que não se trata de touca para dormir,5. Escreva em sua mão o nome da pessoa senão ele pode se confundir.que está com você na cama, no caso de não 13. Ah! O mais importante, não se esqueçase lembrar. de tirar a parte de baixo do pijama, mas fique6. Fixe bem sua dentadura para que ela não com uma camiseta para não pegar gripeacabe caindo debaixo da cama. (Enviada por Newton Dias)7. Tenha DORFLEX à mão. Isto, para o casode você cumprir a performance! PÉROLAS DOS TRIBUNAISEstas piadas foram retiradas do livro Advogado: Essa doença, a miastenia gravis,"Desordem no Tribunal". Respostas e afeta sua memória?perguntas verídicas, e que foram transcritas Testemunha: Sim.textualmente pelos taquígrafos, que tiveram Advogado: E de que modo ela afeta suaque permanecer calmos enquanto estes memória? Testemunha: Eu esqueço das coisas.diálogos realmente aconteciam à sua frente. Advogado: Você esquece... Pode nos dar um(Enviadas por Chicão Carvalho) exemplo de algo que você tenha esquecido?_________________________________ _________________________________Advogado: Qual é a data do seu aniversário? Advogado: Que idade tem seu filho?Testemunha: 15 de julho. Testemunha: 38 ou 35, não me lembro.Advogado: Que ano? Advogado: Há quanto tempo ele mora comTestemunha: Todo ano. você?_________________________________ Testemunha: Há 45 anos.
  2. 2. _________________________________ Testemunha: Todas as autópsias que fizAdvogado: Qual foi a primeira coisa que seu foram em pessoas mortas...marido disse quando acordou aquela manhã? _________________________________Testemunha: Ele disse, Onde estou, Bete? Advogado: Aqui na corte, para cada perguntaAdvogado: E por que você se aborreceu? que eu lhe fizer, sua resposta deve ser oral,Testemunha: Meu nome é Célia. ok?_________________________________ Que escola você frequenta?Advogado: Seu filho mais novo, o de 20 Testemunha: Oral.anos... __________________________________Testemunha: Sim. Advogado: Doutor, o senhor se lembra daAdvogado : Que idade ele tem? hora em que começou a examinar o corpo da_________________________________ vítima?Advogado: Sobre esta foto sua... o senhor Testemuna: Sim, a autópsia começou àsestava presente quando ela foi tirada? 20h30._________________________________ Advogado: E o Sr. Décio já estava morto aAdvogado: Então, a data de concepção do essa hora?seu bebê foi 08 de agosto? Testemunha: Não... Ele estava sentado naTestemunha: Sim, foi. maca, se perguntando porque eu estavaAdvogado: E o que você estava fazendo fazendo aquela autópsia nele.nesse dia? ___________________________________________________________________ Advogado: Doutor, antes de fazer a autópsia,Advogado: Ela tinha 3 filhos, certo? o senhor checou o pulso da vítima?Testemunha: Certo. Testemunha: Não.Advogado: Quantos meninos? Advogado: O senhor checou a pressãoTestemunha: Nenhum arterial?Advogado: E quantas eram meninas? Testemunha: Não._________________________________ Advogado: O senhor checou a respiração?Advogado: Sr. Marcos, por que acabou seu Testemunha: Não.primeiro casamento? Advogado: Então, é possível que a vítimaTestemunha: Por morte do cônjuge. estivesse viva quando a autópsia começou?Advogado: E por morte de que cônjuge ele Testemunha: Não.acabou? Advogado: Como o senhor pode ter essa_________________________________ certeza?Advogado: Poderia descrever o suspeito? Testemunha: Porque o cérebro do pacienteTestemunha: Ele tinha estatura mediana e estava num jarro sobre a mesa.usava barba. Advogado: Mas ele poderia estar vivo mesmoAdvogado: E era um homem ou uma mulher? assim?_________________________________ Testemunha: Sim, é possível que eleAdvogado: Doutor, quantas autópsias o estivesse vivo e cursando Direito em algumsenhor já realizou em pessoas mortas? lugar!!! _______________________________ O HOMEM E O RIO Luiz Ferreira da Silva As enchentes do ano passado A primeira idéia que surge é levá-lasdeixaram muitos ribeirinhos alagoanos na para os morros, rompendo um laço do homemmiséria absoluta, perdendo os parcos bens com o rio, embasada numa sucessão familiar,matérias, incluindo as suas moradias. usufruindo de um ambiente salutar que vai da Até agora, nada foi feito pelo poder brisa aos banhos, passando pela sustentaçãopúblico e se culpam as pobres famílias, alimentar. Uma dádiva de Deus!chamando-as de inconsequentes. Vale a pena lembrar a esses “gerentes”, os “polders” da Holanda e os do
  3. 3. Vale do Paraíba, SP, permitindo ganhar terras diz que o Brasil não pode bancar. No entanto,urbanas, expandir a agricultura e manter o há muito dinheiro para sustentar a classeperfil de equilíbrio dos rios. política, para as mordomias dos governos, A Holanda se constitui no exemplo para as obras de cunho político, para osmais fantástico dessa tecnologia de diques, desvios dos recursos públicos. Aí o prezadonos quais as águas são represadas quando leitor me ajuda e adiciona outrasno seu ponto alto de expansão e retornadas excrescências públicas, incluindo as burricesno momento exato de manutenção do nível túrgidas (provocam caroços na cabeça).hidrológico. No vale do Paraíba, o sistema Então, meus senhores, não sãopossibilitou a viabilidade agrícola em mais de inconsequentes os irmãos de Santana do80 mil hectares de várzeas, tirando-se Mandaú, Al, ao retornarem ao mesmo localproveito das enchentes. que foi levado pelas águas, mas o Governo, a Mas os “competentes” prepostos do malfazeja classe política (poucas exceções) eGoverno Estadual, bem como da União, os gerentes públicos, sem capacitação, mashaverão de dizer que isso é tecnologia para com alto “QI” (quem indique”) das barganhaspaíses ricos ou para “Sampa” e que estamos eleitoreiras.no Nordeste com outra realidade. Só nos resta pedir a Deus que se Não é bem assim. O problema é que apiede da sorte dos ribeirinhos das Alagoas!nunca se prioriza o homem, sobretudo o (Maceió, 11 de março de 2011).pobre. Para essa classe não há dinheiro e se O MAIOR CACHO DE BANANA DO MUNDO enclave entre a República Democrática do Congo e o Congo. Devido à descontinuidade geográfica do território, o acesso faz-se por via aérea ou marítima. Detentora de grandes reservas petrolíferas, ainda é considerada uma região de conflitos, como ocorreu recentemente no ataque de separatistas ao ônibus que transportava os atletas futebolistas da seleção do Togo PAU DE CABINDA: equivale a marapuama, catuaba, jaca-brava. Altamente utilizado em Angola por homens, mulheres e crianças por ser considerado de inigualável sinergiaEsclarecimentos, para quem não conhece: afrodisíaca! É também vendido nas ruas deCABINDA: nome de uma das 18 províncias da Luanda pelas zungueiras (comerciantesRepública de Angola. ambulantes).A capital da província também tem o mesmo Então, essa dádiva da natureza não seria onome. Cabinda é uma província separada efeito desse famoso pau?geograficamente do resto do país, pois é um (Enviada por Odoaldo Passos). MEDITAÇÃO AUMENTA A TOLERÂNCIA À DOR E REDUZ EFEITOS DO ENVELHECIMENTO, DIZ ESTUDOA técnica veio do oriente mas, por aqui como pressão arterial. As razões são muitas e aao redor do mundo, o número de adeptos só elas, uma pesquisa na Montreal University, nocresce. A meditação é usada ora para ajudar Canadá, acaba de associar mais dois bonsa lidar com o estresse e aliviar dores, ora para motivos que podem fazer muito mais gentepromover o relaxamento ou controlar a aderir ao comportamento zen: meditadores
  4. 4. tornam-se menos menos sensíveis à dor e são menos propensos à dor e experienciamsofrem menos as consequências do efeitos analgésicos quando a mente está emenvelhecimento. estado altamente perceptivo. A tolerânciaSegundo os pesquisadores, a meditação mais alta se deve ao fato de eles terem umaaltera fisicamente regiões do cérebro ligadas camada mais grossa do córtex cingulado,às sensações de dor e relaxamento. O efeito região do cérebro envolvida noé progressivo. Meditadores de longo prazo processamento da dor. A atividade cerebralcolhem mais frutos, ou seja, vão ficando cada acrescida e sustentada pode ser responsávelvez mais resistentes e menos ansiosos. pelo engrossamento da camada, como seA neurociência tem buscado descobrir as fosse um músculo se tonificando commudanças que o cérebro pode sofrer com a exercícios físicos. Quem diz que oprática da meditação, se baseando em um pensamento é o esporte do cérebro sabeconceito chamado Neuroplasticidade, que é a exatamente do que está falando.ideia de que aquilo que prende o foco e a O envelhecimento causa uma queda naturalatenção de uma pessoa pode reformar o na grossura do córtex, mas a meditação podecérebro de modos significativos. preservar o cérebro e até restaurá-lo. Mas seUma das pesquisas neste campo, realizada você não tem mais de mil horas dena Emory University, nos EUA, sugere que a meditação, não se preocupe. O pesquisadorprática regular da meditação tem efeitos psicológico Fadel Zeidan, da University ofneuroprotetores e reduz o declínio cognitivo North Carolina at Charlotte, descobriu que aque é resultante do processo natural do meditação também traz benefícios a curtoenvelhecimento. Portanto, a meditação pode prazo. Uma única hora de meditação divididaajudar a melhorar funções motoras e até em três dias (20 minutos por dia) pode,habilidades de aprendizado. também, produzir efeito analgésico.Um cientista da Montreal University, Joshua O processo fez uso de estimulação elétricaGrant, conduziu um estudo com a intenção de causar dor e medi-la antes e depois dainvestigar a percepção de dor e os efeitos meditação. A sensibilidade à dor diminuiu comanalgésicos em potencial causados por o treinamento do foco no “aqui e agora”.estados da mente em meditadores Zen Relacionando os efeitos da meditação àexperientes. distração matemática – posteriormenteA meditação Zen consiste em manter o foco inserida no estudo – os cientistas descobriram efeitos analgésicos significantes geados pelano “aqui e agora”, prestar atenção narespiração, nos pensamentos, sentimentos e meditação e pela distração matemática. E asensações que estão no ar no momento, e dor não foi a única a perder espaço. Aanalisá-los sem fazer julgamentos. ansiedade também diminuiu. O treinamento pode ter sido curto, mas os efeitos, segundoNo estudo, meditadores Zen experientes (com Zeidan, foram duradouros.mais de mil horas de meditação) e voluntáriossem prática, ajustados por sexo e idade, Dê ouvidos a quem diz que a mente domina o corpo. E, lembre-se, um bom desafioreceberam individualmente estímulos termais intelectual fortalece o cérebro. Que talpara gerar dor moderada na panturrilha. Os começar a praticar meditação? A saúde –meditadores experientes precisaram de física e psicológica – agradece.temperaturas mais altas (49,9° para sentir C)dor que os demais voluntários (48,2° Grant C). Portal Mais de 50e sua equipe concluíram que meditadores Zen DEBAIXO DO TAMARINDO Augusto dos Anjos No tempo de meu Pai, sob estes galhos, Como uma vela fúnebre de cera, Hoje, esta árvore, de amplos agasalhos, Chorei bilhões de vezes com a canseira Guarda, como uma caixa derradeira, De inexorabilissimos trabalhos! O passado da Flora Brasileira
  5. 5. E a paleontologia dos Carvalhos! Voltando à pátria da homogeneidade, Quando pararem todos os relógios Abraçada com a própria Eternidade De minha vida e a voz dos necrológios A minha sombra há de ficar aqui! Gritar nos noticiários que eu morri, PENSE NISSO SolidãoSolidão não é a falta de gente para conversar, Tampouco é a pausa involuntária que onamorar, passear ou fazer sexo...isto é destino nos impõe compulsoriamente, paracarência. que revejamos a nossa vida...isto é umSolidão não é o sentimento que princípio da natureza.experimentamos pela ausência de entes Solidão não é o vazio de gente ao nossoqueridos que não podem mais voltar...isto é lado...isto é circunstância.saudade. Solidão é muito mais que isto...Solidão não é o retiro voluntário que a gente Solidão é quando nos perdemos de nósse impõe às vezes, para realinhar os mesmos e procuramos em vão, pela nossapensamentos...isto é equilíbrio. Alma! (Fátima Irene Pinto) A PIADA DA SEMANAUm baiano vai ao médico depois de ter estado toda. O baiano repete a história dadoente um tempão. O médico, depois de um comemoração, dizendo que está com Aids.exame detalhado, olha nos olhos dele e diz: Os amigos ficam consternados e acabam- Tenho más notícias... Você está com câncer tomando cerveja também. No momento emincurável. Eu lhe dou de duas a quatro que está perto do doente, o filho diz ao ouvidosemanas de vida. dele:O baiano, chocado e triste, mas de índole - Pai!!! Você disse pra mim que estava comforte, recupera-se rapidamente e sai do câncer, mas pra eles você disse que está comconsultório. Na sala de espera, ele encontraseu filho, que estava o aguardando: Aids.- Estou com câncer e tenho pouco tempo de O baiano olha discretamente em volta antesvida. Vamos ao bar tomar umas cervejas, de responder baixinho:para aliviar. - Eu estou com câncer mesmo,filho... Eu sóDepois de alguns copos eles estão um pouco não quero é esse pessoal comendo a tua mãemais alegres. Vêm as risadas, as depois que eu morrer...gargalhadas, e mais cerveja. Uns amigos (Enviada por Bernadete Pinho)chegam e perguntam o motivo daquela alegria oOo O AN também pode ser lido na Agência de Notícias do colega Roberto Rabat, Ilhéus. É só acessar o site: www.r2cpress.com.br

×