Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Educação Alimentar e Nutricional, inclusão produtiva e atendimento a públicos prioritários<br />Mariana Helcias Côrtes<br ...
Contexto atual<br />Nova gestão – obesidade (problema social)<br />PPA 2012-2015<br />Programa de SAN<br />Meta: Elaboraçã...
Plano de SAN - DESAFIOS<br /> Ampliação do acesso à água de qualidade e em quantidade suficiente, com prioridade às famíli...
Acesso universal à alimentação adequada e saudável; <br />Abastecimento e estruturação de sistemas sustentáveis e de base ...
Ações 2011<br />Plano Intersetorial de Prevenção e Controle da Obesidade<br />Plano Nacional de SAN<br />Campanha interset...
Plano Intersetorial de Prevenção e Controle da Obesidade: promovendo modos de vida e alimentação adequada e saudável para ...
Contexto de atuação
Princípios
Objetivos
Diretrizes estratégicas
Metas
Eixos de ação
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Educação Alimentar e Nutricional, inclusão produtiva e atendimento a públicos prioritários - Mariana Helcias Côrtes

2,435 views

Published on

Apresentação feita durante o encontro presencial do Curso de Formação de Gestores Públicos de Segurança Alimentar e Nutricional 2011, região Nordeste, em Maracanaú (CE).

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Educação Alimentar e Nutricional, inclusão produtiva e atendimento a públicos prioritários - Mariana Helcias Côrtes

  1. 1. Educação Alimentar e Nutricional, inclusão produtiva e atendimento a públicos prioritários<br />Mariana Helcias Côrtes<br />Agosto de 2011.<br />
  2. 2. Contexto atual<br />Nova gestão – obesidade (problema social)<br />PPA 2012-2015<br />Programa de SAN<br />Meta: Elaboração do Plano Intersetorial de Prevenção e Controle da Obesidade<br />Plano de DCNT<br />Plano de Segurança Alimentar e Nutricional<br />Desafios: Reversão das tendências de aumento das taxas de excesso de peso e obesidade<br />
  3. 3. Plano de SAN - DESAFIOS<br /> Ampliação do acesso à água de qualidade e em quantidade suficiente, com prioridade às famílias em situação de insegurança hídrica e para a produção de alimentos ...<br />Ampliação da atuação do Estado nos processos de transição para um modelo de produção familiar agroecológico e sustentável de alimentos<br />Ampliação do mercado governamental de alimentos para a agricultura familiar, povos indígenas e PCT<br />Fortalecimento da atuação internacional brasileira, na defesa dos princípios do DHAA ...<br />Enfrentamento das desigualdades de condições de saúde, alimentação e nutrição e de acesso às políticas públicas de SAN<br />Consolidação da Política e do Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - SISAN em todo o território nacional<br />Erradicação da insegurança alimentar grave e moderada<br />Reversão das tendências de aumento das taxas de excesso de peso e obesidade<br />Intensificação do processo de desapropriação para fins de reforma agrária e de reconhecimento, demarcação e regularização de terras/territórios indígenas e quilombolas e demais PCT<br />Instituição e implementação de uma Política Nacional de Abastecimento Alimentar de modo a promover o acesso regular e permanente da população brasileira a uma alimentação adequada e saudável<br /> <br />
  4. 4. Acesso universal à alimentação adequada e saudável; <br />Abastecimento e estruturação de sistemas sustentáveis e de base agroecológica de produção, extração, processamento e distribuição<br />Monitoramento da realização do direito humano à alimentação adequada. <br />Eixos da Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional<br />Ações de soberania alimentar, segurança alimentar e nutricional e direito humano à alimentação adequada em âmbito internacionai; <br />Instituição de processos permanentes de educação alimentar e nutricional; <br />Promoção do acesso universal à água de qualidade e em quantidade suficiente; <br />Ações para quilombolas e demais povos e comunidades tradicionais, povos indígenas e assentados da reforma agrária;<br />Fortalecimento das ações de alimentação e nutrição em todos os níveis da atenção à saúde;<br />
  5. 5. Ações 2011<br />Plano Intersetorial de Prevenção e Controle da Obesidade<br />Plano Nacional de SAN<br />Campanha intersetorial<br />Encontro de EAN: construção do marco conceitual<br />Educação a Distância: gestores locais<br />Desigualdades na distribuição de renda<br />Coexistência da desnutrição e da obesidade na mesma comunidade <br />
  6. 6. Plano Intersetorial de Prevenção e Controle da Obesidade: promovendo modos de vida e alimentação adequada e saudável para a população brasileira<br /><ul><li>Apresentação
  7. 7. Contexto de atuação
  8. 8. Princípios
  9. 9. Objetivos
  10. 10. Diretrizes estratégicas
  11. 11. Metas
  12. 12. Eixos de ação
  13. 13. Monitoramento e avaliação
  14. 14. Gestão do Plano</li></li></ul><li>Objetivos<br />Geral: <br />Prevenir e controlar a obesidade na população brasileira, por meio de ações intersetoriais, promovendo a alimentação adequada e saudável e atividade física no ambiente que vivemos.<br /> Específicos:<br />Melhorar o padrão de consumo;<br />Revalorizar o consumo dos alimentos regionais;<br />Desenvolver estratégias que desloquem o consumo de alimentos processados, com destaque para grãos integrais, leguminosas, oleaginosas, frutas, hortaliças e pescados;<br />Promover a prática de atividade física;<br />Organizar a linha de cuidado;<br />
  15. 15. Metas<br />Aumentar o consumo médio anual de frutas e hortaliças em 0,5% ao ano;<br />Reduzir o consumo de açucares de 16% para 10% do total de calorias;<br />Reduzir o consumo de gorduras saturadas em XX no total de calorias (a ser discutido com a saúde);<br />Aumentar o consumo de fibras XXX (a ser discutido com a saúde);<br />Aumentar o consumo aparente de pescados de 9 para 12/Kg/habitante/ano;<br />Reduzir o consumo médio de sódio em 10% ao ano para alcançar a meta de 5g/dia em 10 anos;<br />Estabilizar a prevalência de excesso de peso (48%) e de obesidade em adultos (15%);<br />Reduzir as prevalências de obesidade em crianças e adolescentes<br />Reduzir as prevalências de excesso de peso em crianças e adolescentes<br />Aumentar a prevalência de atividade física no lazer – aumento médio anual de 3,2% ao ano;<br />Reduzir a inatividade física – redução anual de 1,56% ao ano.<br />
  16. 16. Eixos de ação<br />Disponibilidade e acesso a alimentos adequados e saudáveis<br />Acessibilidade física<br />Medidas fiscais<br />Educação, comunicação e informação<br />Promoção de modos de vidas saudáveis nos ambientes/ territórios<br />Cidades<br />Escolas<br />Ambientes de trabalho<br />Equipamentos públicos de alimentação e nutrição<br />Rede socioassistencial<br />Rede de saúde<br />Vigilância Alimentar e Nutricional<br />Atenção integral à saúde do indivíduo com excesso de peso/obesidade<br />Regulação e controle da qualidade e inocuidade dos alimentos<br />
  17. 17. Próximos passos<br />Apresentação à CAISAN <br />(Pleno executivo)<br />Plano Intersetorial de Prevenção e Controle da Obesidade: promovendo modos de vida e alimentação adequada e saudável para a população brasileira<br />Apresentação <br />ao CONSEA<br />13 e 14/09<br />Consulta técnica<br />19 ou 23/09<br />Lançamento<br />Out/2011<br />
  18. 18. Propostas para 2012<br />Edital de Seleção Pública para formalizar projetos com a sociedade civil visando a mobilização e a articulação social;<br />Edital de Seleção Pública para formalizar propostas com Universidades Federais com o objetivo de apoiar projetos de pesquisa e extensão em educação alimentar e nutricional;<br />Oficinas estaduais: Plano Intersetorial de Obesidade;<br />3ª etapa da Campanha Brasil que Dá Gosto;<br />Ações para a promoção da alimentação adequada e saudável no âmbito da rede socioassistencial e creches ;<br />Publicação do Marco Conceitual de Educação Alimentar e Nutricional no âmbito das Políticas Públicas;<br />Oficina e um evento nacional de divulgação do Marco Conceitual de Educação Alimentar e Nutricional no âmbito das Políticas Públicas.<br />
  19. 19. MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E <br />COMBATE À FOME<br />DEPARTAMENTO DE ESTRUTURAÇÃO E INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS PÚBLICOS AGROALIMENTARES<br />Coordenação-Geral de Educação Alimentar e Nutricional<br />Mariana Helcias Côrtes<br />mariana.helcias@mds.gov.br<br />Esplanada dos Ministérios Bloco C Sala 416CEP: 70.046-900 - Brasília/DF(61) 3433-1159<br />

×