Moluscos Equinodermos Artropodes

33,668 views

Published on

Published in: Education, Technology
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
33,668
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
52
Actions
Shares
0
Downloads
345
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Moluscos Equinodermos Artropodes

  1. 1. Os artropodes professor Tassinari
  2. 2. Os artrópodes, invertebrados que possuem patas articuladas, ou "juntas" móveis, tem o corpo segmentado e dividido em cabeça, tórax e abdome. Em alguns deles pode ocorrer fusão da cabeça com o tórax e, neste caso, o corpo e dividido em duas partes: cefalotórax e abdome. Os artrópodes possuem um esqueleto externo, chamado exoesqueleto. É o que se chama de "casca"na lagosta, no siri, no camarão, na barata, etc.       O exoesqueleto é resistente e limita o crescimento do animal. Assim e exoesqueleto "velho" é trocado por um "novo" e folgado, que permite a continuidade do crescimento. Essa troca do exoesqueleto que pode ocorrer várias vezes durante a vida do animal, é chamada de muda.
  3. 3. Os artrópodes formam o grupo mais numeroso de animais. Eles habitam  os mais diversos ambientes que podem ser terrestres ou aquáticos.      Segundo suas características, os artrópodes foram agrupados em insetos, crustáceos, aracnídeos, quilópodes e diplópodes.
  4. 5. Moluscos
  5. 6. Características do corpo     São animais de corpo mole, muitas vezes protegidos por uma concha.     Há integrantes do grupo porém, que não possuem concha, como as lesmas, e outros que possuem uma concha interna, como é o caso das lulas.
  6. 7. Cefalopodes: Os cefalópodes,que estão entre os invertebrados mais inteligentes e mais rápidos apresentam o corpo dividido em cabeça, massa visceral e tentáculos. Os cefalópodes apresentam um corpo com simetria bilateral, uma cabeça e olhos bem desenvolvidos, a boca redonda de um bico quitinoso e rodeada por uma biga de tentaculos, é também na boca que existe a característica mais marcante dos cefalópodos, a rádula (espécie de lixa).
  7. 8. A grande maioria dos gastrópodes tem o corpo protegido por uma concha, geralmente espiralada sobre o lado direito embora algumas formas (como as lapas) tenham evoluído uma concha mais simples. Os gastrópodes apresentam uma cabeça bem marcada, munida de dois ou quatro tentaculos sensoriais e uma boca com rádula. A cabeça encontra-se unida a um pé ventral musculado em forma de pala. O seu desenvolvimeto embrionario caracteriza-se por torção da massa visceral, coberta pelo manto , que surge no adulto enrolada sobre um dos lados de forma a ser acomodada na concha. As lesmas têm uma concha apenas vestigial e, em consequência, os efeitos deste enrolamento são diminutos sendo o corpo linear.
  8. 9. Bivalvia (do latim bi , duplicado + valva , porta de duas folhas, valva),a classe do filo mollusca que inclui os animais aquáticos popularmente designados por bivalves .
  9. 11. EQUINODERMOS
  10. 12.  
  11. 13.      Os equinodermos, animais exclusivamente marinhos, são dotados de uma esqueleto interno (endoesqueleto) calcário que emite espinhos salientes; daí o nome desse grupo (echinos = "espinho"; derma = "pele").             O ouriço-do-mar, por exemplo, possui corpo quase esférico e coberto de espinhos duros e móveis. Entre os espinhos há pequenos prolongamentos denominados pedicelárias. Na extremidade das pedicelárias existem pequenas pinças com as quais o animal recolhe pequenos animais que ficam sobre seu corpo. No ouriço-do-mar, as pedicelárias possuem glândulas de veneno.            
  12. 15. Na superfície do corpo do ouriço-do-mar existem também os pés ambulacrários, por meio dos quais o animal se locomove. Os pés ambulacrários são projeções de um complexo sistema interno de canais que formam o chamado sistema ambulacrário.             Não existe nos outros seres vivos sistema semelhante ao ambulacrário. Esse sistema começa com uma placa perfurada, situada no dorso do animal, por onde a água do mar penetra em seu corpo. A água passa por um sistema de canais dentro do animal e vai até os pés ambulacrários .
  13. 17. Quando a musculatura existente nesses pés se relaxa, a água penetra neles, distendendo-os e quando ela se contrai, a água volta para o interior dos canais e os pés se recolhem. Esse movimento de distensão e recolhimento dos pés é que permite a locomoção do animal. Eles nunca nadam, apenas andam. Suas larvas flutuam levadas pelas correntes.              Com exceção dos ofiuróides, o sistema digestivo dos equinodermos é completo. Tem boca e ânus. Nos ouriços, a boca fica no centro da face inferior e contém cinco dentes calcários, que servem para raspar alimento, principalmente algas que ficam coladas nas rochas. Os dentes fazem parte de uma estrutura interna chamada lanterna-de-aristóteles. Seguindo a boca, há um tubo digestivo que termina no ânus, situado na face superior.

×