Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Desastres naturais 2 A

280 views

Published on

PROJETO @ BIO 2016

Published in: Education
  • Be the first to comment

Desastres naturais 2 A

  1. 1. DESASTRES NATURAIS @BIO 2016
  2. 2. Objetivos: Oque são desastres naturais? Quais são tipos de desastres naturais ? Desastres naturais no Brasil Como evitar ?
  3. 3.  Desastres Naturais são catástrofes provocadas por fenômenos e desequilíbrios da natureza, que causam danos humanos, materiais e ambientais, originando, consequentemente, prejuízos econômicos e sociais.  Nesse sentido, muitos desastres têm ocorrido porque o planeta Terra está sofrendo cada vez mais, com o aquecimento global e o efeito estufa, o que leva ao aumento dos desastres naturais, ocasionados pelo desiquilíbrio da natureza.
  4. 4. FURACÕES: Os furacões são fenômenos climáticos (ciclones) caracterizados pela formação de um sistema de baixa- pressão. Formam-se, geralmente, em regiões tropicais do planeta. São eles os responsáveis pelo transporte do calor da região equatorial para as latitudes mais altas.
  5. 5. Muitas pessoas acham que ciclone,furação , tufão e tornados são a mesmo coisa. Mas na verdade não são veja a diferença  Ciclone caracteriza-se por ser uma tempestade violenta em regiões tropicais ou sub-tropicais quando os ventos superam os 50 km por hora.  O furacão já possui uma velocidade maior que 199km/h e costumam girar no sentido horário no hemisfério sul e no sentido anti-horário no hemisfério norte. São comuns no mar do Caribe ou nos EUA, chegando a medir de 200 a 400 km de diâmetro.  O tufão é o nome dado aos ciclones no sul da Ásia e na parte ocidental do oceano Índico tendo as mesmas características de um furacão.
  6. 6.  Por último, existe o tornado, o mais forte de todos os fenômenos meteorológicos. Embora menor que os anteriores a velocidade dos ventos costuma atingir 490kh por hora nas zonas temperadas do hemisfério norte alcançando um poder de destruição enorme.
  7. 7. Furacão e tufões Ciclones
  8. 8. Tornados
  9. 9. TERREMOTO: Também conhecido como sismo, o terremoto é um fenômeno geológico caracterizado por uma forte e rápida vibração da superfície terrestre.
  10. 10. VULCÃO é uma abertura na crosta terrestre, de formato montanhoso, por onde saem magma, cinzas, gases e poeira. Esta estrutura geológica é formada, geralmente, a partir do encontro entre placas tectônicas. Quando um vulcão entra em erupção (em atividade) pode provocar terremotos e lançar na atmosfera grande quantidade de materiais magmáticos, gerando uma ameaça para as populações que moram próximas.
  11. 11. Inundação pode ser o resultado de uma chuva que não foi suficientemente absorvida pelo solo e outras formas de escoamento, causando transbordamentos. Também pode ser provocada de forma induzida pelo homem através da construção de barragens e pela abertura ou rompimento de comportas de represas.
  12. 12. OBS Existe uma diferença entre enchente e inudação diferença fundamental é que o primeiro termo refere- se a uma ocorrência natural, que normalmente não afeta diretamente a população, tendo em vista sua ciclicidade . Já as inundações são decorrentes de modificações no uso do solo e podem provocar danos de grandes proporções.[1]
  13. 13. TSUNAMIS As tsunamis são ondas gigantes com grande concentração de energia, que podem ocorrer nos oceanos. Estas ondas gigantes são provocadas por um grande deslocamento de água que ocorre após uma movimentação de placas tectônicas abaixo dos oceanos. Estes terremotos marítimos, conhecidos como maremotos, deslocam uma grande quantidade de energia formando uma ou mais ondas (tsunamis) que podem atingir as costas dos oceanos, podendo provocar catástrofes.
  14. 14.  As mudanças climáticas globais atingem todo o planeta, sendo o Brasil um dos países que estão inclusos na lista, posto que ultimamente tem apresentado um grande aumento das ocorrências de desastres naturais por todo o país.  Além da seca que assola as regiões norte e nordeste do país, a intensificação das precipitações, junto aos fenômenos climáticos, por exemplo, o “ EL Ninô”, têm demostrado o aumento das temperaturas do índice pluviométrico (chuvas) e tempestades, resultando em diversas catástrofes por todo o país.  De tal maneira, enquanto as regiões do norte e nordeste sofrem com a estiagem, as regiões sudeste e sul, no mesmo momento, sofrem com o aumento das chuvas, levando ao aumento dos alagamentos e desabamentos.  Por fim, a maioria dos desastres no Brasil (mais de 80%) está intimamente relacionada às instabilidades atmosféricas, responsáveis pelo desenvolvimento dos desastres naturais, dos quais estão as inundações, vendavais, tornados, granizos e deslizamentos de terra.
  15. 15.  Ao final essa é a resposta que quase todas as pessoas querem saber. A resposta é não temos como evitar nenhum tipo de desastre natural , nem inundação,tsunamis,terremotos etc... Só tem como nós antecipar antes de acontecer.  Como podemos saber quando vai acontece um desastre natural? Os cientista podem saber quando esta por vim algum ,terromotos,tsumanis,tornados,vulcão em erupção. Nisso tem nos antecipar dá ate tempo de sairmos da cidade.
  16. 16. FIM  Fontes  http://www.todamateria.com.br/desastres-naturais/  http://www.suapesquisa.com/  https://pt.wikipedia.org/wiki/Inunda%C3%A7%C3%A 3o  http://brasilescola.uol.com.br/  http://escolakids.uol.com.br/
  17. 17. Nathalia Souza Santos Isabella Vilas Verde Barbosa Beatriz Mariane 2ºA Profª Maria Teresa Iannaco Grego

×