PMO EM LISARB

278 views

Published on

Titulo: PMO EM LISARB
Alunos:Paulo Esthevan Xavier Teixeira,SUZIE DOS SANTOS PINTO MARTINS SÁ,Pablo Juanito Prazeres da Silva,Eduardo George Martins Sá,Erick Queiroz,Thiago Felipe Barbosa Martin,
Cidade: São Luiz
Disciplina: PMO
Turma: GP19
Data:12-03-2014
Hora:22:05
Comentarios:
Publico até ápos a correção

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
278
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
12
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

PMO EM LISARB

  1. 1. PROJECT OFFICE E NÍVEL DE MATURIDADE FGV/ISAN – São Luís-MA – GPROJ19 Paulo Esthevan Xavier Teixeira – Pablo Juanito Prazeres da Silva – Eduardo George Martins Sá – Suzie dos Santos Pinto Martins Sá – Erick Johnny – Thiago Felipe Barbosa Martin
  2. 2. LOGOTIPO DA EMPRESA E LOGOTIPO DO PROJETO 1 – Logotipo da empresa: 2 – Logotipo do projeto: A PMO Consultoria é uma empresa especializada em implantação de escritórios de projetos, gerenciamento de projetos e portfólios conforme PMI com 15 anos de experiência em gestão de projetos no mundo. Empresa e portfólios fictícios criados pelos integrantes da equipe para realização das atividades da disciplina de Project Office e Nível de Maturidade ministrada em São Luís-MA
  3. 3. INTEGRANTES DA EQUIPE Thiago Felipe – Erick Johnny – Pablo Juanito – Suzie Sá – Eduardo Sá – Paulo Xavier
  4. 4. OBJETIVO DO TRABALHO O objetivo desse trabalho é promover o alinhamento dos projetos que estão diretamente envolvidos com o planejamento estratégico de Lisarb e propor a implantação de PMO no país.
  5. 5. PROCESSO PARA ALINHAMENTO DOS PROJETOS Conhecimento do planejamento estratégico de Lisarb Identificação dos projetos Categorização dos projetos Validação da categorização Categorizados? Levantamento dos critérios de seleção sim não Processo de seleção dos projetos Priorização dos projetos Definição das variáveis de balanceamento Representação gráfica do balanceamento Validação do balanceamento Balanceado? sim não Aprovação do portifólio Aprovação do portifólio Portifólio aprovado? sim não sim não
  6. 6. OBJETIVOS DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE LISARB 1 – Aliança por um LISARB mais justo 2 – Política cidadã baseada em princípios e valores 3 – Educação para a sociedade do conhecimento 4 – Economia para ma sociedade sustentável 5 – Proteção Social 6 – Qualidade de vida e segurança para todos os Lisarbeanos 7 – Cultura e fortalecimento da diversidade 8 – Política externa para o século 21 9 – Combate a corrupção
  7. 7. Lisarb do futuro Conciliar! Eco-cidade Cidade verde Transparência Revigorar Cidadão gestor Cidade de todos Reconstruir Minha cidade minha vida Agilidade Já! Faça Fácil Educar PROJETOS IDENTIFICADOS
  8. 8. Lisarb do futuro Conciliar! Eco-cidadeCidade verde Transparência Revigorar Cidadão gestor Cidade de todos Reconstruir Minha cidade minha vida Agilidade Já! Faça Fácil Educar CATEGORIZAÇÃO DOS PROJETOS JUSTIÇA EDUCAÇÃO ASSISTÊNCIA SOCIAL MEIO AMBIENTE INFRAESTRUTURA Projetos categorizados segundo benefícios em comum
  9. 9. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 10 5 0 TIR 50% > TIR > 30% Abaixo de 5% 5 Prazo < 1 ano > 4 anos 25 Custo < R$5 milhões > R$10 milhões 30 Aceitação > 50% < 10% 25 Aderência ao plano estratégico De 7a 9 objetivos estratégicos são atendidos pelo projeto O projeto atende de 0 a 3 objetivos estratégicos de um total de 9 15 Notas PesoAvaliação
  10. 10. PROCESSO DE SELEÇÃO DOS PROJETOS Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média TIR (viabilidade econômica) 5 0 0 0 0 10 50 10 50 5 25 10 50 0 0 Prazo (tempo para implantação) 25 10 250 5 125 5 125 5 125 0 0 5 125 5 125 Custo (custo do projeto) 30 10 300 5 150 10 300 5 150 5 150 10 300 10 300 Aceitação (aceit. da população) 25 10 250 10 250 10 250 10 250 10 250 5 125 5 125 Aderência ao plano estratégico 15 5 75 10 150 10 150 5 75 5 75 10 150 10 150 TOTAL 100 875 675 875 650 500 750 700 Avaliação Peso Projeto: Conciliar! Projeto: Faça Fácil Projeto: Agilidade já! Projeto: Educar Projeto: Transparência Projeto: Cidadão Gestor Projeto: Minha Cidade, minha vida
  11. 11. PROCESSO DE SELEÇÃO DOS PROJETOS Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média 0 0 0 0 0 0 0 0 10 50 5 25 10 250 5 125 10 250 10 250 5 125 5 125 5 150 5 150 10 300 0 0 5 150 10 300 10 250 5 125 5 125 5 125 10 250 5 125 10 150 5 75 10 150 10 150 10 150 5 75 800 475 825 525 725 650 Projeto: Cidade de todos Projeto: Lisarb do futuro Projeto: Cidade verde Projeto: Eco-Cidade Projeto: Reconstruir Projeto: Revigorar Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média TIR (viabilidade econômica) 5 0 0 0 0 10 50 10 50 5 25 Prazo (tempo para implantação) 25 10 250 5 125 5 125 5 125 0 0 Custo (custo do projeto) 30 10 300 5 150 10 300 5 150 5 150 Aceitação (aceit. da população) 25 10 250 10 250 10 250 10 250 10 250 Aderência ao plano estratégico 15 5 75 10 150 10 150 10 150 5 75 TOTAL 100 875 675 875 725 500 Projeto: Educar Projeto: Transparência Projeto: Faça Fácil Projeto: Agilidade já!Avaliação Peso Projeto: Conciliar!
  12. 12. PROCESSO DE SELEÇÃO DOS PROJETOS O projeto Transparência foi desclassificado devido a seu prazo de implantação estar acima do desejado pelo cliente. Os projetos Eco-Cidade e Lisarb do Futuro também foram desclassificados por apresentarem custo acima do valor restringido pelo cliente. Os projetos que não terão retorno financeiro serão mantidos devido à importância dos mesmos para o desenvolvimento sustentável do país Lisarb. Todos os projetos tiveram aderência aceitável ao planejamento estratégico lisarbeano.
  13. 13. PROCESSO DE PRIORIZAÇÃO DOS PROJETOS Para o processo de priorização foi adotado o ranqueamento ponderado que irá priorizar os projetos que alcançarem maiores pontuações. Projeto Pontuação Conciliar! 875 Agilidade já! 875 Cidade verde 825 Cidade de todos 800 Cidadão Gestor 750 Reconstruir 725 Minha Cidade, minha vida 700 Faça Fácil 675 Revigorar 650 Educar 650 O projeto Conciliar! será priorizado em relação ao projeto Agilidade já! por ter menor prazo de implantação O projeto Revigorar! será priorizado em relação ao projeto Educar por ter menor custo
  14. 14. PROCESSO DE BALANCEAMENTO – Definição das variáveis Categoria Eixo "X" Prazo Cor < 1 ano de 1 a 3 anos entre 3 e 4 anos Custo Tamanho Grande: < R$5 milhões Médio: de R$ 5 milhões a 8 milhões entre R$ 8 e R$ 10 milhões Objetivo estratégico Eixo "Y" Aceitação da população Forma geométrica > 50% de 50 a 30% entre 30 e 10% Representar as categorias no eixo "x" Representar cada objetivo no eixo "y" Onde representar Variáveis de balanceamento Como representar Tamanho pequeno: Tamanho médio: Tamanho grande:
  15. 15. PROCESSO DE BALANCEAMENTO – Representação gráfica 1 – Aliança por um LISARB mais justo 2 – Política cidadã baseada em princípios e valores 3 – Educação para a sociedade do conhecimento 4 – Economia para uma sociedade sustentável 5 – Proteção Social 6 – Qualidade de vida e segurança para todos os Lisarbeanos 7 – Cultura e fortalecimento da diversidade 8 – Política externa para o século 21 9 – Combate a corrupção Justiça Educação Infraestrutura Meio Ambiente Asistência Social Conciliar! Agilidade já! Cidade de todos Cidadão Gestor Reconstruir Minha Cidade, minha vida Faça Fácil Revigorar Educar Cidade verde
  16. 16. PROCESSO DE BALANCEAMENTO – Ações para balanceamento  Identificar novos projetos de forma mais focada, prevendo as lacunas do balanceamento; Realizar nova categorização dos projetos; Rever a avaliação dos projetos; Rever a seleção dos projetos;  Realizar nova priorização dos projetos;  Rever os limites de aceitação dos projetos. Para o processo de alinhamento desse portfólio, será realizada nova identificação de projetos com foco na categoria EDUCAÇÃO e no objetivo estratégico 8 (Política externa para o século 21)
  17. 17. IDENTIFICAÇÃO DE NOVOS PROJETOS – Foco em educação e objetivo estratégico 8 Lisarb Forte Educação já! Interligando Educando para valer Esses projetos foram identificados com foco na categoria “Educação”, portanto já estão previamente categorizados juntamente com o projeto Educar.
  18. 18. SELEÇÃO DOS NOVOS PROJEOS Os novos projetos foram classificados dentro dos limites de avaliação estabelecido para este portfólio e serão selecionados para compor e balancear essa carteira de projetos. Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média TIR (viabilidade econômica) 5 0 0 0 0 5 25 5 25 Prazo (tempo para implantação) 25 10 250 5 125 10 250 5 125 Custo (custo do projeto) 30 10 300 5 150 10 300 5 150 Aceitação (aceit. da população) 25 10 250 10 250 10 250 10 250 Aderência ao plano estratégico 15 10 150 5 75 5 75 5 75 TOTAL 100 950 600 900 625 Avaliação Peso Projeto: Projeto: Projeto: Projeto: Educando para valer Educação já! Interligando Lisarb Forte
  19. 19. PROCESSO DE PRIORIZAÇÃO – Incluindo os novos projetos Projeto Pontuação Educando para valer 950 Interligando 900 Conciliar! 875 Agilidade já! 875 Cidade verde 825 Cidade de todos 800 Cidadão Gestor 750 Reconstruir 725 Minha Cidade, minha vida 700 Faça Fácil 675 Revigorar 650 Educar 650 Lisarb Forte 625 Educação já! 600
  20. 20. PROCESSO DE BALANCEAMENTO – Incluindo novos projetos 1 – Aliança por um LISARB mais justo 2 – Política cidadã baseada em princípios e valores 3 – Educação para a sociedade do conhecimento 4 – Economia para uma sociedade sustentável 5 – Proteção Social 6 – Qualidade de vida e segurança para todos os Lisarbeanos 7 – Cultura e fortalecimento da diversidade 8 – Política externa para o século 21 9 – Combate a corrupção Justiça Educação Infraestrutura Meio Ambiente Asistência Social Conciliar! Agilidade já! Cidade de todos Cidadão Gestor Reconstruir Minha Cidade, minha vida Faça Fácil Revigorar Educar Cidade verde Educando para valer Educação já! Interligando Lisarb Forte
  21. 21. CONCLUSÃO DO BALANCEAMENTO E AUTORIZAÇÃO 1 – Aliança por um LISARB mais justo 2 – Política cidadã baseada em princípios e valores 3 – Educação para a sociedade do conhecimento 4 – Economia para uma sociedade sustentável 5 – Proteção Social 6 – Qualidade de vida e segurança para todos os Lisarbeanos 7 – Cultura e fortalecimento da diversidade 8 – Política externa para o século 21 9 – Combate a corrupção Justiça Educação Infraestrutura Meio Ambiente Asistência Social Conciliar! Agilidade já! Cidade de todos Cidadão Gestor Reconstruir Minha Cidade, minha vida Faça Fácil Revigorar Educar Cidade verde Educando para valer Educação já! Interligando Lisarb Forte Para adequar o balanceamento foi feita nova rodada de identificação de projetos com foco nas lacunas, avaliação e seleção dos mesmos, priorização e, por fim, o balanceamento conforme apresentado no slide anterior. O portfólio está pronto para ser AUTORIZADO.
  22. 22. NÍVEL DE MATURIDADE DO LISARB Com base no resultado do questionário respondido pelos administradores do país, o nível de maturidade do Lisarb está caminhando para o de “Processos comuns” (Nível 2). O questionário nos indica que existe conhecimento em gerenciamento de projetos, uma vez que, alguns projetos possuem WBS, cronogramas, sistemas integrados de controles e controle de mudanças. Nível 2 – Processos Comuns
  23. 23. BENEFÍCIOS DA IMPLANTAÇÃO DE PMO NO LISARB Histórico de projetos; Maior qualidade do produto final; Possibilidade de mapeamento dos riscos; Redução de retrabalho e desperdícios; Projetos focados na estratégia do país; Redução de erros cometidos em projetos; Transparência na execução e andamento dos projetos; Possibilidades para correções de possíveis desvios no curso do projeto.
  24. 24. NÍVEL HIERÁRQUICO ADOTADO Nível recomendado para o Lisarb: Recomendamos iniciar o PMO com a implantação hierárquica do nível 3. Justificativa para implantação do nível 3: Apesar de identificarmos a existência de conceitos de gerenciamento de projetos e alguma aplicação na prática, iniciar pelos níveis 1 ou 2 não é recomendado porque, segundo o questionário, a aplicação das práticas de gerenciamento não é frequente, devido a maturidade que ainda não é sustentável. Além disso, o gerenciamento de projetos pode ser contratado, a estratégia do país não pode ser contratada, por isso estamos recomendando implantação inicial pelo nível 3, visando a organização como um todo. Nível 3 – PMO estratégico visando a organização como um todo.
  25. 25. FOCO DO PMO E PROFISSIONAIS ENVOLVIDOS Foco do PMO Objetivos estratégicos do Lisarb e planejamento de portifólios. Profissionais envolvidos no PMO: Lisarb não tem maturidade suficiente para gerenciar seus projetos, portanto, inicialmente, o PMO atuará no planejamento do portifólio enquanto que o gerenciamento de cada projeto será terceirizado. Nome E-mail telefone Eduardo George Martins Sá eduardogmsa@gmail.com 98-88016660 Erick Johnny erick_johnny19@hotmail.com 98-87716732 Pablo Juanito Prazeres da Silva pablojuanito@gmail.com 98-81389102 Paulo E. Xavier Teixeira pauloesthevan@gmail.com 98 8746 9296 Suzie dos S. Pinto Martins Sá suzieufrj@yahoo.com.br 98-88144676 Thiago Felipe Barbosa Martin thiagofmartin@yahoo.com.br 98-81984486
  26. 26. FUNÇÃO DO PMO Função do PMO: A função do PMO será de Integração com o negócio. Justificativa: O PMO a ser implantado terá a função de integração dos projetos com o negócio. Inicialmente o PMO a ser implantado terá nível hierárquico 3 e irá trabalhar com o planejamento do portfólio, ou seja, alinhando os projetos com os objetivos estratégicos do país. Inicialmente, acreditamos que o gerenciamento dos projetos deverá ser terceirizado por conta do atual nível de maturidade do Lisarb. Integração com o negócio
  27. 27. ARQUITETURA DO PMO (MODELO) Modelo do PMO: Modelo estação meteorológica. Justificativa: O PMO a ser implantado terá atuação estratégica e necessitará de promover constantes atualizações do andamento dos projetos por meio de reportes para a administração do país, posicionando o cliente quanto ao progresso de cada projeto, orçamentos e riscos. O PMO não terá influência na execução do gerenciamento dos projetos uma vez que isso será terceirizado. Assim sendo, o modelo pool de recursos não será adotado aqui. Estação Meteorológica
  28. 28. IMPLEMENTAÇÃO DO PMO Levantamento dos benefícios Identificar Sponsor Identificar o nível de maturidade de Lisarb Apresentar estudo de viabilidade Implantação de PMO aprovada? Encerrar sim não Definir nível hierárquico a ser adotado inicialmente Definir a função do PMO Definir a arquitetura do PMO Definir foco e equipe Definir métricas de sucesso Definir local e projetos para implantação de piloto Iniciar implantação piloto Implementar Início efetivo da implantação do PMO Validar modelo Orçamento para projeto piloto de implantação Validar projeto piloto e autorizar inicio efetivo do PMO no Lisarb não modelo aprovado? sim Inicio da implantação autorizada? Vai para processo de alinhamento dos projetos (SLIDE 5)
  29. 29. MÉTRICAS DE SUCESSO Os indicadores que deverão sinalizar o sucesso do PMO deverão ser realistas, simples e de fácil percepção e divulgação. Indicador 1  Comparação entre quantidade de projetos que falharam antes e depois da implantação do PMO. Um dos benefícios listados para esse PMO é a redução de erros em projetos. Uma das formas de medir esses erros é verificar a redução de projetos fracassados. Indicador 2  Comparação entre o cumprimento de prazos antes e depois da implantação do PMO. Com a implantação do PMO, espera-se atender a outros benefícios citados nesse trabalho como: redução de retrabalho e desperdícios além da possibilidade de correções de desvios em tempo hábil. Uma forma de medir esse benefício é verificando se houve aumento na quantidade de projetos que não tiveram seus prazos comprometidos.
  30. 30. FATORES CRÍTICOS DE SUCESSO 1) Selecionar corretamente o sponsor O sponsor é a razão inicial de existência do projeto de implantação do PMO. O projeto terá grande chance de ser bem sucedido se o sponsor realmente entender os seus benefícios. 2) Compreender os objetivos estratégicos e alinhar os projetos com os mesmos. Se os projetos selecionados não condizerem com os objetivos estratégicos, o portfólio poderá não contribuir para o alcance das metas estratégicas do Lisarb, vindo esse fato a representar um possível fracasso do PMO. 3) Registro de lições aprendidas O registro de lições aprendidas é fundamental para redução dos erros ocorridos em projetos

×