Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Cirurgia Pré Protética

16,345 views

Published on

Cirurgia Pré Protética

Published in: Education
  • Be the first to comment

Cirurgia Pré Protética

  1. 1. Cirurgia Pré-protética PROF. MS. GUILHERME TERRA DISCIPLINA DE CIRURGIA BMF
  2. 2. ConceitoÉ o conjunto de procedimentos cirúrgicos para que a arcada dentária tenha condições de receber uma prótese. Terra, G.
  3. 3. Características ideais dos tecidos Ausência de patologias; Espessura e altura do rebordo; Ausência de espículas Ósseas; Ausência de hiperplasias de tecido mole. Terra, G.
  4. 4. Avaliação do tecido ósseo Visual (Presença de irregularidades); Palpação (Presença de irregularidades); Exames radiográficos (Verificação de irregularidades); Estudo dos modelos. Terra, G.
  5. 5. Avaliação do tecido mole Visual (observar as estruturas; presença de variações); Palpação (Presença de irregularidades); Tencionamento dos tecidos (avaliara presença de freios, bridas, tecidos com mobilidade excessiva). Terra, G.
  6. 6. Plástica de tecido ósseo Remoção de espículas ósseas com limas para osso, instrumentos rotatórios e alveolótomos. Aveoloplastia associada ou não à extrações múltiplas. Remoção do septo inter radicular; Plástica da porção vestibular óssea. Terra, G.
  7. 7. Redução de Tórus Realizado com brocas, cinzel e martelo; Quando o tórus atrapalha a estabilidade da prótese. Terra, G.
  8. 8. Remoção de tecido com hipermobilidade Atrapalha a estabilidade da prótese. Remove-se com bisturi. Reembasar prótese para facilitar a reparação Terra, G.
  9. 9. Aprofundamento do vestíbulo Inserção muscular muito próximo à crista alveolar. Incisão em fundo de sulco. Deixa-se tecido conjuntivo exposto. Terra, G.
  10. 10. Remoção de hiperplasia fibrosa inflamatória Causada por prótese mal adaptadas. Remoção realizada com pinçamento da lesão com pinça Allis e incisão com bisturi em forma de “V”. Reembasar a prótese para não ocorrer recidiva. Terra, G.
  11. 11. Frenectomia e bridectomia Pode causar instabilidade funcional na prótese. Desinserção do freio ou brida. Remover a brida ou reposicioná-la. Terra, G.
  12. 12. Prótese imediata É a prótese realizada para ser instalada logo após o procedimento cirúrgico.  Após exodontias;  Após remoção de tecido ósseo em excesso;  Após remoção de tecido mole em excesso ou com hipermobilidade. Terra, G.
  13. 13. Vantagens Preserva estética; Importância psicológica; Preserva função; Auxilia no tamponamento e na hemostasia. Terra, G.
  14. 14. Desvantagens Custo. Impossibilidade de provas antes da instalação. Necessidade de reembasamento logo após a cirurgia. Necessidade de reembasamento nas seções subsequentes à cirurgia. Necessidade de substituição da prótese em curto tempo. Terra, G.
  15. 15. Avaliação clínica e radiográfica Definir qual procedimento cirúrgico será realizado. Definir quais elementos serão removidos. Planejamento protético cirúrgico. Terra, G.
  16. 16. Sequência clínica Exodontia dos elementos posteriores; Confecção de base de prova e rolete de cera; Montagem em articulador; Prova da montagem dos dentes; Cirurgia no modelo; Procedimento cirúrgico; Reembasamento e instalação da prótese. Terra, G.

×