Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Projeto de tcc

18,595 views

Published on

Slides de orientação para elaboração do projeto de TCC na Fara 2011.1.

  • Muito bom! Recomendo também um curso que fiz pra acelerar meu TCC que deixei pra última hora e não tinha a ajuda do meu orientandor pra elaborar, só fazia dizer pra corrigir isso e aquilo e não ajudava em nada. Vou deixar o link pra quem ficou desesperado como eu e tá sem tempo. ... http://www.cursosebooks.net/tcc-em-1-semana/tcc-sem-drama
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here

Projeto de tcc

  1. 1. PROJETO DE TCC Prof. Ms. Valdirene Alves de Oliveira
  2. 2. INTRODUÇÃO <ul><li>Apresentação e contextualização do problema que será investigado; </li></ul><ul><li>Revisão da literatura ou revisão bibliográfica; </li></ul><ul><li>Compromisso do seu projeto de pesquisa com o projeto coletivo de construção do conhecimento; </li></ul><ul><li>Precisão na definição; </li></ul><ul><li>Definição da abordagem teórica; </li></ul><ul><li>OBS. Retomar as questões apresentadas pelo autor na p’. 172/p.4 </li></ul>
  3. 3. JUSTIFICATIVA <ul><li>Demonstrar a relevância da pesquisa (científica, social) </li></ul><ul><li>Convencer quanto às razões pelas quais o projeto merece ser executado; </li></ul><ul><li>QUESTÕES </li></ul><ul><li>Qual o valor dessa investigação proposta? </li></ul><ul><li>Qual o valor de responder à pergunta que seu trabalho pretende responder? </li></ul><ul><li>O que sua investigação pretende acrescentar ao que já se sabe? </li></ul><ul><li>De que modo os resultados de sua pesquisa contribuirão para o campo de estudos escolhidos? </li></ul><ul><li>Qual será a utilidade desse resultado? </li></ul>
  4. 4. OBJETIVOS <ul><li>Precisão no detalhamento do objetivo; </li></ul><ul><li>Objetivo geral X objetivos específicos; </li></ul><ul><li>Orientam o caminho a ser percorrido </li></ul><ul><li>Questões </li></ul><ul><li>O que se pretende alcançar com essa pesquisa no que diz respeito ao conhecimento? </li></ul><ul><li>Que conhecimentos pretende-se produzir? </li></ul>
  5. 5. METODOLOGIA <ul><li>Caminho que se pretende percorrer para alcançar os objetivos; </li></ul><ul><li>Definição de recursos, </li></ul><ul><li>Definição do trabalho que se pretende fazer para alcançar os objetivos propostos; </li></ul><ul><li>Métodos X metodologia como “leitura e reflexão; </li></ul>
  6. 6. CRONOGRAMA http://www.fameg.edu.br/estagio/cronograma_atividades_projeto_pesquisa.pdf X Entrega do projeto X X Elaboração do projeto X Levantamento bibliográfico X Delimitação do tema X Escolha do assunto jun mai abr mar fev Tarefas/meses
  7. 7. CRONOGRAMA <ul><li>Planejamento do trabalho ao longo do tempo disponível; </li></ul><ul><li>Considerar o tempo real para execução do projeto; </li></ul><ul><li>Distribuição das tarefas de forma clara; </li></ul><ul><li>Um bom projeto é pensado e executado dentro do prazo; </li></ul>
  8. 8. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA/BIBLIOGRAFIA <ul><li>Listagem em ordem alfabética dos autores/obras que subsidiaram a elaboração do projeto (tanto os aspectos técnicos, quanto os conceituais); </li></ul><ul><li>Incluir livros já lidos e os que se pretende ler para a execução do projeto; </li></ul><ul><li>“ De um projeto que aborda determinada problemática e ignora as principais obras já escritas sobre ela, não se pode esperar muito”. (p.5) </li></ul>
  9. 9. CATAR FEIJÃO João Cabral de Melo Neto
  10. 10. CATAR FEIJÃO <ul><li>Catar feijão se limita com escrever:       joga-se os grãos na água do alguidar       e as palavras na da folha de papel;       e depois, joga-se fora o que boiar.       Certo, toda palavra boiará no papel,       água congelada, por chumbo seu verbo: pois para catar feijão, soprar nele,       e jogar fora o leve e oco, palha e eco </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Ora, nesse catar feijão, entra um risco:       o de entre os grãos pesados entre       um grão qualquer, pedra ou indigesto,       um grão imastigável, de quebrar dente. </li></ul><ul><li>      Certo não, quanto ao catar palavras:       a pedra dá à frase seu grão mais vivo:       obstrui a leitura fluviante, flutual,       açula a atenção, isca-a com o risco. </li></ul>
  12. 12. LINHAS DE PESQUISA TCC <ul><li>Alfabetização, </li></ul><ul><li>Concepções de infância, </li></ul><ul><li>A prática pedagógica na EJA, </li></ul><ul><li>As novas tecnologias e a educação, </li></ul><ul><li>A avaliação da aprendizagem nos anos iniciais do ensino aprendizagem, </li></ul><ul><li>Aspectos psicológicos da aprendizagem, </li></ul><ul><li>A aprendizagem e o desenvolvimento na perspectiva inclusiva. </li></ul><ul><li>As novas tecnologias (TICs) e os processos de aprendizagem. </li></ul>Compreende os estudos acerca das teorias, tendências pedagógicas e abordagens metodológicas que permeiam e fundamentam o processo de ensino aprendizagem na educação básica (educação infantil, ensino fundamental, ensino médio) nas diferentes modalidades (EJA, em tempo integral, a distância). Os diversos elementos que compõem o processo de ensino-aprendizagem são afins com essa linha de pesquisa: relação professor-aluno, avaliação, entre outros. 1.Processo de ensino-aprendizagem na educação básica Alguns temas Descrição Linha de pesquisa
  13. 13. <ul><li>A escola em tempo integral, </li></ul><ul><li>A organização do trabalho pedagógico, </li></ul><ul><li>Projeto Político Pedagógico, </li></ul><ul><li>O planejamento educacional; </li></ul><ul><li>O papel do coordenador pedagógico </li></ul><ul><li>Gestão democrática e qualidade do ensino; </li></ul><ul><li>Mecanismos de implementação da gestão democrática; </li></ul><ul><li>A gestão educacional e a aprendizagem dos alunos. </li></ul>Esta linha de pesquisa compreende os trabalhos que tenham como pressuposto de investigação a organização pedagógica e a gestão educacional como elementos importantes no processo de ensino-aprendizagem. Na perspectiva de que a gestão e a organização pedagógica são atividades meio, objetiva aproximar as discussões no nível macro da educação, bem como nos desdobramentos que a organização pedagógica e a gestão estabelecem no cotidiano escolar em sua atividade fim: aprendizagem dos alunos. Nesse sentido, as diferentes concepções de gestão e as formas pelas quais a organização do trabalho pedagógico se configuram estabelecem uma relação direta/indireta o projeto de sociedade em curso. 2.Organização pedagógica e a gestão educacional
  14. 14. <ul><li>A educação como política pública; </li></ul><ul><li>Educação e sociedade </li></ul><ul><li>Políticas educacionais para a educação básica, </li></ul><ul><li>Sistema Nacional de Educação, </li></ul><ul><li>Plano Nacional de Educação, </li></ul><ul><li>As políticas públicas de inclusão, </li></ul><ul><li>Neoliberalismo e educação; </li></ul><ul><li>Mudanças no mundo do trabalho e educação; </li></ul><ul><li>Políticas educacionais de inclusão digital; </li></ul>Os estudos voltados para esta linha de pesquisa verticalizarão as discussões acerca do entendimento que o Estado (em sentido amplo) estabelece com as políticas educacionais e como essas são tecidas na sociedade. A educação é entendida como uma política pública constituída na/ constituinte da sociedade, portanto os estudos percorrerão um caminho de pesquisa que contemple a influência dos elementos macros na educação, bem como as formas de interlocução da educação nesse contexto ampliado. 3. Estado e políticas educacionais
  15. 15. <ul><li>Desafios da formação docente; </li></ul><ul><li>Formação inicial e continuada docente; </li></ul><ul><li>Pesquisa e prática docente; </li></ul><ul><li>Competências e habilidades do professor; </li></ul><ul><li>Saberes docentes e docência; </li></ul><ul><li>A construção da identidade docente; </li></ul><ul><li>Mudanças no mundo do trabalho e implicações para o trabalho docente; </li></ul><ul><li>Formação cultural do professor; </li></ul><ul><li>Aspectos legais da formação docente; </li></ul><ul><li>Aspectos legais de valorização docente; </li></ul>A investigação sobre a formação e a profissionalização docente objetivará compreender como, ao longo da história, a educação escolar, em todos os níveis, considerou e constituiu o docente e o seu papel na educação. As alterações no mundo do trabalho serão compreendidas no âmbito da sociedade e como essas alterações são engendradas no contexto educacional, em seus desdobramentos no trabalho docente. As instâncias de formação inicial docente serão consideradas como lócus importantes na formação e atuação docente legitimadas na sociedade, mas que compõem uma parte na constituição da identidade e dos saberes docentes. Nesse sentido, os demais elementos participantes dessa constituição também são objetos de estudo. <ul><li>Formação e profissionalização docente </li></ul>
  16. 16. PRÓXIMO ENCONTRO <ul><li>ECO, Umberto. A escolha do tema. In: ____. Como se faz uma tese em Ciências Humanas. São Paulo: Perspectiva, 1995. Disponível em: http://www.megaupload.com/?d=VY03UK67 </li></ul><ul><li>Capítulo 3 (p. 69 a 84) </li></ul><ul><li>FACULDADE ARAGUAIA. Normas para elaboração e apresentação de trabalhos acadêmicos e científicos. Goiânia, 2009. </li></ul>

×