Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Energia em movimentos Transferências e transformações de energias em sistemas complexos.
Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Representação de um sistema complexo através de ...
Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul...
Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul...
Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul...
Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul...
Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul...
Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul...
Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul>
Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul>
Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul>
Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul...
Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul...
Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Energia Em Movimentos 10º Ano

13,766 views

Published on

Published in: Technology, Business
  • Be the first to comment

Energia Em Movimentos 10º Ano

  1. 1. Energia em movimentos Transferências e transformações de energias em sistemas complexos.
  2. 2. Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Representação de um sistema complexo através de um ponto material. </li></ul><ul><ul><li>Quando pretendemos estudar apenas quantidades de energia útil ou dissipada responsáveis por efeitos cinéticos, podemos representar um corpo apenas por um ponto – o centro de massa. </li></ul></ul><ul><ul><li>Apenas se estuda movimentos de translação efectuados por corpos sólidos e indeformáveis (se um corpo se deformar a sua energia interna não pode ser desprezada). </li></ul></ul><ul><ul><li>Quando um corpo se move nas condições anteriores, o seu movimento pode ser descrito pelo seu centro de massa – um ponto que se desloca como se possuísse massa igual à do sistema e como se todas as forças que actuam no sistema nele estivessem aplicadas. </li></ul></ul>P N F F N P
  3. 3. Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul><ul><ul><li>Pretendemos deslocar um corpo sem o conseguir, por maior que seja a força que exercemos, este não se move. Para que isto aconteça existem outras forças que equilibram a nossa acção – como resultado global o corpo não se move. </li></ul></ul><ul><ul><li>Será que realizámos trabalho? </li></ul></ul><ul><ul><li>Em Física só há realização de trabalho quando um corpo se move devido à acção da força que se exerce. </li></ul></ul><ul><ul><li>Consideremos as seguintes situações: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Uma pessoa transporta uma mala às costas durante 20 km. A mala durante todo o percurso manteve-se solidária como o nosso corpo. </li></ul></ul></ul>
  4. 4. Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul><ul><ul><ul><li>Elevamos um corpo desde o chão até à nossa cabeça. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Um halterofilista suporta sobre a sua cabeça um corpo com a massa de 200 kg. </li></ul></ul></ul><ul><li>Análise das situações descritas: </li></ul><ul><ul><li>Situação 1 – não há realização de trabalho, pois durante todo o percurso o corpo não se move em relação a nós. </li></ul></ul><ul><ul><li>Situação 2 – há realização de trabalho, pois o corpo move-se devido à acção que exercemos sobre ele. </li></ul></ul><ul><ul><li>Situação 3 - por mais que o halterofilista se esforce, não realiza trabalho. </li></ul></ul>
  5. 5. Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul><ul><ul><li>Se uma força for perpendicular ao movimento de um corpo, não realiza trabalho </li></ul></ul><ul><ul><li>As forças de ligação (reacção normal (suportes) ou a tensão (fios)) não realizam trabalho, apenas restringem as trajectórias dos corpos em que actuam. </li></ul></ul><ul><li>Cálculo da quantidade de energia transferida como trabalho. </li></ul><ul><ul><li>O cálculo seguinte, apenas diz respeito a forças constantes . </li></ul></ul>Sentido do movimento F 1  F 2 P N ө
  6. 6. Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul><ul><ul><li>Apenas a componente da força na direcção do movimento realiza trabalho e este é tanto maior quanto maior for a componente da força na direcção do movimento. </li></ul></ul>F 1  F 2 P N ө Sentido do movimento Componente eficaz (Componente que realiza trabalho) Componente eficaz (Componente que realiza trabalho) Ângulo (ângulo com a direcção do movimento) ө
  7. 7. Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul><ul><ul><li>Cálculo do trabalho realizado por N, P, F 1 e F 2 </li></ul></ul>
  8. 8. Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul><ul><ul><li>Como se calcula a força eficaz. </li></ul></ul>F F ef 
  9. 9. Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul>
  10. 10. Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul>
  11. 11. Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul>
  12. 12. Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul><ul><ul><li>Conclusões: </li></ul></ul><ul><ul><li>Quando o ângulo entre a força e o deslocamento é menor do que 90º - o trabalho realizado pela força é positivo – aumento de energia – transfere energia para o sistema. </li></ul></ul><ul><ul><li>Quando o ângulo entre a força e o deslocamento é igual a 0º - o trabalho realizado pela força é positivo – aumento de energia – transfere energia para o sistema – o trabalho realizado por F é máximo. </li></ul></ul><ul><ul><li>Quando o ângulo entre a força e o deslocamento é igual a 90º - o trabalho realizado pela força é nulo – não há aumento de energia – cos  = 0. </li></ul></ul><ul><ul><li>Quando o ângulo entre a força e o deslocamento é >90 e < 180º - o trabalho realizado pela força é negativo – diminuição de energia – retira energia do sistema – o trabalho realizado por F é resistente. </li></ul></ul>
  13. 13. Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul><ul><ul><li>Exercício </li></ul></ul>Trace na sua folha, a força peso, normal e a força eficaz - Resolução N P F ef = P t
  14. 14. Transferências e transformações de energias em sistemas complexos <ul><li>Transferência de energia como trabalho </li></ul><ul><ul><li>Exercícios </li></ul></ul><ul><ul><li>1. A figura mostra uma força a ser exercida sobre um bloco sobre uma mesa lisa. Para o efeito utiliza um fio, sendo a força aplicada de grandeza constante e igual a N. </li></ul></ul><ul><ul><li>Determine o trabalho realizado por essa força num percurso de 2 m. </li></ul></ul>30º F

×