Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Oficina Pedagógica Cmap Tools

6,576 views

Published on

Oficina Pedagógica sobre Cartografia Cognitiva

Published in: Education, Technology
  • Be the first to comment

Oficina Pedagógica Cmap Tools

  1. 1. Oficina Pedagógica O Cmap Tools na construção de Mapas Conceituais A Cartografia Cognitiva na Prática PRÓ-REITORIA ADJUNTA DE ENSINO A DISTÂNCIA – PROEAD Professor-Tutor: Fernando SC Pimentel
  2. 2. O que são os Mapas Conceituais? <ul><li>Os Mapas Conceituais são recursos didáticos que são representam a informação de forma visual e são usados tanto no contexto educacional quanto no empresarial. O Mapa conceitual é uma técnica poderosa na aprendizagem e no ensino de crianças e adultos. </li></ul>
  3. 4. O Surgimento... <ul><li>Os Mapas Conceituais foram desenvolvidos por Joseph Novak e sua equipe em 1972 durante um trabalho de pesquisa que envolveu: 191 crianças em 5 escolas publicas de Ithaca, NE, EUA. </li></ul><ul><li>Joseph Novak e sua equipe sentiram a necessidade de desenvolver uma ferramenta, fundamentada nos princípios teóricos de Ausubel e Vygotsky , que facilitasse o acesso as informações coletadas nas entrevistas gravadas e que pudesse representá-las de uma forma clara e resumida. </li></ul><ul><li>A técnica de selecionar os conceitos chaves das entrevistas e transcrevê-los construindo uma estrutura hierárquica gerou a ferramenta conhecida hoje por Mapas Conceituais. </li></ul><ul><li>Por meio de um Mapa Conceitual, o conteúdo de entrevistas de 20 páginas pôde ser representado visualmente e expresso em apenas uma página. </li></ul>
  4. 5. <ul><li>Por meio de um Mapa Conceitual é possível observar quando os conceitos são apreendidos na prática, </li></ul><ul><li>Os mapas ilustravam com precisão e claridade a estrutura cognitiva do aluno naquele momento específico </li></ul><ul><li>Os mapas conceituais passaram a ser sistematicamente usados como a ferramenta para representar o desenvolvimento da compreensão e foram reconhecidos como uma técnica poderosa e confiável para representar o conhecimento. </li></ul>
  5. 6. Fundamentação Teórica <ul><li>Os Mapas Conceituais encontram originalmente fundamentação nas teorias de Ausubel e Vygotsky . </li></ul><ul><li>Os Princípios da Teoria de Assimilação de Ausubel : </li></ul><ul><ul><li>O desenvolvimento de novos significados deve ser construído sobre conceitos e proposições relevantes pré-existentes. </li></ul></ul><ul><ul><li>A estrutura cognitiva precisa ser organizada hierarquicamente, com conceitos mais gerais e inclusivos em níveis mais altos da hierarquia e os mais específicos e menos inclusivos abaixo daqueles. </li></ul></ul><ul><ul><li>Quando o aluno aprende de uma maneira significativa as relações entre os conceitos se tornam mais precisas e melhor integradas com outros conceitos e proposições [1] (NOVAK, 2004, p. 460). </li></ul></ul>
  6. 7. <ul><li>Com base nesses princípios, existem três condições para que a Aprendizagem Significativa ocorra: </li></ul><ul><li>1 - os tópicos do conteúdo a ser estudado devem ser desenvolvidos e relacionados entre si numa seqüência organizada, isto é, não arbitrária;  </li></ul><ul><li>2 - o aluno deve querer aprender, tem que ter algum motivo pelo qual se esforçar; </li></ul><ul><li>3 - o material deve ser potencialmente significativo, isto é, não deve estar num nível muito acima ou ser sobre um assunto totalmente desconhecido que impeça a ancoragem na sua estrutura cognitiva. [1] (NOVAK, 2004). </li></ul>
  7. 8. Para que a técnica da construção de mapas conceituais promova a aprendizagem significativa, ela necessita ir ao encontro de três condições: 1 - os conceitos da matéria a ser aprendida devem ser apresentados claramente, relacionando a linguagem e os exemplos ao conhecimento prévio do aprendiz;  2 - o aprendiz precisa já possuir conhecimento prévio relevante; 3 - o aprendiz precisa optar por aprender de maneira significativa para que possa incorporar novos sentidos e não apenas memorizá-los. [2] (NOVAK 2003) As idéias de Vygotsky dão sustentação ao uso dos mapas conceituais, a construção do conhecimento e a influência da interação social para o desenvolvimento potencial do aluno.
  8. 9. Passos para sua construção do mapa conceitual: <ul><li>Fazer a leitura do texto de estudo para a compreensão geral </li></ul><ul><li>Escolher e destacar cerca de 15 conceitos principais do texto, conceitos que, na opinião do aluno, não poderiam faltar se estivessem fazendo um resumo do texto.  </li></ul><ul><li>Agrupar os conceitos (que podem ser compostos por cerca de 3 palavras) de acordo com uma lógica semântica e organizá-los em uma estrutura hierárquica, do mais geral para o mais específico.  O conceito mais inclusor deve ser selecionado para título/ponto de partida do mapa, pois todos os outros conceitos irão se desdobrar desse (se a questão/problema a ser respondida não for muito extensa poderá ser usada como o conceito mais inclusor); </li></ul>
  9. 10. <ul><li>Ligar os conceitos com palavras ou frases de ligação que explicam a relação entre eles, prestando atenção para que os conceitos não sejam repetidos.  </li></ul><ul><li>Procurar ramificar os galhos/pernas a cada nível hierárquico, não se preocupando com a simetria do mapa; </li></ul><ul><li>Procurar estabelecer ligações cruzadas , isto é, ligar conceitos de galhos diferentes; </li></ul><ul><li>Usar setas para indicar se uma ligação cruzada deve ser lida da direita para a esquerda (ou vice-versa) ou para indicar uma ligação em sentido/fluxo contrário, isto é, de baixo para cima; </li></ul><ul><li>Avaliar seu próprio mapa lendo-o em voz alta, prestando atenção à clareza dos conceitos, ao significado expressado pelas ligações estabelecidas entre os conceitos, bem como ao fluxo das idéias;  </li></ul><ul><li>Acrescentar cerca de cinco conceitos seus ao mapa, relacionando-os aos conceitos já mapeados, promovendo assim maior ancoragem e integração do conhecimento novo com o conhecimento prévio.  </li></ul>
  10. 11. O Cmap Tools <ul><li>Vamos aprender a usar? </li></ul><ul><li>“ Mãos na massa!” </li></ul>

×