Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

7. arrebatamento

18,730 views

Published on

7. arrebatamento

  1. 1. O ARREBATAMENTO DA IGREJA Por Moisés Sampaio Moisés Sampaio
  2. 2. Este estudo promove Nos remidos a fé e a esperança na vinda do Senhor. Vigilância acerca do fato de que Jesus virá. “Devemos estar preparados para encontrar com o Senhor” Moisés Sampaio
  3. 3. Pontos importantes Escolas de Interpretação Termos Gregos sobre a volta de Jesus A natureza da volta de Jesus A ordem dos acontecimentos Os participantes do acontecimento Os corpos dos santos Algumas razões acerca do acontecimento
  4. 4. I. ESCOLAS DE INTERPRETAÇÃO Existem três escolas distintas de interpretação a respeito do arrebatamento da Igreja. 1. Pós-tribulacionista. 2. Midi-tríbulacionista. 3. Pré-tribulacionista. Moisés Sampaio
  5. 5. 1. Pós-tribulacionista. Essa escola interpreta que a Igreja remida por Cristo passará pela Grande Tribulação. Moisés Sampaio
  6. 6. 2. Midi-tríbulacionista. Ensina que a Igreja entrará no período da Grande Tribulação até a sua metade. Seus intérpretes se baseiam numa interpretação isolada de Dn 9.27, cujo texto fala que depois do opressor firmar um concerto com Israel por uma semana, “na metade da semana, fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares”. Moisés Sampaio
  7. 7. 3. Pré-tribulacionista. Ensina que o arrebatamento da Igreja ocorrerá antes que se inicie o período da Grande Tribulação. É uma interpretação que honra as Sagradas Escrituras e ajusta- se devidamente à esperança cristã da volta do Senhor nos ares. Moisés Sampaio
  8. 8. II. DUAS PALAVRAS GREGASRELATIVAS AO ARREBATAMENTO 1. Parousia. Literalmente quer dizer “presença”, “chegada rápida”, “visita”.A ênfase maior é dada à vinda corporal e visível de Cristo. 2. Epiphanéia. Literalmente significa “manifestação”, “vir à luz”, “resplandecer” ou “brilhar”. É a volta pessoal de Cristo à Terra que acontecerá com uma manifestação visível e gloriosa (2 Ts 2.8; 1 Tm 6.14; 2 Tm 4.6-8) Moisés Sampaio
  9. 9. 1. Parousia. É a palavra mais freqüentemente usada nas Escrituras para descrever o retorno de Cristo, pois ocorre 24 vezes. Seu sentido é abrangente porque não define apenas a volta de Cristo até ou sobre as nuvens, mas em outras vezes se refere à Sua volta pessoal à Terra (1 Co 15.23; 1 Ts 2.19; 1 Ts 4.15; 5.23; 2 Ts 2.1; Tg 5.7,8; 2 Pe 3.4). Portanto, o sentido é geral e não específico. A ênfase maior é dada à vinda corporal e visível de Cristo. Moisés Sampaio
  10. 10. 2. Epiphanéia. O sentido é mais específico, porque se refere especialmente à vinda sobre as nuvens. É a volta pessoal de Cristo à Terra que acontecerá com uma manifestação visível e gloriosa (2 Ts 2.8; 1 Tm 6.14; 2 Tm 4.6- 8). Moisés Sampaio
  11. 11. III. Natureza da volta de Jesus É literal – é o sentido próprio da palavra, sem ser figurado. É iminente - é o que está prestes a acontecer. É súbita - repentino, inesperado, de repente. Se dará em duas fases Moisés Sampaio
  12. 12. A volta de Jesus – 2 etapas A primeira, invisível para o mundo, é o arrebatamento da Igreja; (1 Ts 4.13-18.) a segunda, visível, fala da vinda de Jesus em glória, especialmente para Israel (Ap 1.8; Zc 14.4).
  13. 13. Arrebatamento da IgrejaDecreto Messias Bodas Pentecostes Arrebatamento Igreja 3 1/2 3 1/2 SESSENTA NOVE SEMANAS 1 SEMANA 483 anos 7 anos Moisés Sampaio
  14. 14. Diferenças das 2 fasesARREBATAMENTO SEGUNDA VINDASerá em segredo (Mt 24.36) Será pública (Ap 1.7)CRISTO vem para a Igreja (1 Ts 4.17) CRISTO vem com a Igreja (Judas 14)Antes da Grande Tribulação (Ap 3.10) Após a Grande Tribulação (Mt 24.29-30)JESUS vem nos ares (1 Ts 4.17) JESUS pisa no Monte das Oliveiras (Zc 14.4)Os santos o verão (1 Ts 4.17) Todo olho verá (Ap 1.7)Tempo de Alegria (I Jo 3.2 Ap 1.6) Tempo de Lamentação (Mt 24.30 Sf 1.17)Incrédulos deixados (Mt 24.40) Incrédulos destruídos (Mt 25. 41-46 Sf 1.17)Em todo o Planeta Fisicamente em Israel Moisés Sampaio
  15. 15. Volta em Glória O Glorioso Aparecimento de CRISTO do Céu para Julgar e GuerrearCRISTO voltará com os crentes e com seus anjos 2 Ts 1.7-10; Jd 14, 15; Ap 19.14CRISTO reunirá os santos da tribulação Mt 24.31; 25.31-40; Mc 13.27; Ap 20.4Os incrédulos não estarão preparados para isso Mt 24.38,39,43CRISTO separará os homens na terra Mt 13.40,41, 47-50; 25.31-46As nações ficarão enfurecidas diante desse evento Ap 11.18Os santos se regozijarão diante desse evento Ap 19.1-8 Is 13.6-12;Ez 20.34-38; Mt 13.41-50; 24.30; 25.41-46;Lc 19.11-17;1TsCRISTO julgará e destruirá os ímpios, inclusive o Anticristo, 5.1-11; e Satanás será aprisionado por mil anos 2Ts 2.7-10,12;Ap 6.6,17; 11.18; 17.14; 18.1-24; 19.11-20.3Os santos da tribulação receberão galardões Mt 5.11,12; 1Co 3.12-14; 9.25-27; Gl 6.9,10; 2Tm 4.8; Ap 20.4Os santos da tribulação compartilharão da glória de CRISTO Mt 25.31-40; Rm 8.29; 2Ts 2.13,14; Ap 20.4 e do seu Reino Moisés Sampaio
  16. 16. Definição O termo “arrebatamento” deriva da palavra raptus em latim, que significa “arrebatado rapidamente e com força”. O termo latino raptus equivale a harpazo em grego, traduzido por “arrebatado” em 4.17. Esse evento, descrito em 1Co 15, refere-se à ocasião em que a igreja do Senhor será arrebatada da terra para encontrar-se com Ele nos ares.
  17. 17. O que a Bíblia diz sobre o arrebatamentoda igreja 1Ts 4.16,17 “Porque o mesmo Senhor descerá do céu com • 1Co 15:51-54 “Eis aqui vos alarido, e com voz de arcanjo, digo um mistério: Na verdade, e com a trombeta de DEUS; e nem todos dormiremos, mas os que morreram em CRISTO todos seremos transformados; ressuscitarão primeiro; depois, nós, os que ficarmos vivos, Num momento, num abrir e seremos arrebatados fechar de olhos, ante a última juntamente com eles nas trombeta; porque a trombeta nuvens, a encontrar o Senhor soará, e os mortos nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.” ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.”
  18. 18. IV. A ordem dos acontecimentos 1. O mesmo Senhor descerá do céu; 2. Os que morrerem em Cristo ressuscitarão primeiro; 3. Os que estiverem vivos por ocasião da vinda do Senhor serão arrebatados, juntamente com os ressurretos, irão “encontrar o Senhor nos ares”. Moisés Sampaio
  19. 19. V. PARTICIPANTES DOARREBATAMENTO DA IGREJA 1. O próprio Senhor Jesus Cristo. 2. O arcanjo. 3. Os mortos em Cristo. 4. Os vivos preparados. Moisés Sampaio
  20. 20. 1. O Senhor Jesus Cristo. Diz a Escritura: “Porque o mesmo Senhor... descerá do céu” (1 Ts 4.16). O apóstolo Paulo dá ênfase ao senhorio de Jesus conquistado no Calvário quando diz : “o mesmo Senhor”. Os vivos em Cristo e os mortos salvos receberão a ordem de comando do próprio Senhor Jesus Cristo. Moisés Sampaio
  21. 21. 2. O arcanjo. “À voz do arcanjo” ou “com voz de arcanjo” (1 Ts 4.16). O texto de Daniel indica que o arcanjo Miguel participará do evento da segunda vinda de Cristo (Dn 12.1), mui especialmente da epiphanéia, quando Cristo, rodeado de exércitos celestiais, descerá sobre a Terra, no monte das Oliveiras (Zc 14.3,4; Ap 1.6,7). No arrebatamento da Igreja, a participação do arcanjo será efetuada pela voz de comando e chamamento. Moisés Sampaio
  22. 22. 3. Os mortos em Cristo. Os mortos em Cristo ouvirão a voz de chamamento da trombeta do Senhor, e “num abrir e fechar de olhos” (1 Co 15.51,52), estarão na presença do Senhor nos ares, com corpos glorificados.A palavra “mortos” diz respeito aos santos que ressuscitarão com corpos transformados em corpo espiritual (soma pneumatikon). Assim como Cristo ressuscitou corporalmente, também, os crentes salvos ressuscitarão corporalmente (Lc 24.39; At 7.55,56). Moisés Sampaio
  23. 23. 4. Os vivos preparados. O mesmo poder transformador atuará nos corpos dos crentes vivos naquele dia. Aos tessalonicenses, Paulo declarou: “depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados” (1 Ts 4.17); e aos coríntios, também, disse: “nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados” (1 Co 15.51) O arrebatamento dos vivos implica livrá-los do período terrível da Grande Tribulação. Moisés Sampaio
  24. 24. IGREJA - conceito ek + kalein para fora chamarChamados para fora Moisés Sampaio
  25. 25. Origem da Igreja Chamado de Descida do Esp.Santo Abraão Israel (Fiéis, Impios)Eternidade Passada Eternidade Futura (Fiéis) Igreja (Fiéis) tempo (Fiéis) Gentios (Fiéis, Impios) Moisés Sampaio
  26. 26. Os corpos dos Santos Os corpos mortais serão revestidos de imortalidade, porque nada terreno ou mortal poderá entrar na presença de Deus. Será o poder do espírito sobre a matéria, do incorruptível sobre o corruptível (1 Co 15.53,54).
  27. 27. VI. ELEMENTOS ESPECIAIS DO ARREBATAMENTO 1. Surpresa. 2. Invisibilidade 3. Imaterialidade 4.Velocidade Moisés Sampaio
  28. 28. 1. Surpresa. A Igreja, constituída pelos mortos e vivos em Cristo, se encontrará nas nuvens com o Senhor e as Escrituras destacam o elemento surpresa (Tt 2.13; Mt 24.35,36,42-44; 25.13). Esse elemento é fundamental porque a Igreja vive na esperança da vinda do Senhor. Moisés Sampaio
  29. 29. 2. Invisibilidade (1 Ts 4.17). Por que será um evento invisível e para quem? Será invisível para o mundo material porque os arrebatados serão constituídos somente dos transformados. A transformação será tão rápida, que nenhum instrumento cronológico terá condição de perceber ou marcar o tempo. Quando o crente conquistar esse corpo imaterial, a matéria perderá totalmente sua força (1 Co 15.43,44,49,51,53).
  30. 30. 3. Imaterialidade (1 Co 15.42, 52,53). Na verdade, a transformação que ocorrerá na vinda do Senhor será extraordinária e gloriosa, pois o que é material se revestirá do imaterial, o corruptível do incorruptível. Todas as limitações da matéria em nossos corpos serão anuladas completamente, pois, literalmente, nossos corpos serão revestidos de espiritualidade.
  31. 31. 4.Velocidade (1 Co 15.52). Para tentar explicar a velocidade do evento, Paulo usou o termo grego átomos, que aparece no texto sagrado pela expressão “num momento”, cujo sentido literal é indivisível , “algo impossível de ser cortado ou dividido”. No caso o tempo. Também encontramos outras expressões bíblicas para denotar velocidade, tais como “abrir e fechar de olhos”, ou “o piscar de olhos”.
  32. 32. PORQUE DO ARREBATAMENTO Para fazer diferença entre o justo e o injusto Provérbios 11:8 Para recompensar por todo trabalho feito a Deus Apocalipse. 22:12 Para premiar os vitoriosos Apocalipse. 3:05 Para não deixar a igreja na tribulação I Tess. 1:10 – I Tess. 5:9 – Apocalipse 6:16 e 17 Para vencer a morte ( corrupção ) I Cor. 15:51-54 Moisés Sampaio
  33. 33. QUEM SERÁ ARREBATADO? Os que crêem em Cristo e o seguem João 3:18-21 e 6:47 Os que ouviram a palavra e creram João 5:24-29 Os que receberam o batismo nas águas Marcos 16:15-16 Os que confessam a fé em Cristo Romanos 10:9-13 Os que amam a vinda de Cristo II Timóteo. 4:8 Cantares 8:14 Moisés Sampaio
  34. 34. Obrigado

×