Redes sociais intensificam cibercrime

449 views

Published on

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
449
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Redes sociais intensificam cibercrime

  1. 1. Redes sociais intensificam cibercrime Fonte: Decision Report 15/02/2011Em 2010 foram lançados mais de 1 milhão de malwares mundialmente, sendo que 78mil foram criados especificamente para atuar no Brasil. O cibercrime estes artifícioscomo meio de executar crimes, envolvendo roubo de informações de cartões decréditos e de senhas de banco, entre outros.Os hackers se valem das falhas de segurança do servidor e da aplicação Web paraatuar. "Dentro deste cenário, a explosão do uso das redes sociais, somados ao grandevolume de informações que ela disponibiliza, cooperaram para intensificar ocibercrime", avalia o diretor de marketing da AVG Brasil, Mariano Sumrell.Como exemplo, em 2010 o YouTube foi vítima de um ataque que direcionavam osusuários a sites com cenas chocantes como violência e pornografia; no Twitter, osusuários foram contaminados por um script malicioso que afetava a interface do siteimpedindo o seu uso; enquanto no Orkut, uma falha foi usada para infectar mais 130usuários que foram inscritos numa comunidade chamada "Infectados pelo Vírus doOrkut" e espalharam o "vírus" para os amigos.Para Sumrell, o maior fluxo de interatividade das redes sociais é uma porta sujeita aser invadida, já que muitas vezes os usuários não utilizam uma ferramenta adequadapara auxiliar a proteção de seus dados."Entramos na era da mobilidade, com aparelhos que oferecem os mesmos problemasde segurança que os desktops e servidores, visto que são verdadeiros computadores.Nesses dispositivos os usuários precisam ter os mesmos cuidados e utilizaremferramentas específicas de proteção", salienta o diretor. www.twitter.com/anyhelpbrasil

×