Aula 3 - Gestão de Benefícios

102,519 views

Published on

aula sobre benefícios

Published in: Education
3 Comments
38 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
102,519
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
21
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
3
Likes
38
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula 3 - Gestão de Benefícios

  1. 1. Centro Universitário Celso Lisboa Aula 3 – Administração de Benefícios. Prof. Angelo Peres. Cada organização define seu plano de benefícios para atender às necessidades dos seus funcionários. Os benefícios ( e serviços ) oferecidos aos funcionários visam a satisfazer vários objetivos. 1
  2. 2. Atendem as necessidades; Individuais Proporcionam uma vida mais tranqüila; etc. Tem como objetivo a atração e retenção; reduzir a Econômicos rotatividade; reduzir absenteísmo, minimizar custo das horas trabalhadas; etc. Sociais Preencher as carências da previdência social; etc. A razão dos benefícios é proteger o bem- estar dos empregados. Eles não foram criados para melhorar o desempenho de cada um dos indivíduos das organizações. 2
  3. 3. A competição do mercado de trabalho faz com que as empresas persigam atrair e manter empregados produtivos. Assim, o próprio mercado cria “pressão” para que as empresas ofereçam pelo menos os mesmos benefícios que a concorrência oferece. PRINCÍPIO DA MÚTUA RESPONSABILIDADE O custeio dos benefícios deve ser de mútua responsabilidade, isto é, os custos do benefício devem ser sempre compartilhado entre a organização e os empregados beneficiados. angelo peres 3
  4. 4. PRINCÍPIO DA ADMINISTRAÇÃO DE BENEFÍCIOS A empresa como organismo social deve propiciar o atendimento as necessidades básicas do seus empregados. Garantir a satisfação das necessidades básicas de cada empregado. Benefícios são a mesma coisa que Recompensas? 4
  5. 5. Benefício são.... Certas regalias e vantagens concedidas a título de pagamento adicional dos salários; ou a parte dos funcionários. Os benefícios compõem a remuneração total do trabalhador. Por outro lado... 5
  6. 6. As empresas investem em recompensas desde que os trabalhadores dêem contribuições ao alcance dos objetivos da organização. Assim, decorre o conceito de remuneração total. Os benefícios são considerados (denominados) de remuneração indireta dado seu caráter econômico-social. 6
  7. 7. Remuneração Total Benefícios Salário Incentivos angelo peres Salários, Financeiras etc Recompensas Reconhe Não- cimento, Financeiras etc 7
  8. 8. Recompensa é um incentivo que se é “dado” a um trabalhador por ultrapassar um determinado desempenho ( ou meta, etc ). Uma das formas de recompensa que as organizações estão utilizando são os chamados programas de remuneração flexível. Assim, os programas de incentivo estão em alta. Na verdade, como os benefícios não foram criados para melhorar o desempenho, as empresas estão investindo em sofisticados sistemas de recompensas. Tais sistemas visam, no limite, estimular certos tipos de comportamentos. 8
  9. 9. Porém, o sistema de recompensa está INSERIDO no pacote total de benefícios que a organização coloca a disposição de seus membros. Algumas recompensas são pouco percebidas pelos trabalhadores como tal. Porém, há que se reforçar que o sistema de recompensas de uma organização constitui em fator básico na indução das pessoas a trabalhar mais em benefício da organização. 9
  10. 10. Assim, um pacote de recompensas visam atender ( atingir ) os seguintes efeitos: Aumento da responsabilidade do trabalhador; Aumento da interdependência do trabalhador para com o grupo e etc; Ajuda a criar valor dentro da organização. Recompensas Financeiras: PLR; Recompensas por tempo de serviço; Recompensas pelo desempenho; Recompensas relacionadas com os resultados departamentais. 10
  11. 11. No passado os benefícios estavam atrelados ao paternalismo. Hoje são um dos mecanismos que as organizações se utilizam a fim de atrair e manter talentos. Assim, benefícios estão ligados a sofisticadas estratégias de: Competição entre as organizações; Uma nova percepção dos trabalhadores quanto a importância dos benefícios no somatório geral de sua remuneração; 11
  12. 12. Exigências dos sindicatos, contratos coletivos e legais; Exigências da legislação trabalhista; Impostos atribuídos às organizações; e Necessidade de contribuir para o bem- estar dos funcionários e a questão da RSE. A competição do mercado de trabalho faz com que as empresas persigam atrair e manter empregados produtivos. Assim, o próprio mercado cria “pressão” para que as empresas ofereçam pelo menos os mesmos benefícios que a concorrência oferece. 12
  13. 13. PRINCÍPIO DA ADMINISTRAÇÃO DE BENEFÍCIOS A empresa como organismo social deve propiciar o atendimento as necessidades básicas do seus empregados. Garantir a satisfação das necessidades básicas de cada empregado. PRINCÍPIO DA MÚTUA RESPONSABILIDADE O custeio dos benefícios deve ser de mútua responsabilidade, isto é, os custos do benefício devem ser sempre compartilhado entre a organização e os empregados beneficiados. 13
  14. 14. Cada organização define seu plano de benefícios para atender às necessidades dos seus funcionários. Os benefícios ( e serviços ) oferecidos aos funcionários visam a satisfazer vários objetivos. Atendem as necessidades; Individuais Proporcionam uma vida mais tranqüila; etc. Tem como objetivo a atração e retenção; reduzir a Econômicos rotatividade; reduzir absenteísmo, minimizar custo das horas trabalhadas; etc. Sociais Preencher as carências da previdência social; etc. 14
  15. 15. A razão dos benefícios é proteger o bem- estar dos empregados. Eles não foram criados para melhorar o desempenho de cada um dos indivíduos das organizações. Monetários e legais Férias 13° Salário Abono de férias Repouso semanal remunerado Contribuição para a previdência social Salário família 15
  16. 16. Salário (licença) maternidade Salário educação Trabalho noturno Horas-extras Aposentadoria Seguro acidente de trabalho Auxílio doença Benefícios espontâneos: Gratificações Refeições Transporte Assistência médica e Seguro de vida odontológica Empréstimos Complementação de aposentadoria 16
  17. 17. Check-up anual Outros Creches para os filhos Locais esportivos ou de lazer Licença luto ( ou de outra natureza ) Assistência farmacêutica Bolsas de estudo Cesta básica Auxílio-moradia Outplacement Estacionamento Auxílio funeral Benefícios não- Refeitório monetários. Serviço social Clubes e/ou grêmios esportivos Transporte Horário flexível etc 17
  18. 18. Boa Noite! 18

×