Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Aula 11 final 2 poder liderança 2012.1

500 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Aula 11 final 2 poder liderança 2012.1

  1. 1. 01/06/2012Aula 11 Disciplina: Poder, Liderança e Ética. Assediar é perseguir com Tema: Assédio Moral nas Organizações. insistência. Prof. Angelo Peres Assédio moral no trabalho é No fim das contas, “qualquer conduta abusiva (gesto, assediar consiste em palavra, comportamento, atitudes) que atente, por sua repetição ou “submeter sem trégua a sistematização, contra a dignidade pequenos ataques ou integridade psíquica ou física de repetidos”. uma pessoa, ameaçando seu emprego ou degradando o clima de trabalho”. Fonte: Hirigoyen, 2002, p.15. Fonte: Hirigoyen, 2002, p. 17. O AM tornou-se mais acentuado na sociedade atual em Nesta nova era, os empregados são consequência da banalização “treinados” a creditar que sua das injustiças com os recursos empregabilidade depende, humanos, os maus-tratos; e, em exclusivamente, deles mesmos; e especial, nas empresas onde a que, assim, precisam ser lógica é o capital e a competentes, parceiros, dedicados acumulação... Em detrimento do e totalmente disponíveis a empresa crescimento e do bem-estar dos que representam e ao cliente que a seres humanos. cada dia é mais investido de poder. 1
  2. 2. 01/06/2012 Em linha gerais, as empresas deste ângulo, ameaçam seus Nesta nova era a ética das corporações para os colaboradores, e estes são empregados é atender as submetidos ao silêncio, a necessidades do cliente humilhação, são (sem contestar), bem como inferiorizados, ironizados, ter competência, produtividade e amedrontados e difamados. submissão. No AM o indivíduo passa a ser maltratado, sem saber o por quê. Iniciando, assim, um processo de suposições e busca de respostas. Fora isto, o assediado (quase sempre) não conta com a ajuda Os trabalhadores vivem tensos, dos colegas de trabalho. preocupados em ter um emprego, bom desempenho, e este (o Até por que estes estãodesempenho) deve agradar o patrão preocupados com seu próprio e o cliente. “umbigo”.Nestes casos, a omissão por parte destes colegas, torna-se O AM é um ato que visa cumplicidade. manipular o outro e Colocando estes omissos na desapossá-lo de sua mesma situação de liberdade. Começa, responsabilidade de quem geralmente, de formaefetivamente pratica ou praticou o inofensiva e evolui para ato perverso. maus-tratos e manobras hostis e degradantes. 2
  3. 3. 01/06/2012 O AM caracteriza-se pela O AM é um abuso de poder e repetição, fazendo-se diferenciar manipulação degradante. de outras formas de molestamento. O AM tem um jogo de “claro e escuro”, de ditos e não ditos. De “Trata-se de um fenômeno ofensas sutis.assustador, porque é desumano, Neste prisma, a pessoa perde sua sem emoção e piedade”. auto-estima, se desequilibra e, em Fonte: Hirigoyen, 2000, p. 66. alguns casos, se “destrói”.Torna-se um ambiente, entre Nesse contexto, o AM assediador e assediado, de torna-se importante estresse e conflito. meio para fazer comE, por fim, o assediado fica, que as pessoas abram em muitos casos, com mão de seus valores e sintomas de cansaço, ansiedade e depressão, aceitem as normas do entre outros. grupo.Ambientes sadios são locais onde Altas cargas e trabalho eimperam o respeito ao sentimento pressão por atingir metas e e aos valores dos outros ( sua diversidade ), bem como aceita resultados não é AM. cada indivíduo como único, AM só pode ser caracterizadoporém, igual em direitos, deveres e assim quando estes são status de pessoa. impostos às pessoas comoAinda, nestes ambientes sadios há forma de humilhá-las e diálogo e igualdade. prejudicá-las deliberadamente. 3
  4. 4. 01/06/2012 AM é um Em alguns casos confunde-se estresse com AM. processo Ou seja, no caso do estresse, geralmente, este é de ordem física, ocasionando, longo e cansaço por carga elevada de trabalho. sutil. Porém, uma noite de repouso passa este sintoma. No caso do AM o sofrimento é psicológico e constúnuo, podendo prolongar-se por muito tempo; e, em muitos casos, visa intencionalmente prejudicar o indivíduo. O AM como passou a ser um Em casos específicos, estes não assunto observado podem ser tratados como AM e sim internacionalmente, toma como atitudes grosseiras, praticadas diferentes nomes: bullying por pessoas tirânicas. (USA), mobbing (Suécia), AM consiste numa forma sutil de psicoterror laboral (Espanha), agressão e é muito mais difícil de ser harcèlement moral (França) e provado. ijime (Japão). Em qualquer definição sobre AM, este é “uma violência sub-reptícia, não assimilável, mas que, no “As desqualificações vão aos entanto, é muito destrutiva.” poucos minando a autoconfiança do trabalhador e da trabalhadora, predominando o sentimento de Ainda, os instrumentos de assédio são insegurança e de culpa que o tempovelados, porém, repetidos, continuados, não é capaz de amenizar.” humilhantes, premeditados e que subjugam o outro. Fonte: Hirigoyen, 2002, p. 17. Fonte: Barreto, 2002, p. 13. 4
  5. 5. 01/06/2012 Vertical Horizontal TIPOS DE ASSÉDIO MORAL Sempre precedidos de dominação psicológica do agressor e da dominação forçada da vítima (HIRIGOYEN, 2002, p. 27). Há, também, em alguns casos, Os motivos do AMV é, os chamados assédios mistos, que ocorrem de forma entre outros, o consciente por parte dos dois autoritarismo, o abuso tipos de assediadores (AMV e AMH). Ou, em alguns casos porde poder, a insegurança força de omissão da chefia. Pois, e a necessidade de a partir que ele toma conhecimento do assédio e não autovalorização do toma providências, passa a ser agressor. co-autor. Quanto aos métodos de se assediar uma pessoa (no ambiente de trabalho), os mais comuns são: i) deteriorização No limite, todaproposital das condições de trabalho; ii) a crítica destrutiva; iii) a indução do prática de assédio empregado ao erro de forma moral visadeliberada/planejada; iv) o isolamento (ou a falta de inclusão do trabalhador nos desestruturar o processos de trabalho); v) atos deviolência quanto a dignidade humana (por indivíduo e feri-lo exemplo, desqualificação de sua origem ou de suas crenças religiosas, etc). intimamente. 5
  6. 6. 01/06/2012 Em resumo, as formas de AM maiscomuns são: i) a desqualificação da Referências:competência técnica do assediado; BARRETO, M. Assédio Moral. In: Jornal da ii) demonstrações de que a rede feminista de saúde, no. 25, junho 2002.presença do assediado é totalmente HIRIGOYEN, M.F. Assédio Moral. Rio de desnecessária e, por isso, ele é janeiro: Bertrand, 2002. _______ . O mal-estar no trabalho. Rio de imperceptível; iii) e os desvios de Janeiro: Bertrand, 2002. função, quase sempre para PASSOS, E. Ética nas organizações. São atividades inferiores as que ele Paulo: Atlas, 2012. geralmente desempenha. 6

×