Articulação do trabalho da BE com os programas de Português

2,116 views

Published on

Documento disponibilizado pela Coordenadora Interconcelhia da RBE, Dra Isabel Nina, no âmbito da ação " Biblioteca Escolar, leitura e literacias nos Programas de Português do Ensino Básico", realizada a 9 de novembro de 2011, na Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas Gândara Mar - Tocha.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,116
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,211
Actions
Shares
0
Downloads
50
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Articulação do trabalho da BE com os programas de Português

  1. 1. BibliotecaEscolar, leitura e literacias nosProgramas de Português do Ensino Básico
  2. 2. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  3. 3. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  4. 4. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  5. 5. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico Ponto de partida… Análise SWOT à BE
  6. 6. Enquadramento… Domínio A A. 1 Articulação curricular da biblioteca escolar com asnos Programas de Português do Ensino Básico estruturas de coordenação e supervisão pedagógica e com os docentesBE, leitura e literacias PORTUGAL. Ministério da Educação. Gabinete da Rede Bibliotecas Escolares. (2011). Modelo de avaliação da biblioteca escolar. Lisboa: RBE, 19.
  7. 7. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico MUDAM-SE MUDAM-SE PERMANECEM OS TEMPOS… AS VONTADES … AS REALIDADES …
  8. 8. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico A REALIDADE … DOS RESULTADOS
  9. 9. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico A REALIDADE … DOS RESULTADOS
  10. 10. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico A REALIDADE…
  11. 11. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico A REALIDADE … DA BIBLIOTECA ESCOLAR
  12. 12. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico A REALIDADE … DA BIBLIOTECA ESCOLAR
  13. 13. A REALIDADE … DA BIBLIOTECA ESCOLARnos Programas de Português do Ensino Básico DOMÍNIOS DE AÇÃO SERVIÇO DE BIBLIOTECA A. Apoio ao desenvolvimento curricular A.1 Articulação curricular da BE com as estruturas de coordenação e supervisão pedagógica e com os Circulação de fundos docentes A.2 Promoção das literacias da informação, tecnológica e digital Partilha de práticasBE, leitura e literacias B. Leitura e literacia C. Projetos, parcerias e Ambientes digitais atividades livres e de abertura à comunidade D. Gestão da biblioteca escolar
  14. 14. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico A REALIDADE … PROFESSOR BIBLIOTECÁRIO
  15. 15. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico A REALIDADE … PRIORIDADES EDUCATIVAS
  16. 16. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  17. 17. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  18. 18. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  19. 19. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  20. 20. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico O CONTEXTO DA SOCIEDADE ATUAL…
  21. 21. FUNÇÕES DA BIBLIOTECA ESCOLAR De acordo com a DECLARAÇÃO POLÍTICA DA IASL SOBREnos Programas de Português do Ensino Básico BIBLIOTECAS ESCOLARESBE, leitura e literacias
  22. 22. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico PAPEL (ROSS TODD) DA BIBLIOTECA ESCOLAR
  23. 23. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  24. 24. nos Programas de Português do Ensino Básico Português Biblioteca escolar “Saber fundador, que “Contributo essencial para valida as aprendizagens o sucesso educativo, em todas as áreas sendo um recursoBE, leitura e literacias curriculares e contribui de fundamental para o um modo decisivo para o ensino e a aprendizagem.” sucesso escolar dos alunos.” PPEB, 2009: 21 MABE, 2011: 9
  25. 25. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  26. 26. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  27. 27. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  28. 28. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  29. 29. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  30. 30. COLABORAÇÃOnos Programas de Português do Ensino Básico DESAFIO E OPORTUNIDADE DE MUDANÇA FATORES POTENCIADORES Formação dos docentes (entendimento da missão da BE, conteúdo funcional do professor bibliotecário); Conhecimento do currículo por parte do professorBE, leitura e literacias bibliotecário (PB); Apoio por parte dos órgãos de gestão / coordenação; Liderança do PB; Trabalho conjunto / articulado de desenvolvimento de competências.
  31. 31. nos Programas de Português do Ensino Básico Modelo de Programas de Avaliação da Português do Biblioteca + Ensino Básico Escolar Um desejável e profícuo diálogo em prol da =BE, leitura e literacias articulação curricular e do trabalho colaborativo. A EFETIVAÇÃO DOS PRESSUPOSTOS DA BE
  32. 32. nos Programas de Português do Ensino Básico “Entende-se por leitura o processo interativo que se estabelece entre o leitor e o texto, em que o primeiro apreende e reconstrói o significado ou os significados do segundo. […] Leitura – (re)construção de sentidos.BE, leitura e literacias [E]m termos translatos, a leitura pode ainda ser entendida como atividade que incide sobre textos de diversos suportes e linguagens, para além da escrita verbal.” PORTUGAL. Ministério da Educação. Direção-Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular. (2009). Programas de Português do Ensino Básico. Lisboa: DGIDC, 16, 103.
  33. 33. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  34. 34. DA NASCENTE À (F)VOZ …nos Programas de Português do Ensino Básico A FORMAÇÃO DO LEITOR PROGRAMAS DE PORTUGUÊS DO ENSINO BÁSICO 2.º CICLO -“Os graus de proficiência alcançados no final do ciclo anterior deverão permitir agora aos alunos desenvolver atividades e tarefas que, favorecendo a sua formação enquanto leitores autónomos, façam despertar neles a apetência pela leitura e a descoberta de uma amplaBE, leitura e literacias diversidade de obras literárias e de textos não literários. -[A BE] deve constituir-se como polo dinamizador de atividades, enquadradas pelo PCT ou pelo PEE, como espaço ideal de leitura e de outras atividades. Espera-se sobretudo (mas não só) que desempenhe um papel relevante no que toca à promoção da leitura e que sirva para fomentar o desenvolvimento das competências de saber fazer.” Programas de Português do Ensino Básico, 2009:74, 110.
  35. 35. DA NASCENTE À (F)VOZ …nos Programas de Português do Ensino Básico A FORMAÇÃO DO LEITOR PROGRAMA DE PORTUGUÊS 3.º CICLO -“Pretende-se o desenvolvimento da autonomia progressiva do aluno, ampliando e consolidando as suas competências deBE, leitura e literacias leitor. O objetivo será atingir um perfil de leitor mais confiante e mais arguto.” - Aumentar a […] eficácia enquanto leitor crítico. - O uso da biblioteca escolar para desenvolver a leitura por interesse pessoal.” Programas de Português do Ensino Básico, 2009:139, 146-147, 152.
  36. 36. nos Programas de Português do Ensino Básico PROGRAMA DE PORTUGUÊS 2.º Ciclo LER PARA CONSTRUIR CONHECIMENTO(S) – “Ler de modo autónomo, em diferentes suportes […]. – Utilizar técnicas adequadas ao tratamento da informação […]. – Ler em voz alta com fluência e expressividade para partilhar informações eBE, leitura e literacias conhecimentos. LER TEXTOS LITERÁRIOS – Fazer a leitura integral de textos literários representativos dos três modos literários. […] – Expressar ideias e sentimentos provocados pela leitura de um texto literário. LER PARA APRECIAR TEXTOS VARIADOS – Selecionar, por sua iniciativa e de acordo com o seu gosto pessoal, obras de extensão e complexidade crescentes.” Programas de Português do Ensino Básico, 2009:83, 85,87.
  37. 37. nos Programas de Português do Ensino Básico PROGRAMA DE PORTUGUÊS 3.º Ciclo LER PARA CONSTRUIR CONHECIMENTO(S) – “Utilizar, de modo autónomo, a leitura para localizar, selecionar, avaliar e organizar a informação. – Interpretar textos com diferentes graus de complexidade […].BE, leitura e literacias LER TEXTOS LITERÁRIOS – Exprimir opiniões, problematizar sentidos […]. LER PARA APRECIAR TEXTOS VARIADOS – Ler por iniciativa e gosto pessoal […] (Nota 4: Criação na aula de espaços de diálogo e partilha de leituras realizadas; divulgação de livros; incentivo à utilização da biblioteca escolar). “ Programas de Português do Ensino Básico, 2009: 123, 125.
  38. 38. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  39. 39. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  40. 40. nos Programas de Português do Ensino Básico Fatores críticos de sucesso • Disponibilização de uma coleção variada e adequada aos gostos, interesses e necessidades dos utilizadores; • Empréstimo [presencial e] domiciliário; • Criação de instrumentos de apoio a atividades de leitura e de escrita; • Articulação de atividades com os docentes/sala de aula no âmbito de desenvolvimento de competências de leitura/literacia;BE, leitura e literacias • Dinamização de sessões, clubes de leitura, fóruns, blogues, encontros com escritores; • Promoção da leitura em ambientes digitais, explorando as possibilidades facultadas pela Web, como o correio eletrónico, wikis, Youtube, outros; • Outros eventos que aproximem os alunos da leitura e incentivem o gosto pela leitura. Modelo de avaliação da biblioteca escolar, (adaptação), 2011:30, 32
  41. 41. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  42. 42. nos Programas de Português do Ensino Básico “Hoje […] as bibliotecas escolares sobre as quais nos propomos reflectir surgem como recursos básicos do processo educativo, sendo-lhes atribuído papel central em domínios tão importantes como [...] (iv) a capacidade de selecionar informação e atuar criticamente perante aBE, leitura e literacias quantidade e diversidade de fundos e suportes que hoje são postos à disposição das pessoas.” VEIGA, Isabel et al. (1996). Lançar a Rede de Bibliotecas Escolares. Lisboa: Ministério da Educação.
  43. 43. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  44. 44. O ACESSO E O TRATAMENTO DA INFORMAÇÃOnos Programas de Português do Ensino Básico PROGRAMA DE PORTUGUÊS 2.º Ciclo Ler para construir conhecimento(s) “Localizar a informação a partir de palavra ou expressão chave e avaliar a sua pertinência (3). [Nota 3 – Por ex., treino, na biblioteca ou no centro de recursos, de pesquisa em suporte papel (índices, ficheiros, (…) e informático (endereços eletrónicos, motores de busca…), por palavras, por expressão… Leitura rápida da superfície textual para seleção daBE, leitura e literacias informação relevante.] Utilizar técnicas adequadas ao tratamento da informação: -sublinhar, tomar notas, esquematizar, preencher grelhas de registo, sintetizar. Escrita Utilizar técnicas específicas para selecionar, registar, organizar ou transmitir informação.” […] Programas de Português do Ensino Básico, 2009:83, 88.
  45. 45. O ACESSO E O TRATAMENTO DA INFORMAÇÃOnos Programas de Português do Ensino Básico PROGRAMA DE PORTUGUÊS 3.º Ciclo Ler para construir conhecimento(s) “Utilizar, de modo autónomo, a leitura para localizar, selecionar, avaliar e organizar a informação. [Conteúdos – bibliografia]BE, leitura e literacias Utilizar procedimentos adequados à organização e tratamento da informação: -tomar notas; identificar ideias-chave; elaborar e utilizar grelhas de registo, esquematizar.” Programas de Português do Ensino Básico, 2009: 123.
  46. 46. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  47. 47. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  48. 48. LITERACIASnos Programas de Português do Ensino Básico Programa de Português 2.º Ciclo “[…] O domínio de literacias múltiplas, nomeadamente a literacia visual (com suporte nas imagens) e, de uma maneira geral, a tecnológica (TIC), deve ser instituída enquanto critério ao serviço da diversidade textual.) [Leitura de textos literários, não literários e textos de caráter científico permitem] o desenvolvimento da literacia científica que favorece aBE, leitura e literacias aprendizagem nas outras disciplinas do currículo. Necessidade incontornável de inclusão de textos de caráter multimodal, não literários e literários, o que implica ter em conta o conceito de multiliteracia. Estamos a falar de significação que pode ser simultaneamente verbal, visual, musical, muitas vezes com associação de som e movimento.” Programas de Português do Ensino Básico, 2009: 101, 103, 104.
  49. 49. nos Programas de Português do Ensino Básico LITERACIA DA INFORMAÇÃO Programa de Português 3.º Ciclo “Pretende-se criar condições para o desenvolvimento amplo das diferentesBE, leitura e literacias competências, em particular da leitura em diferentes suportes e da literacia da informação.” Programas de Português do Ensino Básico, 2009: 152.
  50. 50. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  51. 51. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico LITERACIA DA INFORMAÇÃO
  52. 52. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  53. 53. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  54. 54. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  55. 55. COMPETÊNCIAS DE INFORMAÇÃO NO PROGRAMA DE PORTUGUÊS DO 2.º CICLOnos Programas de Português do Ensino Básico i) Utilizar criticamente a Internet na busca e no tratamento de informação multimodal, em função de diferentes objetivos de estudo; ii) Utilizar programas informáticos tendo em vista uma apresentação cuidada de trabalhos; iii) Utilizar programas de processamento e edição de textoBE, leitura e literacias para as tarefas de revisão da escrita; iv) Trocar e partilhar informação por via eletrónica, respeitando regras de comportamento no uso da Internet; v) Ser crítico, relativamente ao uso das TIC no acesso à informação, na resolução de problemas ou na produção de trabalho criativo. Programas de Português do Ensino Básico, 2009: 109.
  56. 56. COMPETÊNCIAS DE INFORMAÇÃO NO PROGRAMA DE PORTUGUÊS DO 3.º CICLOnos Programas de Português do Ensino Básico • O uso da biblioteca escolar para realizar trabalhos de pesquisa, com base em diferentes suportes de informação; • A utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação deve ser favorecida como ferramenta de aprendizagem, como recurso documental para acesso à informação, na resolução de problemas ou como auxiliar na elaboração de trabalhos.BE, leitura e literacias • O uso crítico das TIC na seleção e na avaliação da informação obtida; • O respeito pelas regras éticas no uso da informação pesquisada; • A utilização crítica e criativa das potencialidades das TIC, na produção, revisão, correção e comunicação de trabalhos. Programas de Português do Ensino Básico, 2009: 152-153
  57. 57. nos Programas de Português do Ensino Básico Fatores críticos de sucesso . […] A BE propõe um modelo de pesquisa de informação a ser usado por toda a escola. . A BE produz e divulga, em colaboração com os docentes, guiões de pesquisa e outros materiais de apoio ao trabalho de exploração dos recursos de informação pelos alunos.BE, leitura e literacias . A equipa da BE participa, em cooperação com os docentes, nas atividades de educação/ensino de competências de informação com turmas/grupos de alunos. . A BE organiza e participa em atividades de formação para docentes e alunos no domínio da literacia tecnológica e digital. […] Modelo de avaliação da biblioteca escolar, (adaptação), 2011: 24, 26.
  58. 58. BE, leitura e literacias nos Programas de Português do Ensino Básicohttp://biblos-tocha.blogspot.pt/p/literacia-da-informacao.html
  59. 59. nos Programas de Português do Ensino BásicoBE, leitura e literacias http://www.scribd.com/full/43736310?access_key=key-1newv3tbxsiswrfyulc4
  60. 60. nos Programas de Português do Ensino BásicoBE, leitura e literacias http://www.scribd.com/full/43736310?access_key=key-1newv3tbxsiswrfyulc4
  61. 61. BE, leitura e literacias nos Programas de Português do Ensino Básicohttp://biblos-tocha.blogspot.pt/p/literacia-da-informacao.html
  62. 62. BE, leitura e literacias nos Programas de Português do Ensino Básicohttp://biblos-tocha.blogspot.pt/p/literacia-da-informacao.html
  63. 63. BE, leitura e literacias nos Programas de Português do Ensino Básicohttp://biblos-tocha.blogspot.pt/p/literacia-da-informacao.html
  64. 64. BE, leitura e literacias nos Programas de Português do Ensino Básicohttp://www.rbe.min-edu.pt/np4/123.html
  65. 65. BE, leitura e literacias nos Programas de Português do Ensino Básicohttp://www.rbe.min-edu.pt/np4/108.html
  66. 66. nos Programas de Português do Ensino BásicoBE, leitura e literacias http://www.rbe.min- edu.pt/np4/atividades/?data=&tipo=Literacia_da_informa%C3%A7%C3%A3o&txt=&x=0&y=0
  67. 67. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  68. 68. ESCRITAnos Programas de Português do Ensino Básico Escrever para construir e expressar conhecimento(s) 2.º Ciclo 3.º Ciclo “Utilizar técnicas específicas para “Redigir textos coerentes, selecionar, registar, organizar ou selecionando registos e recursos transmitir informação (5). verbais adequados: [Nota 5 – cf. Leitura: “Utilizar técnicas -Desenvolver pontos de vista pessoais ou adequadas ao tratamento da mobilizar dados recolhidos em diferentes fontes de informação (9). (Nota 9:BE, leitura e literacias informação”.) [Conteúdos – ficha bibliográfica, recado, Seleção de informação adequada às aviso, lembrete, SMS,..]. necessidades de trabalho, interpretação Rever o texto, aplicando procedimentos crítica da informação pesquisada e sua mobilização de acordo com os de reformulação (4). [Nota 4. É princípios éticos do trabalho vantajoso recorrer à edição eletrónica].” intelectual (normas para citação, indicação das fontes utilizadas, produção de bibliografias…).” Programas de Português do Ensino Básico, 2009: 88-89, 126-127.
  69. 69. nos Programas de Português do Ensino Básico “A escola deverá dar ao material escrito um estatuto de especial relevo, não apenas no que diz respeito à sua quantidade e variedade, mas também no que toca à sua visibilidade, assumindo aqui uma importância fundamentalBE, leitura e literacias os materiais expostos com o objetivo de informar e de divulgar. Nesse sentido um dos recursos a potencializar é a biblioteca escolar.” Programa de Português do 1.º Ciclo do Ensino Básico, 2009:67.
  70. 70. nos Programas de Português do Ensino Básico “Instituição de circuitos de comunicação que assegurem a circulação dos escritos produzidos (rotinas de leitura de textos à turma, intercâmbio com outrasBE, leitura e literacias turmas, página ou blogue da turma ou da biblioteca escolar.” Programas de Português do Ensino Básico, 2009: 150.
  71. 71. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  72. 72. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico Em suma…
  73. 73. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  74. 74. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  75. 75. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  76. 76. Gráfico 1 Caracterização da amostranos Programas de Português do Ensino Básico 24% 35% 1º Ciclo - 1º Ano 12% 1º Ciclo - 2º Ano 2º Ciclo - 5º Ano 29% 3º Ciclo - 7º Ano Gráfico 2 Número de manuais analisadosBE, leitura e literacias 1º Ano 7º Ano 4 6 2º Ano 2 5º Ano 5 1º Ano 2º Ano 5º Ano 7º Ano
  77. 77. Gráfico 3 Frequência de ocorrência da biblioteca escolar e da pesquisa no manual escolarnos Programas de Português do Ensino BásicoBE, leitura e literacias
  78. 78. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico Gráfico 4 Conceção de biblioteca escolar no manual
  79. 79. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  80. 80. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  81. 81. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  82. 82. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  83. 83. A voz da literacia da informaçãonos Programas de Português do Ensino BásicoBE, leitura e literacias http://www.rbe.min-edu.pt/np4/atividades/?id=1787
  84. 84. A voz da literacia da informação…nos Programas de Português do Ensino Básico … ATRAVÉS DE UMA PROFESSORA BIBLIOTECÁRIA E DOCENTE DE PORTUGUÊSBE, leitura e literacias http://www.rbe.min-edu.pt/si/pubjson/downAct.jsp?i=1907
  85. 85. BE, leitura e literacias nos Programas de Português do Ensino Básicohttp://www.rbe.min-edu.pt/si/pubjson/downAct.jsp?i=1907
  86. 86. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  87. 87. BE, leitura e literacias nos Programas de Português do Ensino Básico(Aluno ucraniano)
  88. 88. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  89. 89. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  90. 90. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico
  91. 91. nos Programas de Português do Ensino Básico "Quanto ao futuro, o que vos cabe não é prevê-lo, mas possibilitá-lo.’’ Antoine de Saint ExupéryBE, leitura e literacias
  92. 92. BE, leitura e literaciasnos Programas de Português do Ensino Básico

×