Successfully reported this slideshow.
Your SlideShare is downloading. ×

Coordenadas Geográficas e Pesquisa de Campo

Ad

Coordenadas Geográficas
  e Pesquisa de Campo




    Ecologia de Populações
      Prof. Dr. Harold Gordon Fowler

Ad

“Cada usuário e construtor de mapas deve
ter um entendimento básico de projeções
independente dos programas do
computador....

Ad

Sistema de Coordenadas
        Geográficas
O sistema de
  coordenadas
  geográficas usa
  uma esfera de
  3 dimensões
  pa...

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Ad

Loading in …3
×

Check these out next

1 of 44 Ad
1 of 44 Ad
Advertisement

More Related Content

Advertisement
Advertisement

Coordenadas Geográficas e Pesquisa de Campo

  1. 1. Coordenadas Geográficas e Pesquisa de Campo Ecologia de Populações Prof. Dr. Harold Gordon Fowler
  2. 2. “Cada usuário e construtor de mapas deve ter um entendimento básico de projeções independente dos programas do computador.” - John P. Snyder
  3. 3. Sistema de Coordenadas Geográficas O sistema de coordenadas geográficas usa uma esfera de 3 dimensões para definir as localizações na Terra. As localidades tem Bolstad,2005 referencias de latitude e longitude
  4. 4. Diferencias entre os Sistemas UTM e outros sistemas de coordenadas se baseiam no Sistema de Coordenadas Geográficas
  5. 5. Diferencia entre Sistemas Quando possível, sempre use os sistemas retangulares, e tenta não usar sistemas geográficos para realizar cálculos Imagens de sensoriamento remoto e modelos digitais de elevação usam UTM A FAPESP e CNPq exigem dados em UTM
  6. 6. Sistema de Coordenadas  Sistemas de Coordenadas Esféricas  Sistema de coordenadas geográficas   Sistema de coordenadas retangulares  UTM (Universal Transverse Mercator)
  7. 7. Sistemas Básicos de Coordenados Geográficos Universal Transverse Mercator Tem vantagens e desvantagens
  8. 8. Projeção Universal Transverse Mercator Universal Transverse Mercator Um sistema de coordenadas Retangulares para a Terra Gerardus Mercator (1512-1594)
  9. 9. Sistemas de Coordenadas Universal Transverse Mercator (UTM) é um sistema internacional de coordenadas métricas que cobra a Terra inteira. Tem a vantagem de ser consistente matematicamente e ser bem definida para a Terra inteira. Sistemas de coordenadas locais são usados freqüentemente para ajustar mapas de regiões particulares.
  10. 10. Projeção de Mercator As projeções Transverse Mercator resultam da projeção de um esfera sobre o tangente de um cilindro a uma meridiana central. Mapas de Transverse Mercator são usados para representar áreas maiores norte – sul do que leste - oeste. A distorção de escala, distancia e área aumenta da meridiana central.
  11. 11. Projeção Transversal de Mercator A projeção Transverse Mercator resulta na projeção de uma esfera sobre um cilindro tangente ao meridiano central. Os mapas de Transverse Mercator são usados para representar áreas com extensão maior de Norte e Sul do que de Leste-Oeste. A distorção de escala, distancia, direção e área aumento com distancia do meridiano central. •Muitos sistemas nacionais de malhas se baseiam na projeção Transverse Mercator •IBGE.
  12. 12. Projeção de Mercator O Mercator transversal é uma projeção comum de mapas. Pode ser pensado como um cilindro horizontal que encaixa a Terra. Pode tocar a Terra em uma ou duas linhas.
  13. 13. Projeção de Mercator
  14. 14. Projeção Universal Transverse Mercator
  15. 15. Projeções de Mercator – Os meridianos da projeção de Mercator são retas verticais paralelas, igualmente espaçadas, cortadas ortogonalmente por linhas retas representando os paralelos, que por sua vez são espaçados a intervalos maiores, à medida que se aproxima dos pólos. Este espaçamento é tal que permita a conformidade, e é inversamente proporcional ao coseno da latitude. É ainda bastante empregada em Atlas e cartas que necessitem mostrar direções (cartas magnéticas e geológicas). Praticamente todas os mapas de fusos horários são impressas na projeção de Mercator.
  16. 16. Universal Transverse Mercator A projeção de Mercator tem meridianas retas e paralelos que cruzam a ângulos de 90 graus. A escala é verdadeira no equador ou em qualquer dois paralelos padrões equidistantes do equador. Toda linha reta do mapa é uma linha de azimute constante.
  17. 17. UTM Leste e Norte A meridiana central de uma zona é dada o valor leste de 500,000m e o equador é dado o valor norte de 0 para o hemisfério norte Para o hemisfério sul, o equador é dado o valor norte de 10,000,000m
  18. 18. Universal Transverse Mercator Usa a projeção de Transverse Mercator Cada zona tem uma Meridiana Central (lo), as zonas tem larguras de 6° de pólo ao pólo 60 zonas cobram a Terra do Leste até o Oeste A latitude de referencia (fo), é o equador Nunca existem coordenadas negativas devido a latitudes ocidentais e latitudes do norte falsas (xo,yo) = (500000, 0) as hemi-esfera norte, unidades em metros Geralmente é usado com dados biológicos
  19. 19. Universal Transverse Mercator O sistema UTM é um sistema global. As zonas tem números de 1 a 60 na direção do leste começando em 180 graus de latitude oeste.
  20. 20. Universal Transverse Mercator •Universal Transverse Mercator (UTM) •As coordenadas Universal Transverse Mercator (UTM) definem posições horizontais de duas dimensões. •Os números da zonas de UTM designam faixas de 6 graus de longitude desde 80 graus Sul a 84 graus Norte. •As 60 zonas de UTM representam zonas de 8 graus de norte e sul do equador.
  21. 21. Coordenadas UTM Número da Zona de (UTM) Referencias das Zonas de UTM Sistema de Universal Transverse Mercator (UTM)
  22. 22. Zona UTM14 Zona UTM 11N -99° -96° -102° 6° Equador Origem -120° -60 ° -90 °
  23. 23. Uma Zona de UTM -99° -102° -96° Sempre usamos zonas e Raramente usamos linhas 6° Equador -120° -90 ° -60 °
  24. 24. UTM Zona 15
  25. 25. Zonas e Filas de UTM Unidade de medida: metro Projeção do mapa: Universal Transverse Mercator Zonas: colunas norte – sul de 60 de largura de longitude, nomeadas desde 1 a 60 ao este começando no meridiano de 1800 Filas: filhas de este e leste de amplitudes de 80 de latitude, referenciadas desde C a X (sem I, O) começando em 800 S latitude Quadrilaterais
  26. 26. Calcule Sua Zona 22024’ 39 Latitude S, 22041’83 Longitude O = Zona ? Número da Zona de (UTM) Referencias das Zonas de UTM Sistema de Universal Transverse Mercator (UTM)
  27. 27. Zonas Mundiais de UTM Número da Zona de (UTM) Referencias das Zonas de UTM Sistema de Universal Transverse Mercator (UTM) http://www.colorado.edu/geography/gcraft/
  28. 28. Latitude e Longitude 22034’29”S: 22graus 34 minutos Latitude Sul 47033’ 39”W: 47 graus 39 minutos Longitude Oeste UTM: 23k 236374 7549164 Rio Claro
  29. 29. PROJEÇÃO DE MERCATOR Excelente para a navegação. É uma cilíndrica conforme. Perfeita nos ângulos e formas. Distorcido nas áreas, com as terras próximas ao Pólos (elevadas latitudes) desproporcionalmente maiores. Coloca a Europa no centro do mapa (Eurocentrismo).
  30. 30. Menor distancia entre pontos????
  31. 31. Coordenados do Pantanal Sul Sul Oeste Altitude UTM UTM Área Rio Claro - São Paulo 22°24'39'' 47°33'39" 613 m 473343 78921 Dois Irmãos do Buriti 20°40'48" 55°17'45" 320 m 551745 91988 2344,61 Km² Aquidauana 20°28'15" 55°47'13" 149 m 554715 92483 17.008,50 Km² Corumbá 19°00'32" 57°39'10" 118 m 573915 95683 64960,863 Km² Miranda 20°14'26" 56°22'42" 125 m 562245 93738 5494,5 Km²
  32. 32. A Projeção de Mercator e o “Problema de Groenlândia” Também conhecido como a projeção que favorece a Hemiesfera Norte
  33. 33. Datum Os dados geodésicos são estabelecido para proporcionar controle posicional que apoia projetos de mapeamento que cobrem cobrindo áreas geográficas grandes, como um país, um continente ou o mundo inteiro Datum de America do Sul de 1927 (SAD27) Datum de America do Sul de 1983 (SAD83) Os coordenados mudam se o datum muda: um ponto de controle em curva do leque SAD83: -117 12 57.75961, 34 01 43.77884 SAD27: -117 12 54.61539, 34 01 43.72995
  34. 34. Escala do Mapa  Uma razão entre uma distancia no mapa e a distancia correspondente na Terra  A distancia no mapa é sempre expressada como um, como 1 : 100,000  Escalas comuns de mapas  1 : 24,000  1: 100,000  1 : 250,000  1 : 1,000,000
  35. 35. Escala do Mapa Escalas grandes e pequenas Qual é uma escala maior de mapa? 1 : 24,000 ou 1 : 100,000 Escalas espaciais – Escala do Mapa (grande ou pequena) – Resolução (fina ou grossa) – Extensão (grande ou pequena)
  36. 36. Sistema de Referências das Cartas Topográficas No início do século XX, foi elaborada a Carta Internacional ao Milionésimo (CIM), na qual o Brasil baseou-se para elaborar a sua. As cartas ao milionésimo têm intervalo de 6o de longitude, numerados de 01 a 60, a partir do antemeridiano de Greenwich e, intervalo de 4o de latitude, designados pelas letras A a Z, do Equador aos polos.
  37. 37. Mapas Topográficas Representação gráfica da forma e localização dos atributos físicos da Terra e outras entidades físicas. Mapas topográficas identificam a elevação da Terra em linhas de contorno
  38. 38. Mapas Topográficas Uma serie de mapas publicados pelo IG Tem os paralelos do norte e sul, meridianos de leste e oeste Os mapas foram criados a partir de fotografias aéreas Os atributos são topografia, vegetação, rios, rodovias, cidades, etc. Os três sistemas de coordenadas são geográficos, UTM, e do Estado
  39. 39. Identificação das Folhas As letras N ou S, para os hemisférios norte ou sul, respectivamente; As letras A a Z, para o posicionamento com relação à latitude; Os números de 01 a 60 para o posicionamento com relação à longitude;
  40. 40. Sistema de Referências das folhas da CIM (Hemisfério Sul)
  41. 41. Carta do Brasil ao Milionésimo Consiste de 46 folhas articuladas
  42. 42. Carta do Brasil ao Milionésimo
  43. 43. O Sistema de Índice Geográfica Mundial (GEOREF) GEOREF é usado para navegação aérea. GEOREF se baseia na latitude e longitude. O globo é dividido em doze faixas de latitude e vinte e quatro zonas de longitude, cada uma com uma extensão de 15 graus

×