Astronomia tupi guarani

890 views

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
890
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Astronomia tupi guarani

  1. 1. Astronomia Tupi-Guarani Paulo Marcelo Pontes [email_address]
  2. 2. FONTE: http://www.cosmo.com.br/crianca/images/mapaindiozinho01.jpg
  3. 3. <ul><li>“ Os indígenas também têm sua ‘poesia do céu’ [...] Elas servem para eles como medidoras do tempo, como guia dos caminhos; de acordo com a posição de algumas constelações em relação a outras, eles contam as estações do ano e determinam o trabalho em suas plantações. ” </li></ul><ul><li>(Koch-Grünberg, 1905) </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Pano do povo Ticuna </li></ul>
  5. 5. Uma astronomia tupiniquim <ul><li>De forma semelhante a diversos povos antigos, a observação do céu pelos indígenas brasileiros foi relacionada à subsistência: agricultura, colheita, pesca e caça, além de possuir um caráter religioso. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>O religioso Claude d'Abbeville , durante o século XVI, conviveu com os índios nas terras onde atualmente se localiza o estado do Maranhão, realizando registros das constelações indígenas, de grande importância histórica. </li></ul>
  7. 7. Kuaray <ul><li>O sol ( Kuaray ) era o regente principal da vida na Terra. </li></ul><ul><li>Os tupi-guaranis utilizavam relógios de sol verticais, que denominavam Cuaracyraangaba . </li></ul>
  8. 8. Calendário <ul><li>Inspirado na trajetória de Kuaray pelo céu e dividido em dois tempos (novo e velho). </li></ul><ul><li>O início e o fim de cada estação era marcado com pedras que apontavam para os locais do nascimento e do pôr do sol. </li></ul>
  9. 9. Jaxi <ul><li>A Lua era chamada de Jaxi , o irmão mais novo de Kuaray . </li></ul><ul><li>As diferentes fases recebiam denominações distintas: </li></ul><ul><li>Jaxi guaxu (lua cheia), Jaxi nhenpytu mbyte (lua minguante), jaxi pyau (lua nova) e jaxy endy mbyte (lua crescente). </li></ul>
  10. 10. Jaxi e as marés <ul><li>Jaxi regia a vida marinha. Os índios sabiam que a lua cheia e a lua nova traziam consigo as marés altas. Esse conhecimento é anterior ao dos europeus. </li></ul>
  11. 11. A Onça Celeste <ul><li>Os irmãos Kuaray e Jaxi eram perseguidos permanentemente por xivi (onça), que tenta devorá-los. </li></ul><ul><li>Durante os eclipses solares (kuaray onheama) e lunares (jaxi onheama), os índios faziam algazarras para espantar a onça e evitar a escuridão total. </li></ul>
  12. 12. Vênus <ul><li>O planeta Vênus era interpretado como duas estrelas distintas: </li></ul><ul><li>Kaaru mbija – a estrela matutina, que anuncia o nascimento do sol </li></ul><ul><li>Ko’e mbija – a estrela vespertina, considerada a “mulher da lua”. </li></ul>
  13. 13. Júpiter <ul><li>A aparição de Júpiter indicava o início da seca na região central do país. </li></ul><ul><li>A passagem de Jaxi próximo a Júpiter anunciava a menstruação das mulheres. </li></ul>
  14. 14. Os pontos cardeais <ul><li>Eram considerados deuses, que ajudaram Nhanderu (Nosso Pai, representado no zênite) a construir a Terra: </li></ul><ul><li>Nhamandu (sul) – deus do sol, origem do tempo-espaço original </li></ul><ul><li>Jakaira (norte) – deus da neblina e origem dos bons ventos </li></ul><ul><li>Karai (leste) – deus do fogo </li></ul><ul><li>Tupã (oeste) – deus da águas, dos relâmpagos e dos trovões </li></ul>
  15. 15. Tapi’i rapé <ul><li>A Via-Láctea era conhecida entre os índios como “o caminho da anta”. </li></ul>FONTE: http://img168.imageshack.us/img168/4494/imagem077bq6.jpg
  16. 16. Constelações <ul><li>Os índios acreditavam que o céu refletia a Terra. </li></ul><ul><li>As constelações indígenas somavam cerca de 100 e consideravam as diferentes texturas, além das estrelas, em seus “desenhos”. </li></ul>
  17. 17. O Centro do Mundo <ul><li>Os guaranis acreditavam que a constelação do “Cruzeiro do Sul” apontava para o centro do mundo, onde morava o deus Nhandervusu . Todos os seres vivos morreriam caso essa constelação sofresse um desvio em sua orientação. </li></ul>
  18. 18. A constelação da Ema – chegada do inverno
  19. 19. A constelação da Anta do Norte – chegada da primavera
  20. 20. A constelação do Homem-Velho – chegada do verão
  21. 21. Constelação do Veado – chegada do outono
  22. 22. Cometas <ul><li>A passagem de um cometa era vista como sinal de agouro pelos índios. Significava que uma pessoa próxima ou parente morreria. </li></ul>
  23. 23. Conclusão
  24. 24. FONTES: <ul><li>AFONSO, Germano Bruno. As Constelações indígenas brasileiras , http://www.telescopiosnaescola.pro.br/indigenas.pdf </li></ul><ul><li>Astrolatria indígena , http://www.rosanevolpatto.trd.br/lendaastrolatriaindigena.htm </li></ul><ul><li>http://www.scielo.br/pdf/ra/v40n2/3233.pdf </li></ul>

×