Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Juntos no Desafio
PlayTalks Pimpumplay – Crescer, Viver e Brincar com a
Hiperatividade – Fev. 2014
Paulo José Costa * Susa...
Juntos no Desafio – Um Programa de Treino Parental

É uma fonte de informação e um manual de auto-ajuda a ser utilizado po...
1. Juntos no Desafio – Contextualização
•É um Programa Estruturado em Sessões para Treino de aptidões Parentais.
•Combina ...
1. Juntos no Desafio – Contextualização
OBJECTIVOS GERAIS DO PROGRAMA:
•Dotar Técnicos e Pais de aptidões e destrezas par...
1. Juntos no Desafio – Contextualização
OBJECTIVOS ESPECIFICOS DO PROGRAMA:

1. Proporcionar informação específica e actu...
1. Juntos no Desafio – Breve Enquadramento Teórico
Benefícios das Intervenções Comportamentais e do Treino
Parental na PH...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 0 – Partida, largada… e fugida!
Sessão 1– Aprenda a prestar atenção - ...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 0 – “ Partida, largada…e fugida”
OBJECTIVOS:
• Promoção de comportamen...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 1 – “ Aprenda a prestar atenção – Utilize o Tempo Especial”
OBJECTIVOS...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 1 – “ Aprenda a prestar atenção – Utilize o Tempo Especial”
VANTAGENS ...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 2 – “ Elogios nunca são demais – Use e Abuse”
OBJECTIVOS:
Promover a u...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 3 – “Elogio Insuficiente - Utilize Recompensas”
OBJECTIVOS:
Pretendemo...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 3 – “Elogio Insuficiente - Utilize Recompensas”
•Serão necessárias dif...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 3 – “Elogio Insuficiente - Utilize Recompensas”
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 3 – “Elogio Insuficiente - Utilize Recompensas”
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 4 – “Desobediência Ocasional – Novas ferramentas”
OBJECTIVOS:
Fornecer...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 4 – “Desobediência Ocasional – Novas ferramentas”
PUNIÇÃO E CASTIGOS –...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 5 – “ Ponto da Situação”
Objectivo:
•Reflectir, conciliar e reorganiza...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 6 – “O que fazer em Público? – Pense antes de Agir”
OBJECTIVO:
Aprende...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 6 – “O que fazer em Público? – Pense antes de Agir” (Cont.)
Impor con...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 7 – Ajude o seu filho a regular as suas Emoções
“Os comportamentos ref...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 7 – Ajude o seu filho a regular as suas Emoções
Compreensão e Identif...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 7 – Ajude o seu Filho a Regular as Emoções
Regulação Emocional - Estr...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 7 – Ajude o seu Filho a Regular as Emoções
Técnica da Tartaruga (dos 5...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 7 – Ajude o seu Filho a Regular as Emoções
Como ajudar a criança a Ma...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 7 – Ajude o seu Filho a Regular as Emoções
Como ajudar a criança a Ma...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 7 – Ajude o seu Filho a Regular as Emoções
Como ajudar a criança a Ma...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 7 – Ajude o seu Filho a Regular as Emoções
Como ajudar a criança a Ma...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 8 – Ajude o seu Filho a Concentrar-se
“Manter a concentração durante a...
Objetivo:
•Treinar a criança a conseguir
realizar a sua auto - avaliação
e auto - observação do seu
comportamento.

Consci...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 8 – Ajude o seu Filho a Concentrar-se

OBJECTIVOS (Cont.) :
4. Desenvo...
Desenvolvimento de Auto - Instruções:
A Criança com PHDA devido à
impulsividade tem dificuldade em
construir um discurso
...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 9 – Ajude o seu Filho a Organizar-se

OBJECTIVOS :
Incentivar e Motiv...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 9 – Ajude o seu Filho a Organizar-se
Ajudar a Criança a organizar a i...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 9 – Ajude o seu Filho a Organizar-se
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 9 – Ajude o seu Filho a Organizar-se
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 10 – Monitorizar a PHDA em Contexto Escolar
Objetivos:
-Pressupõe o en...
2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa
Sessão 11 – Avaliação do Programa
Objectivos:

•Pretende-se que os Pais façam...
3. Juntos no Desafio – Síntese e Perspectivas Futuras
O Treino Parental Comportamental é a intervenção para
Crianças e Ad...
3. Juntos no Desafio – Síntese e Perspectivas Futuras

Os autores do Programa Juntos no Desafio
desafiam todos os interes...
4. Juntos no Desafio – Bibliografia
• APA Working Group on Psychoactive Medications for Children and Adolescents. (2006). ...
OBRIGADO PELA VOSSA
ATENÇÃO
VISITE-NOS EM:

Site : http://www.juntosnodesafio.com/
https://www.facebook.com/juntosnodesafi...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

PLAYtalk - Crescer, viver e brincar com Hiperatividade – Apresentação de "Juntos no Desafio", um Programa de Promoção de Competências Parentais na PHDA e outros Problemas Comportamentais

2,918 views

Published on

Pode consultar a página manual Juntos no Desafio na pimpumplay: http://www.pimpumplay.pt/pt/produto/socializacao/tv001-juntos-no-desafio-guia-para-a-promocao#.Uu-J-rTz6Ja
Mais uma tarde bem passada na pimpumplay Leiria. A conferência/ conversa PLAYtalk do mês de Fevereiro trouxe à pimpumplay a equipa Juntos no Desafio: Carla Pinhal, Paulo Costa e Susana Heleno! Ora espreite.

Published in: Education
  • Be the first to comment

PLAYtalk - Crescer, viver e brincar com Hiperatividade – Apresentação de "Juntos no Desafio", um Programa de Promoção de Competências Parentais na PHDA e outros Problemas Comportamentais

  1. 1. Juntos no Desafio PlayTalks Pimpumplay – Crescer, Viver e Brincar com a Hiperatividade – Fev. 2014 Paulo José Costa * Susana Heleno * Carla Pinhal juntosnodesafio@gmail.com
  2. 2. Juntos no Desafio – Um Programa de Treino Parental É uma fonte de informação e um manual de auto-ajuda a ser utilizado por Pais de Crianças e Adolescentes com diagnóstico de PHDA – Perturbação de Hiperactividade e Défice de Atenção, Perturbações de Comportamento (p.e., Perturbação de Conduta e Perturbação de Oposição e Desafio).
  3. 3. 1. Juntos no Desafio – Contextualização •É um Programa Estruturado em Sessões para Treino de aptidões Parentais. •Combina Técnicas de Modificação de Conduta (Contratos Comportamentais, Reforços, Sistema de Economia de Fichas, Time - Out (tempo pausa) e Técnicas Cognitivas (Treino de auto-instruções, Treino Resolução Problemas, Treino de auto-controlo/regulação emocional, Organização do tempo, etc.) •Cada sessão deve ser implementada pelos Pais durante o período mínimo de uma semana. •Todos os passos devem ser implementados com empenho e muita persistência. •Passar à sessão seguinte apenas quando a anterior, já estiver eficazmente implementada.
  4. 4. 1. Juntos no Desafio – Contextualização OBJECTIVOS GERAIS DO PROGRAMA: •Dotar Técnicos e Pais de aptidões e destrezas para gerirem ou monitorizarem mais funcionalmente os comportamentos das crianças com PHDA e/ou Problemas de Comportamento. •Através do ensino de estratégias de intervenção com base nas contingências, na modificação comportamental, no sistema de recompensas, no custoresposta e na disciplina positiva (Chronis, Chacko, Fabiano, Wymbs & Pelham, 2004; cit. por Daly et al., 2007).
  5. 5. 1. Juntos no Desafio – Contextualização OBJECTIVOS ESPECIFICOS DO PROGRAMA: 1. Proporcionar informação específica e actualizada sobre a PHDA; 2. Reenquadrar os “comportamentos - problema” no contexto da dinâmica de funcionamento da interacção familiar; 3. Prestar atenção de forma positiva através da utilização de um tempo para a brincadeira ou “tempo especial”; 4. Gerar comportamentos positivos (atenção e desatenção selectiva); 5. Aumentar a atenção da criança/ adolescente quando se fornecem instruções ou regras de comportamento; 6. Estabelecer regras para a manutenção dos limites e da disciplina; 7. Utilização de Contratos e de Recompensas; 8. Programar e antecipar o comportamento positivo noutros contextos; 9. Dedicar atenção e apresentar estratégias às dificuldades escolares; 10. Revisão de estratégias e antecipação de dificuldades futuras.
  6. 6. 1. Juntos no Desafio – Breve Enquadramento Teórico Benefícios das Intervenções Comportamentais e do Treino Parental na PHDA e nas Perturbações de Comportamento Conduzem a um aumento das competências e dos conhecimentos dos Pais/educadores sobre a PHDA; Promovem uma atitude mais positiva e favorável para reagir à criança, reduzindo o stresse familiar e parental; Fomentam uma Postura mais firme e consistente na gestão comportamental; Melhoram o funcionamento da criança reduzindo os sintomas da PHDA.
  7. 7. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 0 – Partida, largada… e fugida! Sessão 1– Aprenda a prestar atenção - Utilize o tempo especial Sessão 2 – Elogios nunca são demais – Use e abuse Sessão 3 – Elogio Insuficiente – Utilize Recompensas Sessão 4 – Desobediência Ocasional – Novas Ferramentas Sessão 5 – Ponto da Situação Sessão 6 – O que fazer em Público? Pense antes de agir! Sessão 7 – Ajude o seu filho a regular as emoções Sessão 8 – Ajude o seu filho a concentrar-se Sessão 9 – Promova a capacidade de organização do seu filho Sessão 10 – Monitorizar a PHDA em contexto escolar Sessão 11 – Avaliação do Programa
  8. 8. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 0 – “ Partida, largada…e fugida” OBJECTIVOS: • Promoção de comportamentos adequados • Realização do Contrato
  9. 9. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 1 – “ Aprenda a prestar atenção – Utilize o Tempo Especial” OBJECTIVOS: • Aprender e Reaprender a prestar atenção ao bom comportamento (aquisições, talentos e outros traços positivos) • Reconquistar a confiança do seu filho através da utilização da Técnica Tempo Especial
  10. 10. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 1 – “ Aprenda a prestar atenção – Utilize o Tempo Especial” VANTAGENS DESTA TÉCNICA: • Pais/Cuidadores Ajuda a perceber que a forma como o adulto se relaciona com a criança influencia fortemente a motivação para fazer rotinas e tarefas exigidas (ex. fazer a cama, deixar de bater no irmão…) Ensina a valorizar o bom comportamento e ignorar o mau comportamento. Ajuda a apreciar a criança e a valorizar o tempo que passam juntos. Permite diminuir/aliviar o conflito constante e recuperar a confiança. •Criança: Ajuda a tomar consciência das consequências das suas ações / decisões.
  11. 11. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 2 – “ Elogios nunca são demais – Use e Abuse” OBJECTIVOS: Promover a utilização do Reforço Positivo para aumentar o comportamento adequado da criança. Aumentar a colaboração da criança através de Três Técnicas: 1. Prestar atenção e elogie a criança quando ela cumpre todos os pedidos/ordens. 2. Ordenar os pedidos / instruções de uma forma clara e amável (ex. por favor podes dar-me aquele lápis), para que a criança obedeça mais facilmente. 3. Aprender a dar ordens de forma mais eficaz.
  12. 12. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 3 – “Elogio Insuficiente - Utilize Recompensas” OBJECTIVOS: Pretendemos ensinar-lhe a atribuir correctamente recompensas ao seu filho. Além do elogio e da atenção positiva, é importante proporcionar-lhe coisas que lhe dão prazer, ou privilégios que este deseje obter, em resultado do seu bom comportamento. *Porquê Recompensar? As crianças e adolescentes com PHDA parecem permanecer até mais tarde dependentes de fontes externas de motivação para realizarem tarefas menos atrativas – necessitam de um feedback constante (elogios, afeto físico ou recompensas materiais).
  13. 13. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 3 – “Elogio Insuficiente - Utilize Recompensas” •Serão necessárias diferentes recompensas dependendo da idade da criança/adolescente. •O “Truque” é manter a criança /adolescente motivado atribuindo-lhe de imediato pontos pela sua obediência (economia de fichas) criando a consciência de que estes pontos poderão ser trocados mais tarde por privilégios. Procedimentos: 1. Comece por realizar o Contrato Comportamental 2. Defina a Lista de Prémios ou Privilégios 3. Explique o sistema à criança/adolescente
  14. 14. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 3 – “Elogio Insuficiente - Utilize Recompensas”
  15. 15. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 3 – “Elogio Insuficiente - Utilize Recompensas”
  16. 16. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 4 – “Desobediência Ocasional – Novas ferramentas” OBJECTIVOS: Fornecer ferramentas ou estratégias para os pais lidarem com eventuais situações de desobediência. TEMPO DE PAUSA (Técnica Punição direcionada apenas a Crianças) • O Tempo de Pausa, ajuda a criança a acalmar-se e a reflectir sobre o seu comportamento desadequado. Este tempo ainda pode ser utilizado antes do mau comportamento se concretizar, isto é, sempre que os pais pressintam que a criança está a ficar descontrolada. • Esta técnica é adequada para crianças com idades compreendidas entre os 2 e aos 10 anos.
  17. 17. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 4 – “Desobediência Ocasional – Novas ferramentas” PUNIÇÃO E CASTIGOS – FILHOS ADOLESCENTES Os pais poderão utilizar o sistema “Custo-Resposta”, que consiste em retirar privilégios como forma de punição para um problema de comportamento. Exemplos de Privilégios que podem ser retirados: • Telemóvel; • Tempo de televisão; • Tempo a jogar vídeo-jogos (consola); • Sair com os amigos; • Mesada ou dinheiro extra.
  18. 18. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 5 – “ Ponto da Situação” Objectivo: •Reflectir, conciliar e reorganizar a situação com recurso a uma lista de verificação. Reflectir sobre as melhorias no comportamento: Passa menos tempo na cadeira por cada mau comportamento. Está a começar a aceitar o tempo de pausa e a punição, acabando com as fúrias e as queixas, enquanto está na cadeira da pausa. Está a obter uma melhoria nas áreas de comportamento escolhidas como alvo do tempo de pausa. Está a obedecer às regras da casa com mais frequência.
  19. 19. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 6 – “O que fazer em Público? – Pense antes de Agir” OBJECTIVO: Aprender a identificar situações públicas problemáticas e a aplicar os métodos anteriormente aprendidos para fomentar comportamentos adequados: Identificar as situações problemáticas. Pensar Antecipadamente. Definir expectativas realistas. Pensar Alto
  20. 20. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 6 – “O que fazer em Público? – Pense antes de Agir” (Cont.) Impor consequências e punições quando estas são necessárias, ofereça elogios e incentivos frequentemente. Aplicar as mesmas técnicas, em situações de mudança de actividades ou eventos especiais em casa. Antecipar as suas próprias reacções face a potenciais problemas. Investigar as situações.
  21. 21. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 7 – Ajude o seu filho a regular as suas Emoções “Os comportamentos reflectem a capacidade que as crianças e os adolescentes possuem para gerir aquilo que estão a sentir”. OBJECTIVOS: Compreensão e Identificação das Emoções (frustração/Raiva). Importância da Regulação Emocional na PHDA = capacidade para regular impulsos e emoções desagradáveis.  Treino de técnicas de auto-regulação emocional (crianças/adolescentes).
  22. 22. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 7 – Ajude o seu filho a regular as suas Emoções Compreensão e Identificação das Emoções (frustração/Raiva) Os Pais serão interlocutores privilegiados no processo de auto-avaliação e compreensão das emoções disfuncionais dos seus filhos ajudando-os a utilizar pensamentos e comportamentos mais funcionais e positivos. Reforço de uma postura emocional adequada, com vista, a antecipação ou diminuição da ocorrência de problemas de comportamento decorrentes de emoções negativas (raiva, a frustração, o descontrolo emocional…)
  23. 23. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 7 – Ajude o seu Filho a Regular as Emoções Regulação Emocional - Estratégias e Técnicas Técnica da Tartaruga (dos 5 aos 12 anos idade) Ajuda a canalizar de forma apropriada a expressão das emoções, que devido à impulsividade, se tornam exaltadas, trazendo consequências negativas para a criança/ adolescente. Favorece o Auto – Controlo e o Relaxamento mediante, situações de stressantes ou que provocam raiva/intolerância à frustração. Treino envolve 4 Fases.
  24. 24. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 7 – Ajude o seu Filho a Regular as Emoções Técnica da Tartaruga (dos 5 aos 12 anos idade) COMO DEVE SER IMPLEMENTADA PELOS PAIS? -Recorrer à História do “João Tartaruga” -Após a criança ter aprendido a história e os passos, perante uma situação de stress, estes devem verbalizar a palavra “Tartaruga”. -Imediatamente, a criança deve adoptar a postura já treinada: 1) O queixo a tocar no peito; 2) Olhar para o chão; 3) Braços e punhos cerrados e em tensão, esticados ao longo do corpo; 4) Contar até 10 e em seguida relaxar todos os seus músculos. -Reforçar ou Premiar este treino para que a criança se motive a aplicá-lo sozinha sempre que se sinta inquieta.
  25. 25. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 7 – Ajude o seu Filho a Regular as Emoções Como ajudar a criança a Manter a Calma? 5 Passos para manter as Emoções da Criança Controladas: 1) Ajudar a criança/adolescente a identificar o que o faz sentir Aborrecido (a)/Irritado (a) – Utilizar o Quadro de Registo de Acontecimentos “Os meus Pontos de Explosão”. 2) Ajudar a criança a evitar os seus “Pontos de Explosão” - Deverá, sempre que possível, ser a criança/ adolescente a gerar alternativas ou estratégias eventuais de resolução dessa situação/ problema. Ex. Não brincar com uma certa pessoa ou afastar-se sempre que a criança vê ou quando ela está a aproximar-se.
  26. 26. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 7 – Ajude o seu Filho a Regular as Emoções Como ajudar a criança a Manter a Calma?
  27. 27. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 7 – Ajude o seu Filho a Regular as Emoções Como ajudar a criança a Manter a Calma? 3) Ajudar a criança a reconhecer os primeiros sinais da Raiva (os pais ajudam a criança a interpretar o seu corpo / a estar atento a sinais tais como: aumento da respiração ou falta de ar, suores, aumento batimento cardíaco, rubor facial, punhos cerrados…etc.) 4) Colocar em prática a Pausa (quando a criança já é capaz de identificar os sinais do seu corpo, pode utilizar esta estratégia – afastando-se da situação). 5) Ajudar a criança a conseguir um maior auto-controlo (ex. contar até 10, fazer uma caminhada, beber um copo de água, Imaginar que está noutro lugar em que se sinta confortável, Treinar a respiração…)
  28. 28. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 7 – Ajude o seu Filho a Regular as Emoções Como ajudar a criança a Manter a Calma? Treino de Relaxamento Muscular Progressivo Ajuda a criança a relaxar, a libertar-se do stress e acalmar-se quando está irritado/zangado, através de um protocolo estruturado de exercícios musculares (contracção e relaxamento). Treino de Relaxamento Diferencial-Imagético com ênfase na Respiração (Adolescentes) – protocolo de treino mais complexo e que requer um nível cognitivo mais avançado. Centra-se na respiração e nas sensações do corpo.
  29. 29. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 8 – Ajude o seu Filho a Concentrar-se “Manter a concentração durante algum tempo é uma tarefa difícil para as crianças e adolescentes com PHDA.” OBJECTIVOS: Apresentação de vários Protocolos de Estratégias com vista a: 1. Ajudar a criança (auxilio dos pais) no processo de auto-observação para que se torne consciente dos seus problemas/dificuldades/erros e estratégias de resolução de problemas. 2. Identificação do Estilo Atribucional da criança (compreender como a criança/adolescente explica o que lhe aconteceu, que tipo de atribuições realiza (internas vs externas) = Modificação do estilo atribucional. 3. Utilização do QUADRO DE REGISTO DE AUTO-AVALIAÇÕES
  30. 30. Objetivo: •Treinar a criança a conseguir realizar a sua auto - avaliação e auto - observação do seu comportamento. Consciencialização e Modificação dos Pensamentos da Criança
  31. 31. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 8 – Ajude o seu Filho a Concentrar-se OBJECTIVOS (Cont.) : 4. Desenvolvimento de Auto-Instruções = Promove a capacidade de autocontrolo sobre o comportamento em vários contextos. 5. Protocolo do treino consiste em 5 passos (Definir o Problema, Estruturar a aproximação ao problema, Focalização da atenção, Selecção da Resposta correcta e Auto Reforço. Recursos: Folha de Auto-Instruções
  32. 32. Desenvolvimento de Auto - Instruções: A Criança com PHDA devido à impulsividade tem dificuldade em construir um discurso interno/pensamento planeado na execução das tarefas. Têm dificuldade em entender que um dado comportamento poderá necessitar de regras estruturadas. Cada uma das Instruções apresentadas corresponde a um Passo/etapa para resolver um problema/tarefa.
  33. 33. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 9 – Ajude o seu Filho a Organizar-se OBJECTIVOS : Incentivar e Motivar a criança/adolescente (evite comparações com os pares, ameaças…) Promover a Capacidade de Planificação e Estabelecimento de Objectivos através de alguns recursos, como “Plano Semanal”; “O Meu Plano Diário”. Promover as aprendizagens com base em estímulos visuais (Cartões Tarefa, Cartazes, Listas de Tarefas). Ajudar a Criança a organizar a informação escolar (quadro Caderno Diário).
  34. 34. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 9 – Ajude o seu Filho a Organizar-se Ajudar a Criança a organizar a informação escolar ( Ex. quadro Caderno Diário).
  35. 35. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 9 – Ajude o seu Filho a Organizar-se
  36. 36. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 9 – Ajude o seu Filho a Organizar-se
  37. 37. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 10 – Monitorizar a PHDA em Contexto Escolar Objetivos: -Pressupõe o envolvimento da Escola e dos principais Agentes Educativos (Professores, Educadores, etc.) -Apresentação de um Conjunto de Estratégias que facilitem a Monitorização Comportamental e Atitudinal na Sala de Aula e na Escola. -Monitorizar os comportamentos destas crianças nos diferentes contextos onde se movem (exigem paciência e atenção). -Utilização dos seguintes Protocolos: Registo Diário do Comportamento na Escola por parte dos Professores (co-responsabilização da criança para o cumprimentos de regras em contexto escolar - sala de aula, refeitório, recreio…)
  38. 38. 2. Juntos no Desafio – Estrutura do Programa Sessão 11 – Avaliação do Programa Objectivos: •Pretende-se que os Pais façam não só uma Reavaliação do seu papel como educadores, mas também do comportamento da criança. •Análise dos Resultados obtidos – Resposta às Escalas “Porque é que eu não consigo controlar o meu filho”. •Devem comparar-se os Resultados Obtidos com os Resultados Iniciais. •Esta avaliação tem apenas um caracter qualitativo.
  39. 39. 3. Juntos no Desafio – Síntese e Perspectivas Futuras O Treino Parental Comportamental é a intervenção para Crianças e Adolescentes com Perturbações de Comportamento onde se verificam maiores índices de validade, testados empiricamente (APA, 2006). Promove Competências Parentais, melhora o comportamento da criança em contexto essenciais do seu quotidiano. Desobediência aos pedidos/ordens; Favorece a adesão a regras estabelecidas no contexto familiar e escolar; Diminui comportamentos de agressividade e oposição/desafio, e os sintomas de PHDA.
  40. 40. 3. Juntos no Desafio – Síntese e Perspectivas Futuras Os autores do Programa Juntos no Desafio desafiam todos os interessados na utilização deste roteiro de intervenção com vista a testar, validar ou refutar o protocolo de intervenção elaborado. É do nosso interesse que sejam produzidos estudos em Portugal (contexto educacional, clinico, sócio - comunitário…).
  41. 41. 4. Juntos no Desafio – Bibliografia • APA Working Group on Psychoactive Medications for Children and Adolescents. (2006). Report of the Working Group on Psychoactive Medications for Children and Adolescents. Psychopharmacological, psychosocial, and combined interventions for childhood disorders: Evidence base, contextual factors, and future directions. Washington, DC: American Psychological Association. • Barkley, R. A. (2006). Attention-Deficit Hyperactivity Disorder: A Handbook of Diagnosis and Treatment (3rd Edition). New York: Guilford Press. • Barkley, R. A. (2007). Filhos Teimosos e Rebeldes. Cruz Quebrada: Estrela Polar. • Fabiano, G., Pelham, W. E., Coles, R., Gnagy, E., Chronis, A., & O'Connor, B. (2009). A meta-analysis of behavioral treatments for attention-deficit/hyperactivity disorder. Clinical Psychology Review, 29, 129140. • Greenhill, L. L., & Ford, R. E. (2002). Childhood attention-deficit/hyperactivity disorder: Pharmacological treatments. In P.E. Nathan & J. M. Gorman (Eds.), A Guide to Treatments that Work (2nd ed., pp. 25-55). New York: Oxford University Press. • Pelham, W. E., & Fabiano, G. A. (2008). Evidence-based psychosocial treatment for attention deficit/hyperactivity disorder: An update. Journal of Clinical Child and Adolescent Psychology, 37, 185214.
  42. 42. OBRIGADO PELA VOSSA ATENÇÃO VISITE-NOS EM: Site : http://www.juntosnodesafio.com/ https://www.facebook.com/juntosnodesafio CONTACTOS : Susanaheleno1@gmail.com Telemóvel: 91 736 70 66

×