Farmacodinâmica das Drogas de Ação Central Introdução

15,883 views

Published on

  • Be the first to comment

Farmacodinâmica das Drogas de Ação Central Introdução

  1. 4. Propagação do Impulso Nervoso
  2. 5. Canais Iônicos e Receptores de Neuro- transmissores
  3. 6. 1) Receptor Ionotrópico O NT abre o canal iônico DIRETAMENTE Efeito rápido 2) Receptor Metabotrópico O NT abre o canal iônico INDIRETAMENTE - freqüentemente, presença de 2º mensageiro para modificar a excitabilidade do neurônio pós-sináptico Efeito mais demorado
  4. 7. Organização celular do SNC
  5. 8. Tipos de Sinapse Nervosas 1 e 1’ axo-dendritica 2 axo-axonica 3 dendro-dendrítica 4 axo-somática Um neurônio faz sinapse com muitos neurônios
  6. 9. Sinapse Chegada do Impulso nervoso no terminal do neurônio 1 Geração de impulso nervoso no neurônio 2 Neurotransmissâo
  7. 10. As sinapses neuromusculares são diferentes das sinapses nervosas. SINAPSE NERVOSA JUNÇÃO NEUROMUSCULAR NT Vários excitatórios e inibitórios Ùnico excitatório (acetilcolina), No de vesículas 1 PA: 1vesicula 1 PA: 200 vesículas Excitabilidade É necessário vários PA para liberar muitas vesículas e somações Um único PA causa a resposta motora
  8. 11. <ul><li>Chegada do impulso nervoso ao terminal </li></ul><ul><li>Abertura de Canais de Ca Voltagem dependentes </li></ul><ul><li>Influxo de Ca (2o mensageiro) </li></ul><ul><li>Exocitose dos NT </li></ul><ul><li>Interação NT- receptor pós-sinaptico causando abertura de canais iônicos NT dependentes </li></ul><ul><li>Os NT são degradados por </li></ul><ul><li>enzimas (6) </li></ul>http://www.blackwellpublishing.com/matthews/nmj.html http://www.blackwellpublishing.com/matthews/neurotrans.html Mecanismo da Neurotransmissão Química
  9. 12. Locais de Ação das Drogas no SNC Etapas nas quais as drogas podem alterar a transmissão sináptica.
  10. 13. Muitas substancias exógenas afetam a neurotransmissâo: Modos de ação AGONISTAS : mimetizam o efeito do NT ANTAGONISTAS : inibem a ação do NT
  11. 14. Neurotransmissores Centrais Aminoácidos Aminas <ul><li>Ácido-gama-amino-butirico (GABA) </li></ul><ul><li>Glutamato (Glu) </li></ul><ul><li>Glicina (Gly) </li></ul><ul><li>Aspartato (Asp) </li></ul><ul><li>Noradrenalina </li></ul><ul><li>Dopamina (DA) </li></ul><ul><li>Serotonina (5-HT) </li></ul><ul><li>Acetilcolina (Ach) </li></ul><ul><li>Histamina </li></ul>Purinas Outros <ul><li>Adenosina </li></ul><ul><li>Trifosfato de adenosina (ATP) </li></ul><ul><li>Melatonina (Relógio Biológico) </li></ul><ul><li>Óxido Nítrico (NO) </li></ul><ul><li>Peptídeos (Ex: Substância P, Insulina) </li></ul>
  12. 15. Classificação das Drogas que Atuam no SNC <ul><li>Ansiolíticos e Hipnóticos; </li></ul><ul><li>Antidepressivos; </li></ul><ul><li>Anticonvulsivantes; </li></ul><ul><li>Antipsicóticos; </li></ul><ul><li>Anorexígenos. </li></ul>
  13. 16. Bibliografia <ul><li>H.P. Rang & M.M. Dale. Farmacologia. 4ª Ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2001. - Cap 28 </li></ul><ul><li>KATZUNG, B. G. Farmacologia Básica e Clinica . 8ª  Ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003. – Cap 21 </li></ul><ul><li>Pesquisas na Internet </li></ul>

×