Aula 57 modelo hecksher-ohlin

2,550 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,550
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
8
Actions
Shares
0
Downloads
26
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula 57 modelo hecksher-ohlin

  1. 1. Modelo Hecksher-OhlinA relação de troca entre os países deve ser estabelecida pelas diferentes dotações de fatores produtivos e não mais pela teoria do valor-trabalho apenas.Curva de Possibilidade de ProduçãoHipóteses:a) um país A produz duas mercadorias apenas, x e yb) 1 tonelada da mercadoria x custa o mesmo que 1 tonelada da mercadoria yc) o país A produz 100 toneladas de mercadorias por ano (50 de x e 50 de y)d) o país A produz com sua plena capacidade de produção x 100 90 80 70 60 50 40 30 20 10 0 y 0 10 20 60 40 50 60 70 80 90 100 X A AB = possibilidade de produção A = 100 de x e 0 de y 60 P B = 0 de x e 100 de y P = 60 de x e 40 de y C = além da possibilidade (100) D = aquém da possibilidade 40 D B C Y OBS: Para atingir C é necessário aumentar o parque produtivo e utilizar melhor os recursos Em D há uma queda da produção e a economia está trabalhando com capacidade ociosa A substituição de x por y, ou vice-versa, depende das conveniências do mercado, ou seja, do custo de oportunidadeCurvas de Indiferença X P = A curva de indiferença (consumo) é A1 tangencial a curva de possibilidade de A produção 100 P = melhor padrão de vida P = U; entretanto U haveria maior 60 P consumo de y. Caso o consumo de x fosse aumentar, a curva de indiferença B1 teria que ser A1B1 e a produção de x aumentaria em detrimento de y U B 40 100 YPET-Economia FEAC-UFAL
  2. 2. Comércio internacional Pressupostos: - o país A entra no comércio internacional; - no exterior o preço é 2x = 1y. Em A, o preço é 1x = 1y; - a produção e as vendas do país A no comércio internacional são tão pequenas que não afetam os preços internacionais (livre concorrência) - O país A terá vantagem comparativa na produção de y. Como, internamente, com 1y ele consegue apenas 1x, no comércio internacional com 1y ele consegue 2x. Portanto deixará de produzir x e aumentará a produção de y. X V1200 OBS: Efeitos no país A 1. a importação de x não gerou desemprego nem ociosidade de produção porque os recursos foram V canalizados para a produção de y;100 C 2. O padrão de vida melhorou porque o consumo que 90 estava limitado em P foi para C; 60 OBS: Efeito nos dois países (A e B) P Antes: em A, 1x = 1y (A produz y) Z em B, 3x = 1y (B produz x) D Depois: 0 40 55 100 Y A se beneficiará se conseguir trocar 1y por mais de 1x; B se beneficiará se conseguir trocar 3x por mais de 1y. Resultado: O país A propõe trocar 1y por 2x, o que será bom para ambos O Modelo Hecksher-Ohlin explica as diferenças entre custo comparativo-oportunidade diante das seguintes circunstâncias: a) custo dos insumos produtivos (matérias-primas por e.x.); b) a proporção dos fatores de produção (natureza, trabalho e capital) c) a mobilidade da mão-de-obra que é ilimitada em termos nacionais, mas em termos internacionais não têm livre mobilidade, o que pode provocar diferenciais de salários entre os países; d) monopólio sobre o conhecimento e tecnologia (patentes) PET-Economia FEAC-UFAL

×