Como Conduzir uma Apresentação<br />1<br />CENTRO EDUCACIONAL SESI 388<br />LAUZANE PAULISTA – SÃO PAULO - SP<br />Como co...
Como Conduzir uma Apresentação<br />2<br />“De nada vale nosso conhecimento senão soubermos expressá-lo no mundo”. <br />(...
COMUNICAÇÃO GLOBAL <br /><ul><li>Comunicação é o instrumento pelo qual nos relacionamos, ou seja, é o instrumento de expre...
Utilizar “feedback”
 Confirmar a recepção da mensagemFaça uma análise do que deseja expor, identificando qual é o começo, o meio e o fim. </li...
COMUNICAÇÃO EFICIENTE <br /><ul><li>Palavras;
Gestos;
Contexto;
Mensagem. </li></ul>Como Conduzir uma Apresentação<br />4<br />A comunicação<br />
<ul><li>Quando o medo aparecer, encare-o normalmente, controle o nervosismo;
Tenha uma atitude correta;
Antes de pensar como, saiba o que falar;
Evite fazer pressupostos;
Evite adquirir vícios;
Chame a sua voz pela respiração;
A prática irá proporcionar-lhe o sucesso.
A emoção do orador tem influência determinante no processo de conquista dos ouvintes.</li></ul>Como Conduzir uma Apresenta...
<ul><li>1- Administrar as inibições;
2- Estruturar-se mentalmente;
3- Motivar-se;
4- Analisar cuidadosamente o tema;
5- Fixar objetivos;
6- Organizar as etapas da exposição;
7- Adequar a linguagem ao público alvo;
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Referencial apresentação oral 2

1,474 views

Published on

Published in: Education, Business
1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,474
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
84
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Referencial apresentação oral 2

  1. 1. Como Conduzir uma Apresentação<br />1<br />CENTRO EDUCACIONAL SESI 388<br />LAUZANE PAULISTA – SÃO PAULO - SP<br />Como conduzir uma boa apresentação Vamos fazer uma boa apresentação?<br />GEOGRAFIA<br />ENSINO MÉDIO<br />PROFESSOR LUÍS FERNANDO DE ABREU<br />
  2. 2. Como Conduzir uma Apresentação<br />2<br />“De nada vale nosso conhecimento senão soubermos expressá-lo no mundo”. <br />(Autor Desconhecido). <br />
  3. 3. COMUNICAÇÃO GLOBAL <br /><ul><li>Comunicação é o instrumento pelo qual nos relacionamos, ou seja, é o instrumento de expressão de nosso interior, do que pensamos, do que acreditamos. </li></ul>EMISSOR... MENSAGEM... RECEPTOR - Pontos importantes a serem lembrados pelo EMISSOR para evitar problemas na comunicação:<br /><ul><li> Preparar a sua fala;
  4. 4. Utilizar “feedback”
  5. 5. Confirmar a recepção da mensagemFaça uma análise do que deseja expor, identificando qual é o começo, o meio e o fim. </li></ul>3<br />A comunicação...<br />
  6. 6. COMUNICAÇÃO EFICIENTE <br /><ul><li>Palavras;
  7. 7. Gestos;
  8. 8. Contexto;
  9. 9. Mensagem. </li></ul>Como Conduzir uma Apresentação<br />4<br />A comunicação<br />
  10. 10. <ul><li>Quando o medo aparecer, encare-o normalmente, controle o nervosismo;
  11. 11. Tenha uma atitude correta;
  12. 12. Antes de pensar como, saiba o que falar;
  13. 13. Evite fazer pressupostos;
  14. 14. Evite adquirir vícios;
  15. 15. Chame a sua voz pela respiração;
  16. 16. A prática irá proporcionar-lhe o sucesso.
  17. 17. A emoção do orador tem influência determinante no processo de conquista dos ouvintes.</li></ul>Como Conduzir uma Apresentação<br />5<br /> VENCENDO A INIBIÇÃO E CONTROLANDO O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO<br />
  18. 18. <ul><li>1- Administrar as inibições;
  19. 19. 2- Estruturar-se mentalmente;
  20. 20. 3- Motivar-se;
  21. 21. 4- Analisar cuidadosamente o tema;
  22. 22. 5- Fixar objetivos;
  23. 23. 6- Organizar as etapas da exposição;
  24. 24. 7- Adequar a linguagem ao público alvo;
  25. 25. 8- Utilizar a empatia;
  26. 26. 9- Criar zona de confiança;
  27. 27. 10- Estabelecer sintonia;
  28. 28. 11- Estar atualizado;
  29. 29. 12- Cuidar da expressão vocal;
  30. 30. 13- Movimentar-se harmoniosamente;
  31. 31. 14- Comunicar-se com o olhar;
  32. 32. 15- Acelerar o mecanismo de compreensão;
  33. 33. 16- Criar um estilo pessoal;
  34. 34. 17- Treinar, treinar e treinar.</li></ul>Como Conduzir uma Apresentação<br />6<br />REGRAS PARA SUPERAR O MEDO E A TIMIDEZ DE FALAR<br />
  35. 35. OBSERVAÇÕES IMPORTANTES <br /><ul><li>Medo é indesejável, mas é normal aos oradores. Use os aspectos positivos dele;
  36. 36. Admita seu medo. Procure compreender as suas origens;
  37. 37. Você não precisa e não deve demostrar seu medo. Mantenha sua privacidade;
  38. 38. Utilize a adrenalina produzida pelo medo em seu benefício. Carisma e adrenalina são coisas muito ligadas;
  39. 39. Encare o público como seu aliado. Transmita sempre o sentimento de: “Sinto-me feliz por estar na companhia de vocês”;
  40. 40. Prepare-se. Pense de forma positiva sobre si. Repita sempre consigo mesmo qualquer frase que contenha forte apelo positivo, como por exemplo: “Estou preparado e equilibrado. Sou convincente, positivo e forte. Também estou tranquilo e confiante”;
  41. 41. Falar em público é uma arte que só melhora com o tempo. Aplique-se a ela;
  42. 42. Medo é vencido pela determinação e pelo treinamento. </li></ul>Como Conduzir uma Apresentação<br />7<br />
  43. 43. <ul><li>Somos uma sociedade visual, as pessoas começam a fazer julgamentos baseadas em sua linguagem corporal no momento em que o veem. Oradores sabem que devem não apenas dominar sua apresentação verbal, mas também fazer com que a comunicação não verbal trabalhe para eles de uma forma positiva. A comunicação não verbal envolve nossa expressão facial, expressão corporal, movimentos, gestos e roupas.
  44. 44. Ser um modelo de apresentação pessoal, não quer dizer “estar na moda”, nem mesmo atrativamente vestido ou “despido”. O orador trata com todo tipo de pessoa e, assim, deve compreender que como existe o gosto pelo livre, moderno, atrativo, existe também, o gosto pelo tradicional e conservador.</li></ul>Como Conduzir uma Apresentação<br />8<br />APRESENTAÇÃO PESSOAL <br />
  45. 45. <ul><li>Não se contente apenas em se preparar sobre o conteúdo, treine também a forma de exposição. Faça exercícios falando sozinho na frente do espelho, ou se tiver condições, diante de uma câmera de vídeo. Atenção para essa dica -embora esse treinamento sugerido dê fluência e ritmo à apresentação, de maneira geral, não dá naturalidade.
  46. 46. Para que a fala atinja bom nível de espontaneidade fale com pessoas. Reúna um grupo de amigos, familiares ou colegas de trabalho, ou de classe, e converse bastante sobre o assunto que irá expor.</li></ul>Como Conduzir uma Apresentação<br />9<br />Prepare-se para falar...<br />
  47. 47. <ul><li>Use toda argumentação disponível: pesquisas, estatísticas, exemplos, comparações, estudos técnicos e científicos, etc.
  48. 48. Se, eventualmente, perceber que os ouvintes apresentam algum tipo de resistência, defenda os argumentos refutando essas objeções.
  49. 49. Finalmente, depois de expor os argumentos e defendê-los das resistências dos ouvintes, diga qual foi o assunto abordado, para que a plateia possa guardar melhor a mensagem principal. </li></ul>Como Conduzir uma Apresentação<br />10<br />Prepare-se para falar...<br />
  50. 50. <ul><li>Um erro gramatical, dependendo de sua gravidade, poderá atrapalhar a sua fala em seu conteúdo e destruir a imagem que deseja demonstrar.
  51. 51. Toda gramática precisa ser correta, mas principalmente, faça uma revisão de concordância e conjugação de verbos.
  52. 52. Lembre-se de que a leitura é uma excelente fonte de aprendizado.</li></ul>Como Conduzir uma Apresentação<br />11<br />CUIDE DA GRAMÁTICA <br />
  53. 53. <ul><li>Toda fala precisa ter início, meio e fim.
  54. 54. No início, procure conquistar o ouvinte desarmando suas resistências e conquistando seu interesse e atenção com cortesia.
  55. 55. No meio, prepare o que vai ser abordado. Sempre ilustre o que está dizendo com imagens, tabelas, gráficos etc.
  56. 56. No final, faça uma breve recapitulação em apenas uma ou duas frases, faça o resumo e verifique se foi entendido.
  57. 57. O tamanho e a intensidade dos gestos devem atender ao tipo de auditório (ou sala de aula) que você “enfrenta”.</li></ul>Como Conduzir uma Apresentação<br />12<br />TENHA INÍCIO, MEIO E FIM <br />
  58. 58. <ul><li>Guarde essa regrinha simples e muito útil para organiza ruma apresentação. Anuncie o que vai falar, fale e conte sobre oque falou. Depois de cumprimentar os ouvintes e conquistá-los com elogios sinceros, ou mostrando os benefícios da mensagem, conte qual o tema que irá abordar.
  59. 59. Ao anunciar qual o assunto que irá desenvolver, a plateia acompanhará seu raciocínio com mais facilidade, porque saberá aonde deseja chegar.
  60. 60. Em seguida, transmita a mensagem, sempre facilitando o entendimento dos ouvintes. Se, por exemplo, deseja apresentara solução para um problema, diga antes qual é o problema. Se pretende falar de uma informação atual, esclareça inicialmente como tudo ocorreu até que a informação nova surja.</li></ul>Como Conduzir uma Apresentação<br />13<br />Tenha começo meio e fim <br />
  61. 61. Como Conduzir uma Apresentação<br />14<br />ATITUDES QUE DEVEM SER EVITADAS<br /><ul><li>Fugir com os olhos (para baixo, para cima, para todos os lados), pois dá a impressão de que não tem a atenção do orador;
  62. 62. Extremo também deve ser evitado, pois olhar insistentemente, deixa o ouvinte pouco à vontade;
  63. 63. Olhar desconfiado (de um lado para outro), pois gera incerteza da atenção merecida pelo ouvinte;
  64. 64. Olhar fixo, pois dá a impressão de comportamento hostil do orador;
  65. 65. Olhar de “limpador de para-brisa” (por cima, para os lados);
  66. 66. Olhar perdido. </li></li></ul><li><ul><li>Sua voz é um dos seus cartões de visita. Ela é muito importante e vai fazer com que o auditório aceite seu discurso. Para que você obtenha sucesso com a sua voz, é preciso primeiro conhecê-la.
  67. 67. O modo como você começa as frases, forma vogais, faz pausa, tudo isso é muito importante para um bom discurso.
  68. 68. O exercício mais importante é a leitura em voz alta. Leia para você mesmo. Mas quais são os elementos que você deve trabalhar na sua voz para melhorar a dicção? </li></ul>Como Conduzir uma Apresentação<br />15<br />VOZ – DICÇÃO – VOCABULÁRIO <br />
  69. 69. Volume<br />Andamento e ritmo<br />Ênfase<br />Pausa<br />Velocidade<br />Como Conduzir uma Apresentação<br />16<br />Elementos que você deve trabalhar na sua voz para melhorar a dicção<br />
  70. 70. a) Volume –Este elemento está associado à modulação do discurso. Caso sua apresentação dure mais de 03 minutos é necessário modular o volume vocal (falar mais alto e mais baixo, mais depressa e mais devagar). Em pequenos intervalos, de 45 segundos a 1 minuto e meio, fale mais baixo e mais lentamente. Lembre-se, porém, que sempre a sua voz deve ser ouvida por todos. Após este intervalo, volte ao seu ritmo normal de forma brusca e energética. Isto vai tornar suas apresentações mais atraentes. Tome cuidado com a implementação desta técnica, ela requer muito treino para que você obtenha êxito. Porém, ao falar mais alto, a sua voz tende a sair mais fina e desarmoniosa, exigindo bastante cuidado. <br />Treine: procure sempre ouvir a sua voz para identificar se o “volume” está de acordo com a sua proposta. <br />Como Conduzir uma Apresentação<br />17<br />Volume <br />
  71. 71. b) Andamento e Ritmo –Este elemento está associado a quão rapidamente você articula as palavras e sons, ou seja, sua dicção. Para melhorar bastante neste fator, recomendamos que todos os “quebras-línguas” (trava-língua) que seguem adiante sejam treinados e lidos com fluência. Na realização destes exercícios sugerimos que cada quebra-língua seja lido 03 vezes seguidas, rapidamente, em voz alta, sem titubear (pare para respirar quando for necessário). O segredo reside em começar a pronunciar fonemas no lugar de palavras.<br />O conjunto dos fonemas forma as palavras e o conjunto das palavras forma as orações. Levando este hábito para a sua vida diária, você terá uma dicção mais perfeita. Observe:<br /> <br />Como Conduzir uma Apresentação<br />18<br />Andamento e Ritmo<br />
  72. 72.  <br />Brito britou brincos de brilhantes, brincando de britador. <br />Um pé de gabiroba “bem gabirobadinho”, quem bem o desengabirobar, bom desengabirobador será. <br />Tagarelarei / Tagarelarás / Tagarelará / Tagarelaremos /Tagarelareis / Tagarelarão. <br />Céu está enladrilhado; quem o desenladrilhará? Quem o desenladrilhar, bom desenladrilhador será. <br />Prestidigitador prestativo e prestatório está prestes a prestar a prestidigitação prodigiosa e prestigiosa. <br />As pedras pretas da pedreira de Pedro Pedreiras são os pedregulhos com que Pedro apedrejou três potras prenhas.<br />Como Conduzir uma Apresentação<br />19<br />“quebras-línguas” (trava-língua)<br />
  73. 73. Grude da gruta gruda a grua de gringa que grita e, gritando, grimpa a grade da garota grandiosa. <br />Quando lhe fala da falha, falha-lhe a fala. <br />Luíza lustrava o lustre listrado; o lustre lustrado luzia. <br />Franqueia-se o frango frito frio, frigorificado à francesa, no frigorífico do frade; <br />Arcebispo de Constantinopla será <br />desarcebispoconstantinopolizado; quem o <br />desarcebispoconstantinopolizará? Quem o <br />desarcebispoconstantinopolizar, bom <br />desarcebispoconstantinopolizadorserá. <br />Em rápido rapto, um rápido rato raptou três ratos sem deixar rastros. <br />Plana o planador em pleno céu e, planando por cima do platô, contempla as plantas plantadas na plataforma do plantador. <br />Em três pratos de trigo comem três tristes tigres.<br />Como Conduzir uma Apresentação<br />20<br />“quebras-línguas” (trava-língua)<br />
  74. 74. c) Ênfase –Este elemento diz respeito à tonicidade de suas palavras e sílabas. É necessário que as pessoas consigam captar realmente sua intenção. Existe uma parte da oração (ou do contexto) que, quando enfatizada, melhora a representação da sua idéia. Você poderá dar ênfases da seguinte forma: <br />• Dê uma pequena pausa antes do trecho que você quer enfatizar. <br />• Aumente o volume vocal no trecho a ser enfatizado.<br />Como Conduzir uma Apresentação<br />21<br />Ênfase<br />
  75. 75. d) Pausa – A pausa pode ser usada de muitas maneiras pelo orador: para dar ênfase, efeito, humor, para chamar a atenção do auditório, para fazer com que as pessoas que estão conversando durante a palestra parem de falar, etc. <br />Como Conduzir uma Apresentação<br />22<br />Pausa<br />
  76. 76. e) Velocidade –Com certeza você já ouviu alguém falar sem pontos ou sem vírgulas. Parece uma metralhadora, matando as mentes dos ouvintes, pois ninguém é capaz de entender frases pronunciadas com tal velocidade. Por outro lado, há também os que falam tão devagar que o ouvinte acaba ficando aflito e impaciente.<br />Como Conduzir uma Apresentação<br />23<br />Velocidade<br />
  77. 77. Como Conduzir uma Apresentação<br />24<br />

×