Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Índice
 O que é a esterilização.
 Os 3 tipos de centrais de material esterilizado: vantagens e desvantagens.
 Organizaç...
O que é a esterilização
 Esterilização de materiais é a total eliminação da vida microbiológica destes
materiais. É difer...
Os 3 tipos de centrais de material esterilizado: vantagens e
desvantagens.
 A central e material esterilizado (CME) é a á...
Organização e setor de uma central e material esterilizado
 Expurgo - Setor responsável por receber, conferir , lavar e s...
 Preparo de Instrumentais Cirúrgicos - Setor responsável por conferir, preparar e
acondicionar caixas para as diversas es...
 Montagem de carros para cirurgia- Setor responsável por separar os materiais a
serem utilizados em uma cirurgia.
 Distr...
Cuidados a ter na recolha e transporte de material clínico
contaminado
Recolha e transporte de material sujo
O transporte ...
Cuidados a ter na recolha e transporte de material clínico
contaminado
Ambiente da zona de descontaminação
 A área está s...
• Armazenamento e distribuição
• Esta zona destina-se a receber as cargas após serem esterilizadas.
• Depois de verificada...
Esterilização dos materiais hospitalares
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Esterilização dos materiais hospitalares

10,625 views

Published on

Esterilização dos materiais hospitalares

Published in: Education
  • Be the first to comment

Esterilização dos materiais hospitalares

  1. 1. Índice  O que é a esterilização.  Os 3 tipos de centrais de material esterilizado: vantagens e desvantagens.  Organização e setor de uma central e material esterilizado.  Cuidados a ter na recolha e transporte de material clínico contaminado.
  2. 2. O que é a esterilização  Esterilização de materiais é a total eliminação da vida microbiológica destes materiais. É diferente de limpeza e diferente de assepsia. Como exemplo, uma tesoura cirúrgica pode ser lavada, e ela estará apenas limpa. Para ser esterilizada é necessário que seja submetida a uma determinada temperatura e pressão durante um determinado tempo, destruindo todas as suas bactérias, esporos, vírus e fungos. Existem várias técnicas de esterilização, que apresentam vantagens e desvantagens; contudo, a técnica usada mais regularmente é a autoclavagem.
  3. 3. Os 3 tipos de centrais de material esterilizado: vantagens e desvantagens.  A central e material esterilizado (CME) é a área responsável pela limpeza de artigos e instrumentais médico-hospitalares . É na CME que se realiza o controlo, de esterilização e a distribuição dos materiais hospitalares . A CME pode ser de três tipos, de acordo com sua dinâmica de funcionamento :  descentralizada : utilizada até o final da década de 40, neste tipo de central cada unidade ou conjunto delas é responsável por preparar e esterilizar os materiais que utiliza;  semi-centralizada : teve início na década de 50, cada unidade prepara seus materiais, mas os encaminha para serem esterilizados em um único local;  centralizada: utilizada atualmente, os materiais do hospital são processados no mesmo local, ou seja, os materiais são preparados, esterilizados, distribuídos e controlados quantitativa e qualitativamente na CME.  A CME centralizada apresenta inúmeras vantagens, das quais podem-se destacar: a eficiência, a economia e a maior segurança para a equipa e para os utentes . 
  4. 4. Organização e setor de uma central e material esterilizado  Expurgo - Setor responsável por receber, conferir , lavar e secar os materiais provenientes do Centro Cirúrgico e Unidades de Internação.  Preparo de Materiais - Setor responsável por preparar e acondicionar os materiais. São utilizados invólucros especiais que permitam a passagem do agente esterilizante e impeçam a passagem dos microrganismos.
  5. 5.  Preparo de Instrumentais Cirúrgicos - Setor responsável por conferir, preparar e acondicionar caixas para as diversas especialidades cirúrgicas.  Esterilização- O setor de esterilização da Central de Material e Esterilização (CME) é responsável pela esterilização dos materiais. Esta área destina-se à instalação dos equipamentos utilizados para a esterilização de materiais pelos métodos físicos e químicos. Organização e setor de uma central e material esterilizado
  6. 6.  Montagem de carros para cirurgia- Setor responsável por separar os materiais a serem utilizados em uma cirurgia.  Distribuição de materiais esterilizados- Setor responsável por distribuir materiais esterilizados para as Unidades de Internação e Ambulatórios. Organização e setor de uma central e material esterilizado
  7. 7. Cuidados a ter na recolha e transporte de material clínico contaminado Recolha e transporte de material sujo O transporte do material, quer contaminado, quer processado, é da responsabilidade do Serviço Central de Esterilização, que deverá definir e exigir requisitos de segurança.  O Transporte é realizado em carros fechados.  Os carros de transporte devem ser:  De fácil limpeza  Adequados aos requisitos de protecção da carga  De fácil condução  Resistentes ao choque.
  8. 8. Cuidados a ter na recolha e transporte de material clínico contaminado Ambiente da zona de descontaminação  A área está separada fisicamente das outras zonas de trabalho com acesso a partir de um corredor de serviço;  A área tem ventilação mecânica adequada de modo a criar um ambiente de trabalho confortável;  Possui iluminação adequada;  Existem instalações para lavagem de mãos e mudança da roupa perto da zona de descontaminação.
  9. 9. • Armazenamento e distribuição • Esta zona destina-se a receber as cargas após serem esterilizadas. • Depois de verificadas e inspeccionadas estas cargas ou são enviadas para os serviços utilizadores ou ficam em stock ou ainda em quarentena caso tenham sido esterilizadas • O espaço de armazenamento deve permitir a segurança do pessoal, a protecção dos artigos estéreis contra danos e contaminação, a visibilidade e a eficiência de distribuição. • A zona de armazenamento deve ser mantida em segurança e ter o acesso limitado a um número restrito de pessoas autorizadas. • Os níveis de Stock são adequados às necessidades dos utilizadores. Cuidados a ter na recolha e transporte de material clínico contaminado

×