Trabalho elaborado por:Joana Carvalho nº11 10ºTTARDisciplina/modulo:Ambiente e Desenvolvimento Ruralmodulo 8 - Áreas Pro...
Porque foi classificado O Parque Natural Sudoeste Alentejano e CostaVicentina foi classificado a fim de preservar asua di...
Localização Esta a larga-se por uma faixa estreita do litoralSudoeste de Portugal. A Costa Sudoeste, entre S.Torpes e Bur...
Relevo• PNSACV é possível visualizar algumasunidades geográficas: Planície litoral que fica entre Porto Covoe Arrifana ....
Clima O clima é mediterrânico mas com forte influência marítima. As temperaturas mantêm-se amenas todo o ano excepto em ...
Hidrologia A rede hidrográfica no PNSACV éconstituída pelo sistema do Rio Mira, noseu troço final, e pelos cursos de água...
FaunaOs habitats importantes para a fauna são os seguintes: Sequeiros -falcão-peregrino; tartaranhão-caçador Lagoas temp...
Graça Sapinho-de-verrugas-verdesSacarrabosBoga portuguesa Escalo-do-MiraPeneireiro-das-torres Gralha-de-bico-vermelho
Flora Ao longo do Parque ocorre uma mistura de vegetação mediterrânica,atlântica e norte-africana. Existem cerca de 750 ...
Plantego AlmogravensisScilla VicentinaSilene Rothmaleri Sobrus DomesticaHyacithoides Vicentina
Habitats Naturais Além da fauna e da flora, existe no PNSACV todo um património natural . Algumas das unidades que const...
Património Cultural Na área do PNSACV, há o Cabo de Sagres, bem como inúmerosvestígios arqueológicos da ocupação humana d...
Património Construído O núcleo antigo da Vila de Odemira, a sua Igreja Matriz e ruínas do castelo. O núcleo antigo de Vi...
Atividades No PNSACV oferece condições óptimas para aprática de actividades desportivas são as seguintes: Pedestrianismo...
BTTParapenteEscaladaRappelCanoagem
SurfWindsurfMergulho
Pontos de Interesse Turístico Os pontos de interesse turístico mais procurados ficam situados nas áreasjuntas ao PNSACV, ...
Alojamentos A Pousada da Juventude situada no Almograve, bem como diversosparques de campismo distribuídos ao longo de to...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina

3,794 views

Published on

Trabalho realizado pela aluna nº 1, Joana Carvalho, da turma do 1º ano do curso profissional de Técnico de Turismo Ambiental e Rural do Agrupamento de Escolas de Oliveira de Frades, no âmbito da disciplina Ambiente e Desenvolvimento Rural, no módulo 8 "As Áreas Protegidas"

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,794
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
86
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina

  1. 1. Trabalho elaborado por:Joana Carvalho nº11 10ºTTARDisciplina/modulo:Ambiente e Desenvolvimento Ruralmodulo 8 - Áreas ProtegidasProfessor:Pedro Peixoto
  2. 2. Porque foi classificado O Parque Natural Sudoeste Alentejano e CostaVicentina foi classificado a fim de preservar asua diversidade traduzida na presença de umaflora enriquecida com a presença de váriosendemismos e de uma fauna.
  3. 3. Localização Esta a larga-se por uma faixa estreita do litoralSudoeste de Portugal. A Costa Sudoeste, entre S.Torpes e Burgau, com uma extensão de 110 km,sendo a Área total de cerca de 131 000 hectares.Corresponde a uma zona de entre mar e terra.
  4. 4. Relevo• PNSACV é possível visualizar algumasunidades geográficas: Planície litoral que fica entre Porto Covoe Arrifana . Zona de serra - situa-se no concelho deOdemira, onde o PN atinge a sua largura. Relevo irregular cortado por diversaslinhas de água e pequenos vales situa-seentre Arrifana e Vila do bispo.
  5. 5. Clima O clima é mediterrânico mas com forte influência marítima. As temperaturas mantêm-se amenas todo o ano excepto em períodosde ventos de levante, quando estas podem subir ou descervertiginosamente.
  6. 6. Hidrologia A rede hidrográfica no PNSACV éconstituída pelo sistema do Rio Mira, noseu troço final, e pelos cursos de água quedesaguam directamente no Atlântico. A bacia hidrográfica maior e maisimportante é a do Rio Mira, comnumerosos afluentes. Drenam áreas extensas e no seu troçofinal, incluído no PNSACV, terminam emvales abertos e bem definidos e têmregime permanente.Estuário do rio Mira emMilfontesRio Mira
  7. 7. FaunaOs habitats importantes para a fauna são os seguintes: Sequeiros -falcão-peregrino; tartaranhão-caçador Lagoas temporárias - cegonha-branca; garça Charnecas litorais - sacarrabos; sapinho-deverrugas-verde Zonas húmidas - boga portuguesa; escalo-do-Mira Falésias - peneireiro-das-torres; Gralha-de-bico-varmelhoFalcão -PeregrinoTartaranhão-caçadorCegonha-branca
  8. 8. Graça Sapinho-de-verrugas-verdesSacarrabosBoga portuguesa Escalo-do-MiraPeneireiro-das-torres Gralha-de-bico-vermelho
  9. 9. Flora Ao longo do Parque ocorre uma mistura de vegetação mediterrânica,atlântica e norte-africana. Existem cerca de 750 espécies, das quais mais de 100 são endémicas, rarasou localizadas, 12 não existem em mais nenhum local do mundo. Na área doparque encontram-se espécies consideradas vulneráveis em Portugal, assimcomo também diversas espécies protegidas na Europa.Biscutella VicentinaMyrica FayaDiplotaxis Vicentina
  10. 10. Plantego AlmogravensisScilla VicentinaSilene Rothmaleri Sobrus DomesticaHyacithoides Vicentina
  11. 11. Habitats Naturais Além da fauna e da flora, existe no PNSACV todo um património natural . Algumas das unidades que constituem esse património são as praias, asdunas, as dunas consolidadas, arribas costeiras, vales e encostas das linhas deágua e grutas, uma das grutas que se destaca é gruta Amarela onde se refugiauma importante comunidade de morcegos. Um dos maiores valores naturaisdo PNSACV é o mar, com toda a sua importância em termos paisagísticos,de fauna e flora.Praia de Aivados Arribas no Monte Clerigo.
  12. 12. Património Cultural Na área do PNSACV, há o Cabo de Sagres, bem como inúmerosvestígios arqueológicos da ocupação humana da região, entre osquais se podem referir diversos sítios arqueológicos no concelho deSines, as ruínas romanas da Ilha do Pessegueiro, o castelo de Aljezure os menires de Vila do Bispo. São também inúmeras as festas e romarias que acontecem um poucopor todo o PNSACV.Conjunto de Menires (Vila do Bispo) Castelo de Aljezur
  13. 13. Património Construído O núcleo antigo da Vila de Odemira, a sua Igreja Matriz e ruínas do castelo. O núcleo antigo de Vila Nova de Milfontes, bem como o forte e o pelourinho,e ainda os moinhos de maré do Rio Mira, os moinhos de vento ou a ermidade S. Pedro, tudo no concelho de Odemira;Moinho de Maré do Rio MiraForte de Vila Nova de Milfontes
  14. 14. Atividades No PNSACV oferece condições óptimas para aprática de actividades desportivas são as seguintes: Pedestrianismo; Orientação; Hipismo; BTT; Parapente ; Escalada; Rappel; Canoagem; Surf ; Windsurf; Mergulho;PedestrianismoOrientaçãoHipismo
  15. 15. BTTParapenteEscaladaRappelCanoagem
  16. 16. SurfWindsurfMergulho
  17. 17. Pontos de Interesse Turístico Os pontos de interesse turístico mais procurados ficam situados nas áreasjuntas ao PNSACV, como é o caso das ruínas romanas de Miróbriga, emSantiago do Cacém, uma diversidade de barragens da qual se destaca abarragem de Santa Clara, no concelho de Odemira ou a Serra deMonchique, habitat do lince ibérico.Barragem de Santa Clara Serra de Monchique
  18. 18. Alojamentos A Pousada da Juventude situada no Almograve, bem como diversosparques de campismo distribuídos ao longo de todo o PNSACV,exclusivamente situados próximo das praias.

×