Jornal Passe Livre 473

429 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
429
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
75
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Jornal Passe Livre 473

  1. 1. “O MELHOR DA VIDA É DAR RISADA”* Um certo engenheiro, especialista, não quis saber de outra função, que não a sua especialidade. Um dia em casa sua esposa reclamou: - Querido, o ferro não esquenta. Dê uma olhada, por favor... - Querida, eu não sou técnico eletricista. No outro dia: - Querido, a pia entupiu. Você não quer dar uma olhadinha ? - Querida, acorda! Eu não sou encanador. Na segunda-feira seguinte: - Querido, a torradeira está pegando fogo! - Querida, vê se acorda! Eu não sou bombeiro, eu sou engenheiro. No fim de semana, descansando, o marido descobre que tudo o que a esposa havia reclamado estava em perfeito funcionamento. Ele perguntou: - Querida, quem fez todos esses reparos??? - Ora, querido, você lembra daquele seu amigo que você trouxe para jantar aqui no sábado passado? - Sim, lembro. - Então, ele se prontificou a consertar tudo. - Como assim??! Ele fez tudo de graça? - É claro que não! Ele me disse que eu poderia pagar de duas formas - ou faria outro prato igual ao que ele jantou aqui ou iria com ele ao motel. - E o que você fez???? - Querido, vê se acorda! Eu não sou cozinheira... - o - o - o - A inveja é uma droga, mas o time do Gama é pior. o - o - o O pinto e a pinta foram no cinema quem pagou a conta??? A pinta, porque o pinto tava duro!!! Programa do Servidor 3ª às 19h30 - 5ª às 7h - sábado às 19h TV Cidade Livre - Canal 8 da NET Lançado em fevereiro de 1998, o Jor- nal Passe Livre sempre teve uma postura vigorosa em defesa de Brasília - razão pela qual jamais teve como pactuar com as in- sanidades e irresponsabilidades dos gover- nos de Roriz e Arruda. O primeiro acabou com Brasília, com um inchaço popula- cional, pois ele queria transformar o DF em curral eleitoral. Arruda teve méritos ao es- tancar as ilegalidades, como vans, invasão de terra, retirada de camelôs, reurbani- zação de algumas cidades. Mas pecou ao deliberadamente se aliar a criminosos e, por conveniência, fragilizar e pauperizar os serviços públicos no DF. Os moradores da Capital da Repúbli- ca convivem com a amarga realidade de não ter nenhum dos serviços públicos com o mínimo de qualidade. Defender serviços públicos de qualidade passa a ser uma das bandeiras do Jornal Passe Livre. O quadro que temos hoje é vergonho- so! O transporte coletivo é um acinte - sen- do que o usuário não tem a quem reclamar destes serviços prestados por em presários que mais parecem sanguessugas do que Durante o mês de outubro, o Jornal Passe Livre teve 14 edições - e tiragem de 1.680.000 exemplares Missão cumprida! Que venham os novos desafios... detentores de permissões públicas. A se- gurança pública foi comida pelo corpo- rativismo - gerando a situação extrema de as delegacias atuarem mesmo na parte da tarde. O caso da PM é igualmente vexa- tório, visto que o GDF institucionalizou o bi- co e construiu aquelas cabines que ser- vem mesmo para que alguns descansem. A saúde pública em Brasília é destas coi- sas injustificáveis. Hospital construído com recursos públicos nas mãos de grupos que haviam sido expulsos de outras cidades por péssima atuação. Além disso, os prefeitos do Entorno continuam com a irresponsa- bilidade de investir em ambulância e não em serviços de saúde próprios - tenho para mim que melhor seria se estes municípios passassem a fazer parte do DF. O ensino público foi dilapidado e os professores fo- ram publicamente chamados de mentiro- sos por secretários de Educação. A tercei- rização acaba comprometendo a qualida- de dos serviços. O Jornal Passe Livre voltará a circu- lar uma vez por semana, sempre às quin- tas-feiras e tiragem de 60 mil exemplares. Vasto mundo Morreu na quinta-feira, 4, a mulher mais velha da humanidade, Eugénie Blan- chard, uma religiosa fran- cesa de 114 anos. Ela tinha se tornado, no dia 4 de maio de 2010, a pessoa mais ve- lha do mundo, após a mor- te alguns dias antes do ani- versário de 115 anos da ja- ponesa Kama Chinen, de- tentora do título, de acor- do com o Grupo de pes- quisa em gerontologia (GRG). De acordo com o GRG, o título irá agora para um americano também de 114 anos, Eunice Sanborn, residente no Texas. Poderosa Para a revista americana Forbes das personalidades mais poderosas do planeta a presidente eleita do Bra- sil, Dilma Rousseff, é a 16ª da lista de 68 personalida- des. Dilma está à frente de nomes como o presidente da Apple, Steve Jobs (17º), o presidente da França, Ni- colas Sarkozy (19º), e a se- cretária de Estado america- na, Hillary Clinton (20º). Decadência É lamentável o estágio do futebol no DF e em GO. Aqui, o Gama está na D. O Brasiliense a caminho da C. Em GO, o Vila luta para fi- car na B. O Goiás está pra- ticamente rebaixado. E o Atlético-GO faz contas e ora para não sair da elite. Cara de lata Deslumbrado com o po- der, Rosso mostrou neste período a frente do GDF que não tem estatura políti- ca para ser síndico de feira livre. Exemplo da falta de ‘simancol’é querer indicar, no apagar das luzes, o Ouvidor Externo da Defen- sora Pública do DF com mandato de dois anos... Velha história Ao manter o suspense a- cerca dos nomes que com- porão a equipe de transição, o governador eleitoAgnelo Queiroz comete um erro estratégico e permite que fanfarrões procurem jorna- listas vendendo-se sabedo- res de temas que não lhes é afeto. E começa o diz-que- disse tão pernicioso...
  2. 2. Expediente O Jornal PASSE LIVRE é bi-semanal, tiragem de 60 mil exemplares, distribuído em ônibus e no metrô. Jorn. A. Bessow (Reg 942/SC) passelivredf@gmail.com Alfredo Bessow comenta... Os governos anteriores sempre defenderam que a solução para o drama da falta de estaciona- mento é a construção de ‘garagem subterrânea’. O fascínio por obras está em que elas possibilitam visibilidade administra- tiva e ajudam a carrear muitos recursos para co- fres particulares. Eu de- fendo que seja implanta- do o sistema de estacio- namento rotativo pago no SCS e também nas quadras comerciais do Plano Piloto - extenden- do-se depois para todo o DF. Mas que a operacio- nalização seja pelo GDF e todos os recursos aplicados na recuperação dos serviços públicos. Festival de obras... inacabadas! Matenha-seinformado! acesse: www. passelivredf .com.br Com a eleição de Agnelo/Filippelli chega ao fim - espera- se que de forma definitiva - um ciclo de governos corrup- tos, omissos no seu papel de defensores da qualidade de vida no DF e comprometidos com a destruição e dilapidação dos serviços públicos. E a herança perversa que fica é um sem-fim de obras inacabadas, fruto da megalomania de quem sempre pautou mais a visão administrativa nas comissões do que na conclusão destes contratos. Não há nenhum levantamento ainda acerca do valor que se fará necessário para concluir prédios, reformas, vias, viadutos e sistemas. Percebe-se a irresponsabilidade de administradores que começaram obras sem a garantia dos recursos para a sua conclusão. Logo após a sua posse, Agnelo terá de mostrar à socieda- de um raio-x destas obras inacabadas e os recursos que elas ainda demandarão e também o quanto os financia- mentos comprometeram o orçamento do GDF pelos próximos anos. Terá de apresentar também, logo no começo do mandato, um minucioso estudo da dilapidação dos serviços públicos - saúde, segurança, educação, transporte público, questão fundiária - e os investimentos necessários para a recuperação de cada um deles. Para que a sociedade tenha consciência do quanto de dinheiro foi desviado nos últimos anos. O presidente Lula fará um pronunciamento hoje, às 20h, em rede nacional de televisão, para falar sobre as eleições. Lula festejará o comparecimen- to pacífico dos eleitores às urnas e a consolidação da democracia brasileira. Lula no ar Balbúrdia O usuário do transporte coletivo do DF paga as mais elevadas tarifas e tem, em contrapartida, o pior serviço. Falta respeito para com o passageiro e fiscali- zação. As raposas tomam conta do galinheiro... Por que não? Eleito ao propor ‘um no- vo caminho’, Agnelo e po- deria começar anunciando a extinção de uma 10 ‘ad- ministrações regionais’ que não passam de cabides de emprego e focos de corrupção. Nada justifica Park Way, Sia, lagos Sul e Norte - entre outras. Cada uma delas, a grosso modo, implica em folha de paga- mento superior a R$ 1 mi- lhão/mês - além das despe- sas de custeio. Tempo de magia Jornais supostamente comunitários - mas que em verdade serviam de porta- vozes de políticos derrota- dos nas últimas eleições aqui no DF - estão mudan- do sua linha comercial. Es- tão começando a puxar o saco de petistas. E como tem petista que adora ser bajulado. Invasões, nunca mais! Grupos ligados à turma do atraZo estão mapeando áreas a serem invadidas - de modo alternado. A idéia é criar conflitos com o GDF a partir de janeiro. Chafurdando O Ministério Público Federal denunciou os promotores Leonardo Ban- darra e Deborah Guerner por envolvimento no escân- dalo de corrupção conheci- do como mensalão do De- mo, que derrubou Arruda, primeiro governador preso no exercício do mandato. Na denúncia, também sob sigilo judicial, o procurador RonaldoAlbo acusa os dois de receberem propina de Arruda para proteger seu governo dentro do Minis- tério Público do DF. Gracinha Antes contra, agora... a favor: O governador ree- leito de Minas, Antonio A- nastasia (PSDB), disse que é favorável à volta da CPMF.Anastasia disse que essa matéria requer “aper- feiçoamento”, ou seja, definição cla- ra da aplicação dos recursos na área da saúde. Exatamente como era defendi- do por Lula. Enxurrada Depois de definidas as vitórias de Dilma eAgnelo, impressiona como aumen- tou o número de veículos com adesivos dos dois aqui no DF - principalmente no estacionamento de algumas administrações regionais. É o instinto de sobrevivência falando mais forte. Cuidado adicional O novo governador do DF deveria indicar alguém de sua confiança para a- companhar as licitações da Terracap. Tem gente ar- mando pesado para se dar bem nesta fase final de (des) governo Rosso. O ideal se- ria suspender todas as lici- tações - ainda que fosse pela via judicial. Só o dinheiro tem valor Nos shoppings e feiras, já é Natal. Nos tempos de hoje, conta apenas o lado comercial. Há uma indução para as compras e nenhu- ma menção ao nascimento de Jesus. Ele, por sinal, ra- ramente é convidado e se fosse, talvez inquietasse um pouco pessoas que se pau- tam apenas pelo consumis- mo. E você, estimado lei- tor, vai convidar Jesus para participar do seu Natal? Cadê? Anunciadas por um dis- trital que buscava a eleição - e conseguiu! - e ampla- mente divulgadas, até hoje as máquinas não chegaram nas quadras 48, 50 e 52 do Guará II. Assim, os mora- dores do Iapi completam o ciclo do sofrimento. Na seca, a poeira. Na chuva, a lama. A comunidade espe- ra que Agnelo não mantenha a admi- nistração com o mesmo grupo que acabou com o Guará - agora ter- ra das kits. Reta final Fluminense,Corinthians, Cruzeiro e Botafogo dispu- tam o título do Brasileirão 2010. E na reta final, os arbitros estão fazendo a di- ferença - em favor dos clu- bes do Rio e de São Paulo. Como sempre, por sinal! Na disputa Cresce o movimento pa- ra fazer de Arlete Sampaio (PT) a presidente da Câma- ra Legislativa. Para con- templar Chico Leite, outro forte concorrente, a idéia é torná-lo secretário - o que lhe permitiria grande visibi- lidade e, de quebra, alçaria Rejane Pitanga, a primeira suplente, para a condição de Distrtital. A partir da próxima semana, o Jornal Passe Livre circulará sempre na quinta.

×