Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Linha pobreza

1,001 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Linha pobreza

  1. 1. POBREZA E ATIVIDADESPOBREZA E ATIVIDADES ESPORTIVAS NAESPORTIVAS NA EDUCAÇÃO EMEDUCAÇÃO EM TEMPO INTEGRALTEMPO INTEGRAL
  2. 2. A pobreza pode ser entendida em vários sentidos, principalmente: Carência material; tipicamente envolvendo as necessidades da vida cotidiana como alimentação, vestuário, alojamento e cuidados de saúde. Pobreza neste sentido pode ser entendida como a carência de bens e serviços essenciais
  3. 3. Falta de recursos econômicos; nomeadamente a carência de rendimento ou riqueza (não necessariamente apenas em termos monetários). As medições do nível econômico são baseadas em níveis de suficiência de recursos ou em "rendimento relativo". A União Europeia, nomeadamente, identifica a pobreza em termos de "distância econômica" relativamente a 60% do rendimento mediano da sociedade.
  4. 4. Carência Social; como a exclusão social, a dependência e a incapacidade de participar na sociedade. Isto inclui a educação e a informação. As relações sociais são elementos chave para compreender a pobreza pelas organizações internacionais, as quais consideram o problema da pobreza para lá da economia.
  5. 5. Carência energética para mudar o que não pode ser mudado, o impossível esta dentro de vossa mente, a superação dos paradigmas faz a ponte de um estado- baixo em estado-alto. Falta de auto-estima, baixa espiritualidade.
  6. 6. ÍNDICE DE POBREZA NO MUNDO 2010
  7. 7. 1  Santa Catarina 1,7% Chile 2  Distrito Federal 1,9% Uruguai 3  São Paulo 2,7% Albânia 4  Rio Grande do Sul 2,9% Moldávia 5  Paraná 3,0% Moldávia 6  Goiás 3,7% Argentina 7  Rio de Janeiro 3,9% Argentina 8  Espírito Santo 4,3% Arménia 9  Minas Gerais 4,7% México 10  Mato Grosso do Sul 5,0% Trinidad e Tobago POSIÇÃO         UF                             % POBREZA            PAÍS COMPARÁVEL
  8. 8. 11  Mato Grosso 5,9% República Dominicana 12  Rondônia 7,9% El Salvador 13  Tocantins 11,9% Guiana 14  Amapá 12,8% Peru 15  Rio Grande do Norte 13,0% Panamá 16  Sergipe 15,3% Guatemala 17  Pernambuco 16,1% Geórgia 18  Paraíba 16,3% Geórgia 19  Bahia 17,7% Colômbia 20  Roraima 17,9% Colômbia POSIÇÃO                  UF                           % POBREZA        PAÍS COMPARÁVEL
  9. 9. 21  Ceará 18,4% Nicarágua 22  Acre 18,9% China 23  Pará 19,2% Honduras 24  Amazonas 19,3% Honduras 25  Alagoas 20,5% Santa Lúcia 26  Piauí 21,6% Filipinas 27  Maranhão 26,3% África do Sul POSIÇÃO               UF                               % POBREZA    PAÍS COMPARÁVEL
  10. 10. Desigualdades Sociais - 2010 A barreira de 1 bilhão de pessoas que sofrem desnutrição será superada em 2009 em consequência da crise econômica mundial, anunciou nesta sexta-feira a FAO (Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação). A entidade define como subnutrida a pessoa que ingere menos de 1.800 calorias por dia. "Pela primeira vez na história da humanidade, mais de 1 bilhão de pessoas, concretamente 1,02 bilhão, sofrerão de desnutrição em todo o mundo", adverte a FAO em um relatório sobre a segurança alimentar mundial.
  11. 11. "O número supera em quase 100 milhões o do ano passado e equivale a uma sexta parte aproximadamente da população mundial", destaca a agência especializada da ONU, que tem sede em Roma. O diretor da Divisão de Desenvolvimento Econômico Agrícola da FAO, Kostas G. Stamoulis, disse que é a primeira vez na história que o mundo tem tantos famintos. Para ele, a situação é uma contradição, porque o mundo tem muita riqueza, apesar da crise. "Neste ano, temos quase um recorde da colheita de grãos, então não há falta de comida, há falta de acesso."
  12. 12. Esporte é arma contra pobreza e desigualdade O esporte é uma das principais armas contra dois dos maiores desafios que são a pobreza e a desigualdade social. Com o crescimento das desigualdades sociais, os problemas nas diversas comunidades periféricas do Brasil tornaram-se mais visíveis. A exposição e a amplitude desses problemas revelam as comunidades socialmente vulneráveis, o que abre uma grande oportunidade para o surgimento de inúmeros projetos sociais. Projetos que, de uma forma geral, objetivam eliminar ou diminuir tais problemas por meio de atividades musicais, artísticas e esportivas.

×