Lp variação (4)

325 views

Published on

pdf

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
325
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Lp variação (4)

  1. 1. Desde   as   origens,   a   língua   portuguesa,   sempre   foi   evoluindo,   recebendo   novas  palavras   de   outras   línguas,   de   outros   povos,   de   outras   realidades   –     Tudo   fruto   da  história  e  do  contacto  com  outros  povos.  As   pessoas   reagem,   geralmente,   mal   à   mudança   linguís?ca,   pois   acreditam   que   a  inclusão   de   novas   palavras   ou   modificar   a   grafia   de   outras,   vai   criar   uma   grande  confusão   e   destruir   a   língua.   Como   se   a   língua   fosse   uma   coisa   privada,   só   de   cada  um,  guardadinha  numa  caixinha  de  cristal,  pura  e  intocável,  só  nossa.   Chá  álcoo l luvas    leq  guerra    jardim     app   ue    aguar blusa    an ela    ?jolo r   anás    bio     googla stressar   bruxa    ca ma    calçã mbo    bilh ete e o    bife    lin     cheio    açú do     bué   celular   palavras   car….  Isto   verdadeir sim…são   as  da  líng chat   portugue ua   sa!!   Variação  Linguís/ca:  breves  anotações  
  2. 2. Pois   não   é.   A   língua   é   uma   en?dade   dinâmica,   está   em   constante   evolução   e,   no  caso  da  língua  portuguesa,  que  é  falada  em  diferentes  con?nentes,    cada  realidade  vai  moldar  essa  evolução,  daí  que  seja  impossível  parar  a  evolução  e  muito  diNcil  de  uniformizar,  tornar  igual,  aquilo  que  naturalmente  é  diferente.  Se  não  exis?sse  evolução,  possivelmente  estaríamos  escrevendo  como  nestes  dois  documentos   –   os   primeiros   documentos   escritos   em   língua   portuguesa   WOW!!  Alguém   quer   ler??   O   primeiro   é   de   1175   –   A   NoXcia   de   Fiadores   (já   na   altura   se  emprestava  dinheiro!!)  e  o  segundo  de  1214  –  o  Testamento  de  D.  Afonso  II.  Podem  clicar  nas  imagens  e  ver  o  que  está  escrito  neles,  no  slide”  Os  mais  an?gos  textos…”
  3. 3. A   geografia   e   a   história   da   língua   são   fatores   muitos   importantes   da   variação  linguís?ca.   Nós   somos   um   bom   exemplo   disso   –   chegámos   de   diferentes   cantos   do  globo,   usamos   expressões   diferentes,   temos   sotaques   diferentes,   às   vezes   não  compreendemos   uma   ou   outra   palavra,   porque   não   conhecemos/vivemos   nessa  realidade.     cama   lindo b l u sa leque   álcool     o     te calçã moreno   bife   b ilhe viagem   biombo   ananás   pleno   aguarela   açúcar   tapioca   ?jolo   guerra   cliquem  aqui  para  saber  a  origem  dessas  palavras  “História  das  palavras  portuguesas”   Não   só   a   língua   portuguesa   foi   levada   para   os   4   cantos   do   mundo   no   tempo   das   Descobertas,   mas   também   chegaram   desses   lugares   muitas   novas   palavras   para   Portugal,   e   cada   vez   mais   há   mais   palavras   para   designar   mais   e   mais   realidades   –   essa  é  a  natureza  da  língua  –  comunicar  –  par?lhar  -­‐  traduzir  realidades.  Como  vamos   expressar   os   novos   tempos   sem   esses   emprés?mos??   Por   que   não   dizer   “googlar”   quando  realmente  queremos  dizer  fazer  pesquisa  de  algo  usando  o  motor  de  busca   Google.  Não  é  mais  simples?    
  4. 4. Mas   se   queremos   que   a   língua   portuguesa   con?nue   sendo   uma   só   língua,   se   a  variação  geográfica  é  tão  grande,  há  alguma  maneira  de  uniformizar??    Ao  nível  do  léxico,  essa  uniformação  parece  impossível.  Há  centenas  de  palavras  do  Brasil   que   eu   desconheço,   como   há   expressões   de   Portugal   (regionalismos)   que   eu  nunca  ouvi!!                                                                                                          Vejam este pequeno vídeo sobre variação linguística http://www.youtube.com/watch?v=_Y1-ibJcXW0&feature=related  Mas  há  uma  coisa  que  ainda  é  comum  –  a  sua  gramá?ca  e  grafia  são  as  mesmas,  mas  mesmo  aqui  há  algumas  diferenças,  apesar  de  reduzidas.      É  realmente  no  léxico  e  na  pronúncia  onde  existem  mais  variações.     Cliquem  nos  países  para  conhecerem  um  pouco  melhor  como  a  língua  portuguesa  é  falada.   pe   São  Tomé  e  Prínci Macau   Moçambiqu e   Angola   Timo Guiné-­‐Bissau   r  Lest e  
  5. 5. Um  suspiro  em  Portugal  significa  beijo  em  Cabo  Verde??  Sim  ou  não??     E  Moçambique??  Já  criou  palavras  novas,  só  suas??     Sim…vejam…e  cliquem  para  saber  mais!    Se  falamos  do  doce,  sim…  Cliquem  aqui  para  saber  mais!  
  6. 6. A  mesma  língua,  sotaques  diferentes,  palavras  diferentes….   ….e  a  grafia  é  mesmo  a  mesma???   Pois  aqui  começa  a  grande  polémica  em  torno  do  Acordo  Ortográfico.    Desde   1911   que   Portugal   e   Brasil   tentam   entender-­‐se   através   de   acordos   e  convenções  para  unificar  a  grafia  da  língua,  mas  o  que  é  certo  é  que  nas  tenta?vas  de    1911,  1931,  1940,  1943,  1945,  1971,  1973,  1986  e  1990,  havia  sempre  um  país  que  avançava  e  outro  que  recusava  as  alterações.    Finalmente   em   1990   –   o   Novo   Acordo   Ortográfico   da   Língua   Portuguesa   (AO   ou  NOLP)  de  que  todos  falam  (afinal  não  é  tão  novo  assim!!)  se  tornou  uma  realidade,  não  só  para  Portugal  e  Brasil,  mas  todos  os  outros  países  de  Língua  Portuguesa.  Agora  é   obrigatório   e   estamos   no   período   de   adaptação   e   transição,   mas   con?nua   a   ser  amado  por  muitos  e  odiado  por  muitos  mais,  em  especial  em  Portugal.    Tarefa   -­‐   Procurem   na   internet   argumentos   a   favor   e   argumentos   contra   o   AO   e  preparem-­‐se   para   ler   e   ouvir   opiniões   muito   #!”##(/*   (sim!)   como   esta   aqui,   de   um  famoso   jornalista   e   escritor   português   –   sim…e   eu   sou   portuguesa,   mas   “A   língua   é  minha,  só  minha  e  ponto  final!”???  Por  favor,  né??   J
  7. 7. Que  precisam  saber  sobre  o  Acordo  Ortográfico?     Com  base  nos  documentos  sobre  o  AO,  vídeos,  links  -­‐    saber  responder  e  preencher  o  seguinte:   -­‐  Quando?,  Porquê?,  Qual  o  critério  usado  para  uniformizar  a  grafia  da  LP?   As alterações aconteceram em: Exemplos Alfabeto: letras •  •  novas •  (…) •  (…) Supressão das •  • consoantes mudas •  (…) •  (…) Acentuação •  •  •  (…) •  (…) Uso do hífen •  •  •  (…) •  (…)Uso de maiúsculas e •  •  minúsculas •  (…) •  (…) Grafias duplas •  •  •  (…) •  (…)
  8. 8. Terminamos   esta   aula   com   uma   música   para   descontrair   e   um   documentário   muito  interessante,   para   descobrirem   mais   sobre   a   língua   portuguesa.   Gostaria   que  assis?ssem  este  documentário  com  atenção  e  no  final  escrevessem  um  comentário.    

×