Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Bancos de dados NoSQL - Redis e MongoDB

1,414 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Bancos de dados NoSQL - Redis e MongoDB

  1. 1. Bancos de dados NoSQL: Redis e MongoDB Amanda Körber Hartwig de Carvalho Gabriel Batista de Lima Paulo Vitor Bischof Renan Takeshi Laffin Yuhara
  2. 2. Agenda 1. 2. 3. 4. 5. 6. Introdução; Banco de dados NoSQL; Tipos de bancos NoSQL; Por quê utilizar NoSQL? Demonstração de aplicação com NoSQL; Considerações finais;
  3. 3. Introdução • Surgiu na década de 90 • Ganhou destaque pelo Google e Amazon.
  4. 4. Banco de Dados NoSQL • Bancos de dados relacionais têm sido uma tecnologia de sucesso há vinte anos; • Os desenvolvedores de aplicativos têm sido frustrados com a diferença de impedância; • O fator vital para uma mudança no armazenamento de dados foi a necessidade de suportar grandes volumes de dados através da execução em clusters; • Bancos de dados relacionais não são projetados para funcionar de forma eficiente em clusters.
  5. 5. Banco de Dados NoSQL • • • • Não utilizar o modelo relacional; Executar bem em clusters; Open-source; Construído para as propriedades da web do século 21; • Sem esquema.
  6. 6. Tipos de Bancos NoSQL • • • • • Orientado a chave/valor Orientado a grandes colunas (BigTables) Orientado a grafos Orientado a colunas Orientado a documentos
  7. 7. Orientado a chave/valor • São os modelo mais simples e os mais utilizados. • Suporta bastante informação. • São os mais escaláveis. • Ex.: Redis, MemcacheDB, SimpleDB e BerkeleyDB.
  8. 8. Orientado a grandes colunas (BigTables) • Suportam varias linhas e colunas, além de subcolunas. • São fortemente inspirados pelo BigTable do Google. • Ex.: HBase(Yahoo), HiperTable e Cassandra (Facebook)
  9. 9. Orientado a grafos • São bancos mais complexos. • Armazenas Objetos e não registros. • As buscas são realizadas pela navegação nos objetos. • Ex.: Neo4J, InfoGrid e BigData.
  10. 10. Orientado a colunas • São relacionais. • Os dados são armazenados em colunas, não em linhas. • Ex.: MonetDB e LucidDB.
  11. 11. Orientado a documentos • São baseado em documentos XML ou JSON. • Permite localização por ID únicos ou qualquer registro no documento. • Ex.: CouchDB (Apache), MongoDB e Riak.
  12. 12. Por que utilizar NoSQL? • • • • • Grandeza; Performance em escrita massiva; Acesso rápido por chave-valor; Esquema e Tipos de Dados flexíveis; Migração de esquema;
  13. 13. Por que utilizar NoSQL? • Manutenção, administração e operações simplificadas; • Facilidade de uso do Programador; • Usar o modelo de dados certo para o problema certo.
  14. 14. Quem utiliza NoSQL?
  15. 15. Demonstração de aplicação utilizando NoSQL
  16. 16. Considerações finais • • • • • Confiabilidade Escalabilidade; Economia de recursos; Abordagens variadas do conceito NoSQL; Desconfiança quanto sua utilização;
  17. 17. Referência bibliográfica • • • • • ZAMORA, Carlos. “MySQL? PostgreSQL? MS SQL Server?… Não! É a vez do NoSQL!” – 2012. Disponível em: <http://blog.hostdime.com.br/materias/tecnologia/mysql-postgresql-ms-sqlserver-nao-e-a-vez-do-nosql/>. Acesso em: 30 nov. 2013. SOUSA, Thalles Ramon Pinheiro de, ROCHA, André Luiz de Santana Silva. “NoSQL” – 2010. Disponível em: < http://www.slideshare.net/andrerochajp/artigo-nosql>. Acesso em: 29 nov. 2013. CARNEIRO, Daniel. “Bancos de Dados NoSQL” – 19 jan. 2010. Disponível em: <http://www.bluesoft.com.br/bancos-de-dados-nosql/>. Acesso em: 30 nov. 2013. NASCIMENTO, Jean. “NoSQL – você realmente sabe do que estamos falando?” – 28 mai. 2010. Disponível em: < http://imasters.com.br/artigo/17043/>. Acesso em: 30 nov.2013. STEPPAT, Nico. “Bancos de dados não relacionais e o movimento NoSQL” – 30 out.2009. Disponível em: < http://blog.caelum.com.br/bancos-de-dados-naorelacionais-e-o-movimento-nosql/>. Acesso em: 30 nov. 2013.
  18. 18. Referência bibliográfica • • • • • VALÉRIO, Rodrigo de Souza. “Banco de Dados NOSQL (Not Only SQL)” – 20 jul.2011. Disponível em: < http://www.slideshare.net/RodrigoDeSouzaValerio/bancos-de-dados-nosql >. Acesso em: 30 nov. 2013. IANNI, Vinícius. “Introdução aos bancos de dados NoSQL” – 2012. Disponível em: <http://www.devmedia.com.br/introducao-aos-bancos-de-dados-nosql/26044 >. Acesso em: 30 nov. 2013. REDMOND, Eric, WILSON, James R. “Seven Databases in Seven Weeks: A Guide to Modern Databases and the NoSQL Movement” – 18 mai. 2012. 1 Ed. Dallas, TX, 2012. CHODOROW, Kristina, DIROLF, Michael. “MongoDB; The Definitive Guide” – 2010. 1 Ed. Sebastopol, CA. O’Reilly. PLUGGE, Eelco, MEMBREY, Peter, HAWKINS, Tim. “The Definitive Guide to MongoDB” – 2010. Apress.
  19. 19. Obrigado Amanda K. Hartwig de Carvalho amanda.hartwig@catolicasc.org.br Gabriel Batista de Lima gabriel.lima@catolicasc.org.br Paulo Vitor Bischof paulo.bischof@catolicasc.org.br Renan Takeshi Laffin Yuhara renan.yuhara@catolicasc.org.br

×