Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Organelas citoplasmáticas

32,425 views

Published on

Organelas de células animais e vegetais

Published in: Technology

Organelas citoplasmáticas

  1. 1. ORGANELAS CITOPLASMÁTICAS MÓDULO DE CNMT PROF. Msc. Paulo Grillo
  2. 2. Organelas citoplasmáticas: Existem, no citoplasma, estruturas delimitadas e com especialidades definidas, cujas funções são indispensáveis ao funcionamento do organismo vivo. Essas estruturas são as organelas citoplasmáticas.
  3. 3. Retículo Endoplasmático: O retículo endoplasmático é uma rede de canais que tem funções de sustentação mecânica, aumento da superfície celular, armazenamento e transporte de substâncias, regulação osmótica. síntese de proteína (rugoso ou granuloso); síntese de lipídios (liso).
  4. 4. Ribossomos: Os ribossomos são as organelas responsáveis pela síntese protéica, isto é, sintetizam as proteínas. São pequenos grânulos, que apresentam duas subunidades, sem membrana envoltória, composta de proteínas e RNA- ribossômico (rRNA). Por vezes, estão dispersos no citoplasma, aderidos a membrana nuclear ou à superfície externa do RE; outras vezes, unidos a um RNA-mensageiro (mRNA), formam um conjunto chamado polissoma ou polirribossoma . É a única organela presente em todos os seres vivos.
  5. 5. Aparelho de Golgi: Presentes tanto em células animais quanto em células vegetais, localiza-se entre o retículo endoplasmático e a membrana celular. Este equivaleria ao correio central, responsável pela separação, empacotamento, endereçamento e exportação de substâncias úteis, que atuarão fora da célula, processo denominado de secreção celular, além de sintetizar os lisossomos .
  6. 6. Lisossomos: Os lisossomos são as organelas responsáveis pela digestão celular de substâncias englobadas pela célula pela fagocitose ou pinocitose ou de organelas citoplasmáticas (autofagia).
  7. 7. Vacúolos Vegetais: Os vacúolos podem desempenhar diferentes funções dentro da célula: participar da digestão celular (vacúolo digestivo), do equilíbrio osmótico (Vacúolo de suco celular) ou regular a entrada e saída de água da célula (vacúolo contrátil).
  8. 8. Mitocôndrias: As mitocôndrias estão presentes em todos os seres eucariontes e são responsáveis pela produção de energia para a célula por meio da respiração celular. É preenchida por líquido que contém enzimas diversas, DNA, RNA, e ribossomo de tamanho menor que os do citosol. A energia liberada durante a respiração celular é armazenada em uma substância chamada ATP participam de todos os processos celulares que demandam energia. Exemplo: Bomba de Sódio-Potássio. As mitocôndrias são capazes de se autoduplicar.
  9. 9. Centríolos: Os centríolos são formados por dois cilindros perpendiculares entre si. Cada um dos cilindros é composto de vários tubos não delimitados por membrana lipoprotéica.
  10. 10. Citoesqueleto: Até alguns anos atrás, admitia-se que o citoplasma era apenas uma massa gelatinosa. Hoje, pode-se verificar que há também uma rede de microtúbulos e microfilamentos denominada citoesqueleto. Os microtúbulos são formados por proteínas chamadas tubulinas. Os microfilamentos constituem-se de diversas proteínas, entre as quais a actina e miosina. Outros importantes componentes do citoesqueleto são finíssimos fios da proteína queratina, a mesma que forma nossas unhas e cabelos.
  11. 11. PLASTO: Os plastos são organelas encontradas em células vegetais e em algumas algas e alguns protozoários. Possuem dupla membrana lipoprotéica, DNA, RNA e ribossomo. Originam-se a partir dos protoplastos. Os plastos são responsáveis pelos processos da fotossíntese ou armazenamento, classificando-se em cromoplasto e leucoplasto.
  12. 12. Cloroplasto: Os cloroplastos mais típicos tem forma de uma lentilha alongada . Eles apresentam duas membranas envolventes e inúmeras membranas internas, que formam pequenas bolsas discóides dispostas em pilhas. O espaço interno do cloroplasto é preenchido por um líquido semelhante ao que preenche as mitocôndrias, e como aquela, contém enzimas, DNA, RNA e ribossomo semelhante aos da célula bacteriana.
  13. 13. Os tilacóides empilham-se em moedas e cada uma dessas pilhas chama-se granum (o plural grana ). A clorofila encontra-se na membrana dos tilacóides. Entre um e outro tilacóide existe um espaço denominado espaço tilacoidal. Um líquido viscoso, denominado estroma, preenche o interior do cloroplasto. As moléculas de pigmento mais abundante no cloroplasto, a clorofila, dispõe-se organizadamente em suas membranas internas, de modo a captar a luz solar com uma máxima eficiência.

×