APRESENTAÇÃO PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO (PME)

22,548 views

Published on

PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO (PME) EM ESCOLA DE ÁREA DE RISCO SOCIAL, PERSPECTIVA DE ESCOLA - EDUCAÇÃO DE TEMPO INTEGRAL

Published in: Education
0 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
22,548
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
534
Comments
0
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

APRESENTAÇÃO PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO (PME)

  1. 1. PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO  O Programa Mais Educação (PME) instituído pela portaria Interministerial nº 17/2007 e pelo Decreto n° 7.083, de 27 de janeiro de 2010, integra as ações do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), como uma estratégia do governo Federal para induzir a ampliação da jornada escolar e a organização curricular¹, na perspectiva da educação Integral.
  2. 2. OFERTAS FORMATIVAS DO PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO  As           atividades fomentadas foram organizadas nos respectivos macrocampos: Acompanhamento Pedagógico (obrigatório); Educação Ambiental e Desenvolvimento Sustentável; Esporte e Lazer; Educação em Direitos Humanos; Cultura, Artes e Educação Patrimonial; Cultura Digital; Prevenção e Promoção da Saúde; Comunicação e uso de Mídias; Investigação no Campo das Ciências da Natureza; Educação Econômica/Economia Criativa.
  3. 3. AQUI FUNCIONA PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO (PME)
  4. 4. ESCOLHA DAS ATIVIDADES  A escola funcionará com 06 (seis) macrocampos, com atividades para serem desenvolvidas com os estudantes. Porém, o macrocampo “Acompanhamento Pedagógico” é obrigatório.  É fundamental que a escola estabeleça relações entre as atividades do Programa Mais Educação (PME) e as atividades curriculares de acordo com a Projeto Político Pedagógico (PPP) e a Proposta Curricular Pedagógica da Escola.
  5. 5. Acompanhamento Pedagógico Letramento/Alfabetização Desenvolvimento da função social da língua portuguesa, comunicação verbal, leitura e escrita. Compreensão e produção de textos de diferentes gêneros em situações comunicativas, tanto na modalidade escrita quanto na modalidade oral.
  6. 6. Acompanhamento Pedagógico Matemática Potencialização de aprendizagens matemáticas significativas por meio de resoluções de problemas, mobilizando os recursos cognitivos dos estudantes.
  7. 7. Esporte e Lazer Futebol; Futsal, Handebol; Voleibol; Basquete Paixão nacional e proporciona a integração de equipe, a socialização e a superação individual e coletiva. Atividades baseadas em práticas corporais, lúdicas e esportivas, enfatizando o resgate da cultura local e o fortalecimento da diversidade cultural.
  8. 8. Meio Ambiente / Educação Econômica Horta Escolar/Comunitária Aprender a preparar, semear aterra e acolher, a fim de aprender e valorizar o trabalho do homem do campo. Fortalecer a Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida (COM-VIDA) Escolar.
  9. 9. Cultura, Artes e Educação Patrimonial Capoeira Parte da cultura afro-brasileira. Incentivo á prática da capoeira como motivação para desenvolvimento cultura, social, intelectual, afetivo e emocional de crianças, adolescentes e jovens.
  10. 10. Cultura, Artes e Educação Patrimonial Danças Desenvolver o espírito da coletividade, da união; Estimular a musculatura do corpo. Organização de danças coletivas (regionais, clássicas, circulares e contemporânea) que permitam apropriação de espaços, ritmos e possibilidades de subjetivação de crianças, adolescentes e jovens.
  11. 11. Educomunicação / Comunicação e uso de Mídias Radio Escolar Conhecer as técnicas de como funciona a comunicação e implantação da Rádio Escolar. Utilização dos recursos da mídia rádio no desenvolvimento de projetos educativos dentro dos espaços escolares.
  12. 12. Tecnologias Educacionais Todos os Macrocampos realizarão a aplicação de tecnologias específicas para ampliação das oportunidades de aprendizado dos estudantes participantes do Programa Mais Educação (PME).
  13. 13. Estudantes Inscritos no Programa  Recomenda-se às Unidades Executoras Próprias (UEx) que estabeleçam critérios claros e transparentes para a gradativa implementação da ampliação da jornada escolar na perspectiva da Educação Integral, selecionando, preferencialmente, para a participação no Programa:  estudantes que apresentam defasagem idade/ano;  estudantes dos anos iniciais (1º ao 5º ano) e finais (6º ao 9º ano) do Ensino Fundamental (E.F);  estudantes de anos onde são detectados índices de evasão e/ou repetência;  estudantes beneficiários do Programa Bolsa Família.
  14. 14. Formação das Turmas As turmas terão de 29 a 30 estudantes, que poderão ser de idades e anos variados, conforme as características de cada atividade.
  15. 15. Monitores/Educadores  O trabalho de monitoria deverá ser desempenhado, preferencialmente, por estudantes universitários de formação específica nas áreas de desenvolvimento das atividades ou pessoas da comunidade com habilidades apropriadas, como, por exemplo, instrutor de judô, mestre de capoeira, contador de histórias, agricultor para horta escolar, etc. Além disso, poderão desempenhar a função de monitoria, de acordo com suas competências, saberes e habilidades, estudantes da EJA e estudantes do ensino médio.  Recomenda-se a não utilização de professores da própria escola para atuarem como monitores, quando isso significar ressarcimento de despesas de transporte e alimentação com recursos do FNDE.
  16. 16. Monitores/Educadores  ANTONIO EUDES. Radio Escolar  ELENILSON SOUSA. Capoeira  FÁBIO HENRQUE. Capoeira  FRANCILDE SOUSA. Horta
  17. 17. Monitores/Educadores  HALLYSON CARVALHO. Esporte  JÉSSICA NASCIMENTO. Capoeira  MARIA DAS NEVES. Horta  MYLENA OLIVEIRA. Dança  PAMELA TRINDA. Alfabetização/Letramento
  18. 18. Equipe  GIRLANE CARVALHO. Diretora Geral  PAULO DAVID. Coordenador Pedagógico  RAIMUNDO RODRIGUES. Auxiliar Administrativo  MAICON DA CONCEIÇÃO. Coordenador Escolar do PME. Professor Comunitário.

×