Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

TABELA PERIÓDICA EM BRAILLE

193 views

Published on

TABELA PERIÓDICA EM BRAILLE

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

TABELA PERIÓDICA EM BRAILLE

  1. 1. INTRODUÇÃO O estudo da classificação periódica dos elementos faz parte do conteúdo programático para todo estudante do ensino médio. A descoberta de elementos químicos que constituem todo o ambiente ao nosso redor é algo revelador para o estudante acostumado a conviver com elementos da natureza e materiais fabricados pelo homem que estão sempre a nossa disposição como se sempre estivessem ali compondo nosso dia a dia independente da interferência humana. A discussão das propriedades destes elementos, sua ocorrência e aplicações práticas no cotidiano, torna-se comum ao alunado que através do sistema periódico vai construindo seu conhecimento a cerca das transformações químicas. Construção essa que teve relevância, devido a presença de um estudante com deficiência visual em uma turma do 2º Ano do Ensino Médio necessitar de uma adaptação dos conteúdos, a fim de que se possa atender as necessidades de aprendizagem específicas do mesmo. Sendo assim, foi sendo elaborada lentamente uma tabela periódica com a participação da turma em Braille que é um sistema de escrita tátil utilizado por pessoas cegas ou com baixa visão. É um processo de leitura e escrita em relevo, com base em 64 sinais resultantes de 6 pontos, distribuídos em duas colunas de 3 pontos. Sua escrita é com reglete e punção, máquina de escrever em Braille. Dessa forma, objetivando proporcionar um estudo de um conceito químico adaptado em leitura e escrita Braille para a pessoa com deficiência visual: cegueira total e ou baixa visão. Desenvolvendo nos estudantes da turma 2º ano A, noções da leitura e escrita Braille, contextualizando com conteúdo de Química e construindo uma relação de solidariedade e respeito entre colegas de turma de ensino médio, vivenciando as dificuldades de aprendizagem de conteúdos para a pessoa com deficiência visual. A escola Joaquim Távora ao receber pessoa com deficiência visual, percebeu a importância de propor aulas com dinâmicas específicas e conteúdos adaptados com o intuito de desenvolver a percepção do aluno, tornando seu aprendizado mais efetivo. METODOLOGIA RESULTADOS E DISCUSSÃO CONCLUSÕES Elaboração de Tabela Periódica com material tátil utilizando emborrachado (2,0x 1,20m), sagu de mandioca e materiais de papelaria para a construção dos símbolos químicos em alto relevo. Construção dos símbolos químicos em Braille que identificam cada elemento químico. Etapas do projeto: 1. Identificação de elementos químicos e suas aplicações em caixa tátil; 2. Reconhecimentos de elementos químicos; 3. Produção dos símbolos dos elementos em emborrachado branco; 4. Gravação das celas Brailles no emborrachado azul (tabela); 5. Desenhos artístico de alguns símbolos; 6. Realização de aulas sobre leitura e escrita Braille com a professora da Sala de Recursos e Psicopedagoga, para todos os alunos da turma. Título do Trabalho: TABELA PERIÓDICA EM BRAILLE GRE RECIFE SUL EREM JOAQUIM TÁVORA AUTORAS: PAULA NASCIMENTO DA SILVA NELMA CARLA FLORENCIO VILAR E-MAIL: plajoey21@yahoo.com.br nelmacarla_@hotmail.com SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE PERNAMBUCO SECRETARIA EXECUTIVA DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO Gerência de Políticas Educacionais do Ensino Médio I MOSTRA PEDAGÓGICA DAS AÇÕES DO ProEMI 2017 REFERÊNCIAS PERUZZO. F.M.; CANTO. E.L., Química na abordagem do cotidiano, volume 1, 4ª edição, ed moderna, São Paulo, 2006 USBERCO, João; Salvador, Edgard. Química Geral. 12ª.ed. São Paulo: Saraiva, 2006. BRASIL/MEC,. Deficiência Visual – Cadernos da TV Escola. Secretaria de Educação a Distância, Brasília: 2001. MANTOAN, Maria. T. Eglér. Inclusão escolar: o que é? Por que? Como fazer? São Paulo: Moderna, 2005 - Coleção cotidiano escolar. Gestora: Solange Maria Cabral de Moraes Assistente de Gestão: Joselma Maria Sousa Bezerra Brandão / Educadora de Apoio: Marciana Maria da Costa Sales / Chefe de Secretaria: Eduardo Félix dos Santos Ao ter contato com as etapas da realização desta tabela tátil, o estudante cego apresentou um maior interesse pelas aulas ministradas, inclusive contribuindo no aprendizado dos colegas sobre o Braille. Esta atividade proporcionou uma maior integração entre ambos, na medida que cada um contribuiu para a construção de um material que facilitasse o aprendizado para o colega. CONCLUSÃO A construção desta tabela periódica despertou a possibilidade de realizar trabalhos dinâmicos e interativos que proporcionem ao alunado uma aprendizagem mais efetiva e interessante. Ao aluno com deficiência visual funcionou como aulas que tinham mais significado e que trazem para perto de si uma interação maior com a realidade que o cerca. A escola Joaquim Távora ao receber pessoa com deficiência visual, percebeu a importância de propor aulas com dinâmicas específicas e conteúdos adaptados com o intuito de desenvolver a percepção do aluno, tornando seu aprendizado mais efetivo. Registros do trabalho de montagem da tabela períodica e o alfabeto em Braille Registro da tabela periódica montada, de seu uso prático e do trabalho com caixa tátil

×