Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

A PERSPECTIVA INTERCULTURAL NO ENSINO DAS LÍNGUAS ESTRANGEIRAS

363 views

Published on

Um Diálogo com a Abordagem Comunicativa

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

A PERSPECTIVA INTERCULTURAL NO ENSINO DAS LÍNGUAS ESTRANGEIRAS

  1. 1. A PERSPECTIVA INTERCULTURAL NO ENSINO DAS LÍNGUAS ESTRANGEIRAS: Um Diálogo com a Abordagem Comunicativa. ACIOLI, Irenise (Profª Ms.) COUTINHO, Socorro (Profª Esp.) DIÔGO, Tânia (Profª Dra.) ROCHA, Jucy (Profª Esp.)
  2. 2. A PERSPECTIVA INTERCULTURAL NO ENSINO DAS LÍNGUAS ESTRANGEIRAS: Um Diálogo com a Abordagem Comunicativa. Justificativa O presente projeto apresenta uma visão sucinta de parte das atividades desenvolvidas no Núcleo de Estudos de Línguas da EREM Joaquim Távora. O foco na concepção de língua dentro de uma visão sociocultural historicamente construída permite que sejam ressaltadas questões emergentes da exposição à interculturalidade, definida por Guilherme (2002, p.197) como “capacidade de interagir com eficácia com pessoas de culturas que nós reconhecemos como diferentes da nossa”. A educação linguística da contemporaneidade deve trilhar caminhos em busca da interdisciplinaridade na seleção de conteúdos, recursos e materiais didáticos que privilegiem o respeito às diferenças e ressaltem a visibilidade dos traços de identidade e alteridade como construtores de uma política de solidariedade, ou nas palavras de Gomes de Matos (2010, p. 24), do “potencial comunicativo humanizador do uso da linguagem, [direcionado ao] comunicar para o bem”. O Festival do Núcleo de Estudos de Línguas (doravante FESTNEL),tem a sua gênese nas nossas observações crítico-reflexivas de sala de aula e do nosso firme propósito de oferecer aos nossos alunos e as nossas alunas um ensino dinâmico, capaz de desenvolver e despertar consciências para o exercício da cidadania, através do domínio de uma língua estrangeira, de forma a capacitá-los às exigências do mundo do trabalho e às demais necessidades próprias da sociedade contemporânea.
  3. 3. Objetivos 1. Propiciar a integração entre os alunos e as alunas do NEL da EREM Joaquim Távora, e entre os alunos e as alunas da Escola, com a comunidade escolar e a comunidade externa. 2. Assumir em coautoria com os aprendizes das línguas estrangeiras modernas, uma postura investigadora intervindo nos aspectos sintomáticos que entravam a sua aprendizagem, nos pressupostos da abordagem comunicativa e da perspectiva intercultural. 3. Socializar a experiência do Festival com as autoridades competentes, com os professores da Rede Estadual de Ensino e com a sociedade pernambucana direta ou indiretamente associada às questões de ensino. 4. Reavaliar constantemente a prática docente assumida, estabelecendo as relações pertinentes quanto ao marco teórico selecionado. A PERSPECTIVA INTERCULTURAL NO ENSINO DAS LÍNGUAS ESTRANGEIRAS: Um Diálogo com a Abordagem Comunicativa.
  4. 4. A PERSPECTIVA INTERCULTURAL NO ENSINO DAS LÍNGUAS ESTRANGEIRAS: Um Diálogo com a Abordagem Comunicativa Metodologia A metodologia adotada para a elaboração, desenvolvimento, análise e a execução do nosso Projeto FESTNEL, está fundamentada na perspectiva intercultural e na abordagem comunicativa. Neste sentido, nos reunimos com os estudantes para a elaboração conjunta do projeto. Realizamos reuniões de acompanhamento dos trabalhos, a saber: • pesquisas sobre músicas, principais compositores e intérpretes, poetas mais representativos das distintas gerações; ritmos, danças e obras teatrais mais icônicos que representam a diversidade cultural dos países de língua espanhola, francesa e inglesa; • entrevistas com nativos dos idiomas em pauta para conhecer um pouco mais sobre os seus costumes e formas de vida; • monitoramento das performances realizadas pelos alunos (recitais de poesia, canto coral, danças e performance teatral); • culminância do projeto no final do segundo semestre letivo com a socialização das pesquisas e apresentações performáticas.
  5. 5. A PERSPECTIVA INTERCULTURAL NO ENSINO DAS LÍNGUAS ESTRANGEIRAS: Um Diálogo com a Abordagem Comunicativa A PERSPECTIVA INTERCULTURAL NO ENSINO DAS LÍNGUAS ESTRANGEIRAS: Um Diálogo com a Abordagem Comunicativa A PERSPECTIVA INTERCULTURAL NO ENSINO DAS LÍNGUAS ESTRANGEIRAS: Um Diálogo com a Abordagem Comunicativa Resultados/Expectativas de Aprendizagem Constatamos a melhoria da aprendizagem dos alunos e das alunas, bem como um maior interesse pelas aulas no NEL envolvidos no projeto. Verificamos ainda, que através da pesquisa, da integração, da inovação e do protagonismo estudantil e da motivação adequada, os estudantes assumem de maneira efetiva o seu papel de protagonistas empreendedores e compartilham a construção dos conhecimentos, nesse sentido, a nossa avaliação é positiva. As contribuições que o nosso projeto gera para a melhoria da qualidade de ensino das línguas estrangeiras nos Núcleos de Estudos de Línguas vem no sentido do fortalecimento da nossa práxis pedagógica em relação aos conteúdos curriculares trabalhados. Ainda observamos redução nos índices de evasão; um maior interesse e assiduidade às aulas; ampliação nos índices de aprovação; maior envolvimento dos estudantes nas atividades propostas; uma integração maior entre professores e estudantes do NEL e a participação espontânea e mais efetiva de alguns estudantes que se mostravam mais tímidos nas aulas.
  6. 6. Research about Gastronomy with display at FESTNEL/2017. 2
  7. 7. (81) 99966-7471

×